Momento Entretenimento

Meghan Markle foi proibida de participar de reunião de crise com a Rainha

Publicado

source

Apesar de ter sido convidada, Meghan Markle não participou da reunião de crise com a Rainha Elizabeth II, na última segunda-feira (13), na propriedade de Sandringham.

Leia também: Meghan Markle e Príncipe Harry pensam em desistir de títulos reais, diz jornal

Príncipe Harry e Meghan Markle arrow-options
Reprodução/Instagram

Príncipe Harry e Meghan Markle

Especulava-se que Meghan Markle, que já está no Canadá, entraria na conversa por teleconferência. Todavia, oficiais do Palácio não permitiram por medo de espionagem. Segundo uma fonte próxima à Família Real, a decisão foi “devido à natureza sensível das negociações e que ninguém sabia quem poderia estar ouvindo”.

Leia também: Após renúncia, príncipe Harry e Meghan Markle podem perder R$ 10 milhões ao ano

“Essa foi uma discussão familiar altamente confidencial, não uma teleconferência”, disse a fonte da Família Real ao jornal Daily Mail .

O Príncipe Harry chegou para a reunião duas horas antes do combinado para ter um momento a sós com a avó. Mesmo desapontada com a decisão do neto e de Meghan de não serem mais “membros seniores” da realeza, a Rainha Elizabeth II deu seu apoio.

De acordo com o The Mirror , a Rainha espera que esse “problema” seja resolvido logo, mas admitiu que é um pouco “complexo” colocar em prática um plano viável para a independência financeira desejada pelo casal. Os detalhes ainda estão sendo discutidos. O site dos Sussex informa que 95% do orçamento de Meghan e Harry vem do Ducado da Cornualha, a propriedade privada do Príncipe Charles, que já deixou claro que não tem fundos ilimitados.

Depois da reunião, a Rainha disse “respeitar totalmente” o desejo de Harry e de sua mulher, a ex-atriz  Meghan Markle , de abandonarem suas posições como “membros sêniores” da nobreza. O comunicado da monarca, que deixou no ar uma concordância com relutância, foi divulgado após uma reunião com os integrantes mais importantes da família real e estabelece um “período de transição” para que o casal se afaste de suas obrigações oficiais.

Leia também: Cortar relações? Rainha quer solução rápida para “renúncia” de Harry e Meghan

“Minha família e eu respeitamos totalmente o desejo de Harry e  Meghan Markle de construir uma nova vida como uma jovem família. Embora nós preferíssemos que eles continuassem a trabalhar em tempo integral como membros da família real, respeitamos e entendemos seu desejo de viver uma vida mais independente como família, mantendo-se como uma parte valiosa da minha família”, disse a monarca de 93 anos.

Fonte: IG GENTE
Comentários Facebook
publicidade

Momento Entretenimento

“Não sou nem fui homofóbico”, diz Leandro Narloch após ser demitido da CNN

Publicado


source
Leandro Narloch ma CNN
Reprodução/CNN

Leandro Naloch afirma ter concordado com a doação de sangue por homens homossexuais


No início da tarde da última sexta-feira (10), Leandro Narloch foi  cortado do estafe de jornalismo da CNN Brasil após ter usado o termo “comportamento promíscuo” para se referir a homens gays . O jornalista se pronunciou sobre a decisão da emissora em seu Twitter, afirmou não ser homofóbico e fez alerta à cultura do cancelamento .


“A cultura do cancelamento me pegou”, começa em um pronunciamento feito no Instagram, replicado em seu perfil no Twitter. Ele lamenta pela decisão da CNN após “polêmica”. “Não sou nem fui homofóbico, tenho horror a homofobia e concordei explicitamente com a doação de sangue por homossexuais”, escreveu. 

A demissão aconteceu após má repercussão de sua fala opinando sobre a medida. Ele usa o termo “opção sexual” para se referir à orientação sexual de homens gays e relaciona pessoas que não estão em um relacionamento estável como “promíscuas” por poderem ter mais de um parceiro sexual.


Narloch afirmou preocupação quanto à chamada cultura do cancelamento. “Me preocupa o clima da sociedade de hoje, em que é impossível discordar até mesmo de termos ou terminologias sem causar histeria, sem que o outro lado seja considerado um monstro que precisa ser banido”, disse.


O jornalista afirmou que está nos seus planos futuros iniciar um curso sobre cultura do cancelamento na tentativa de “preservar a diversidade ideológica e a liberdade do debate”.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Entretenimento

10 filmes para conter a ansiedade até a estreia de “A Barraca do Beijo 2”

Publicado


source

Todos estamos ansiosos para a estreia do segundo filme de “A Barraca do Beijo”. Recentemente, a  Netflix lançou o trailer da produção para nos deixar ainda mais animados. Mas, enquanto dia 24 não chega, que tal assistir a estes filmes selecionados pelo iG Gente? Todos eles têm uma pegada mais adolescente que faz até com que os adultos queiram voltar à epoca do colégio.

1. “Modo Avião”


A Maria Joaquina de “Carrossel”, vulgo Larissa Manoela, cresceu e  protagonizou o filme de língua portuguesa mais visto na Netflix! Na trama, ela interpreta Ana, que recebe uma proposta para ser influenciadora digital de uma marca renomada. Ela larga a faculdade para investir todo o seu tempo na página digital criando publicações, mas o trabalho que a princípio seria incrível, foi ficando cada vez mais nocivo para ela mesma. Certo dia, de tanto usar o celular, a jovem sofre um sério acidente de carro, o que a leva a deixar sua função de influenciadora de lado e passar um tempo na casa de seu avô Germano, no interior da cidade.

2. “Para Todos os Garotos que Já Amei”


Um grande queridinho da Netflix, o filme conta a história de Lara Jean Song Covey, que escreve cartas de amor secretas para todos os seus antigos crushes. Um dia, as cartas são misteriosamente enviadas para os destinatários, virando sua vida de cabeça para baixo. A continuação, “Para Todos os Garotos: P.S. Ainda Amo Você”, fez tanto sucesso que ganhou até uma  matéria especial aqui no iG Gente.

3. “Cinderela Pop”


A dona do SBT, ou simplesmente Maísa Silva, também está na Netflix! Ela interpreta Cíntia Dorella, uma menina romântica de 16 anos que sonha em encontrar o cara ideal, mas vê seu mundo ruir quando descobre que seu pai está traindo sua mãe. Descrente no amor, ela vai morar na casa da tia e passa a trabalhar como DJ, se tornando a Cinderela Pop. Com a vida virada de cabeça para baixo, Cíntia acaba se apaixonando por Freddy, um cantor de sucesso e verdadeiro príncipe encantado dos dias atuais, mas também precisa lidar com as filhas de sua madrasta, que também desejam o rapaz.

4. “O Date Perfeito”


Noah Centineo, que também fez “Para Todos Os Garotos Que Já Amei”, é o protagonista do filme. Nele, ele, precisando de dinheiro para pagar pela faculdade, decide criar um aplicativo que permite contratar um namorado para todo tipo de situação imaginável. O filme também está disponível na Netflix.

5. “Quase 18”


Nadine está enfrentando uma difícil situação desde que sua melhor amiga, Krista, está namorando com o seu irmão mais velho, Darian. Nadine se sente mais sozinha do que nunca, ao menos até começar uma amizade com um jovem atencioso. O filme pode ser encontrado na Netflix.

6. “Diário da Princesa”


Esse vai bater nostalgia no pessoal dos anos 2000. Mia é uma garota de 15 anos que vive com sua mãe em São Francisco e, de repente, descobre que seu pai é, na verdade, o Príncipe de Genóvia, um pequeno país europeu. Ela recebe a visita de sua avó recém-descoberta, que passa a lhe dar aulas de etiqueta, ensinando-a como se deve portar uma princesa. Mas quando se aproxima a data de seu aniversário, ela precisa definir que caminho pretende tomar em sua vida: tornar-se uma princesa e se mudar para Genóvia ou permanecer morando com a mãe. O primeiro filme está disponível no Telecineplay e sua continuação no Netflix.

7. “10 Coisa Que Odeio Em Você”


Bianca Stratford é bonita e popular, mas não pode namorar antes de sua irmã mais velha. O problema é que nenhum garoto consegue chegar perto da irmã, Kat Stratford. Para resolver a situação, um rapaz interessado em Bianca suborna um amigo com passado misterioso para sair com Kat e, quem sabe, tentar conquistá-la. O filme, que foi produzido em 1999, está disponível no Youtube, no Google Play e também no Telecineplay.

8. “Meus Quinze Anos”


Larissa Manoela novamente aparece no pedaço, dessa vez como Bia, que descobre que vai ganhar uma festa de 15 anos. O problema é que a garota sonhadora não tem muitos amigos para convidar, por ser pouco popular na escola. Por isso, ela conta com a ajuda do único grande amigo e do pai para dar um jeito na situação. O filme está disponível na Netflix.

9. “Confissões de Adolescente”


Baseado no livro homônimo de Maria Mariana, que também originou a peça de teatro e a série de TV nos anos 1990 na TV Cultura, o filme de 2013 narra a história de quatro irmãs, Tina, Bianca, Alice e Karina estão em plena adolescência. Em meio aos conflitos que antecedem a fase adulta, elas ainda precisam ajudar o pai, que está passando por dificuldades financeiras. O filme está disponível completo no Youtube e no Net Now.

10. “As Melhores Coisas do Mundo”


Junto com os amigos, um adolescente paulistano vive situações onde os medos, a pressão pelo sucesso e a relação com a família se manifestam de forma intensa. O filme está disponível no Globoplay.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana