Momento Agro

MILHO/CEPEA: Indicador segue em patamar recorde

Publicado


.

Cepea, 23/3/2020 – A redução da oferta e o maior interesse comprador seguem sustentando o movimento de alta dos preços do milho no mercado brasileiro. Em Campinas (SP), o Indicador ESALQ/BM&FBovespa subiu 2,5% entre 13 e 20 de março, fechando a R$ 59,04/saca de 60 kg na sexta-feira, o maior patamar nominal da série do Cepea. Nas demais regiões acompanhadas, os atuais valores são os maiores nominais desde 2016. Segundo pesquisadores do Cepea, as altas nos preços também refletem as incertezas ligadas ao desenvolvimento da safra, à disponibilidade de milho nos próximos meses e ao cenário macroeconômico. Ressalta-se, contudo, que a forte valorização do dólar frente ao Real eleva a competitividade internacional do cereal brasileiro e deve favorecer o movimento de alta dos preços nos próximos meses. www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
publicidade

Momento Agro

Congresso aprova crédito suplementar que garante recursos para o Plano Safra 2020/2021

Publicado


.

O Congresso Nacional aprovou nessa quinta-feira (21), em sessão conjunta virtual, a liberação de crédito suplementar de R$ 343,6 bilhões nos orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União. Desses recursos, R$ 3,2 bilhões serão destinados para a equalização de juros do Plano Safra, que o Ministério da Agricultura pretende anunciar no dia 15 de junho.

“Foi muito importante a aprovação desse projeto, porque retirou o último entrave que estava nos segurando para o anúncio do Plano Safra”, disse o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Eduardo Sampaio “Agora vamos concluir as medidas a serem submetidas ao Conselho Monetário Nacional, junto com as equipes do Ministério da Economia e do Banco Central”, completou. 

Outros R$ 741 milhões serão usados para a subvenção ao prêmio do seguro rural em 2020, complementando os recursos previstos para o Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR), já aprovado no Orçamento em R$ 957 milhões. No primeiro quadrimestre do ano, o Mapa já disponibilizou R$ 200 milhões para o PSR. Esse recurso é utilizado para subvencionar parte dos prêmios do seguro pagos pelo produtor. Graças ao PSR, somente nos anos de 2018 e 2019, as companhias seguradoras indenizaram aos agricultores em R$ 3,5 bilhões em função de problemas de perdas de produção por seca, granizo, chuva excessiva e outras adversidades climáticas.

No Projeto de Lei aprovado pelo Congresso também estão previstos R$ 400 milhões para o pagamento de indenizações do Proagro, que cresceram neste ano por causa da estiagem no Sul do país.

Também foram previstos R$ 35 milhões para ações de defesa agropecuária, R$ 13,5 milhões para a agricultura familiar, R$ 7,6 milhões para a Embrapa, R$ 6 milhões para aquicultura e pesca, R$ 5 milhões para a área de relações internacionais, R$ 5 milhões para assuntos fundiários, R$ 4,7 milhões para o Serviço Florestal Brasileiro, R$ 2 milhões para a Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação e R$ 1,5 milhão para o Incra.

O texto do Projeto de Lei do Congresso Nacional foi aprovado por 74 votos favoráveis no Senado e na Câmara dos Deputados, com 451 favoráveis e um voto contrário. O PLN 8/2020 segue agora para sanção presidencial.

Informações à Imprensa
[email protected]

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Agro

FRANGO/CEPEA: Com exportação firme e procura elevada também no BR, preço interno sobe

Publicado


.

Cepea, 22/5/2020 – Os embarques de carne de frango in natura tiveram ritmo elevado nas duas primeiras semanas de maio, conforme dados parciais da Secex, diminuindo a disponibilidade interna dos produtos, principalmente congelados. Com isso, os preços domésticos subiram. Nos 10 primeiros dias úteis de maio, o Brasil embarcou 202 mil toneladas de carne de frango, com média diária de 20,2 mil toneladas, aumento de 25,9% frente à de abril e ainda 24,5% acima do ritmo observado em maio/19. Segundo agentes do setor consultados pelo Cepea, a China tem sido a maior responsável pelo incremento dos embarques brasileiros, adquirindo também as principais carnes concorrentes, como suína e bovina. Além das exportações, as vendas domésticas de carne de frango também estiveram aquecidas no mercado doméstico nas últimas semanas. Neste caso, o impulso veio do aumento das compras de redes atacadistas e varejistas, que realizaram a reposição de estoques. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana