MATO GROSSO

Secretaria de Saúde MT investiga dois casos de varíola dos macacos registrados em Várzea Grande três em Rondonópolis e um em Sorriso

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) recebeu, nesta sexta-feira (5), o resultado positivo para dois casos de Monkeypox vírus, conhecido como varíola dos macacos.

Os dois casos envolvem homens residentes em Cuiabá, de 39 e 40 anos, que estiveram fora da cidade e apresentam sintomas leves da doença.

Ainda há a investigação de outros seis casos suspeitos em Mato Grosso, sendo dois em Várzea Grande, três em Rondonópolis  e um em Sorriso.

As amostras para a confirmação dos casos são encaminhadas para o Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso (Lacen-MT) e direcionadas para o laboratório da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), unidade de referência nacional para a análise do material. 

Depois de oito semanas do primeiro caso detectado no país, o Ministério da Saúde registra 1.721 casos de monkeypox, a varíola dos macacos, com crescimento de mais de 60% somente na última semana.

O Estado de São Paulo lidera com quase 1.300 casos, seguido do Rio de Janeiro, com 190 casos, e Minas Gerais, com 75.

Leia Também:  Vagas disponíveis na rede pública municipal de educação podem ser consultadas de forma on-line

Depois, aparece o Distrito Federal, com 37 casos, onde, nessa quinta-feira, a Universidade de Brasília informou que dois estudantes foram afastados das atividades presenciais pois tiveram contato com pessoas positivas para a monkeypox.

A descoberta de casos da varíola no campus preocupa a estudante de Letras da UnB, Ana Clara Ribeiro.

A varíola dos macacos é causada por vírus, a partir do contato com um animal, pessoa ou materiais infectados. 

Os principais sintomas da varíola dos macacos são linfonodos inchados, lesões na pele, febre, dor de cabeça, dores musculares e dores nas costas.

Caso haja a manifestação destes sintomas, procure uma Unidade Básica ou de Pronto Atendimento.

Para a prevenção da doença, coloque em prática as medidas de biossegurança, como o uso de máscaras, distanciamento físico e higienização das mãos, e evite tocar em lesões ou compartilhar objetos com pessoas infectadas.

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria SES MT)

MATO GROSSO

Temperatura despenca no fim de semana em Mato Grosso e vários municipios são atingidos por chuvas e ventos

Publicados

em

As temperaturas começaram a despencar em Mato Grosso já nesta quinta-feira (18) com a chegada de uma nova frente fria.

Em Cuiabá, o fenômeno chegou acompanhado de muita chuva e fortes rajadas de vento na tarde de ontem.

A Capital deve registrar mínima de 15ºC nesta sexta-feira (19) com possibilidade de pancadas de chuva e trovoadas isoladas durante o dia e a noite, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A máxima será de 26ºC.

O sábado (20) começa com frio mais intenso e muitas nuvens. A mínima será de 12ºC, e a máxima de 27ºC.

De acordo com o MetSul, a partir desta sexta os termômetros devem registrar baixas temperaturas na maior parte de Mato Grosso.

Em Rondonópolis, sul do Estado, a sexta-feira fará 12ºC de mínima e a máxima não ultrapassa os 26ºC.

Há previsão de pancadas de chuva ao longo do dia. Neste Sábado a mínima a máxima chegará a 13ºC e a 27ºC, respectivamente.

Já em Chapada dos Guimarães, municipio turistico há 64 Km da Capital, a temperatura máxima chega a 28ºC nesta sexta, e  a 33ºC neste sábado. Nesses dois dias, a previsão é de 12ºC de mínima na cidade.

Leia Também:  Vagas disponíveis na rede pública municipal de educação podem ser consultadas de forma on-line

Em Cáceres, a temperatura mínima despenca para 10ºC nesta sexta e 9ºC neste sábado, com máxima de 24ºC e 26ºC.

Sinop, no norte do Estado, tem previsão de chuva seguida de ventos fortes e trovoadas para o final de semana. A mínima é de 17ºC nesta sexta e neste sábado, e máxima de 35ºC e 36ºC.

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI