Momento Agro

ARROZ/CEPEA: Com preços recordes, produtor se anima e área pode crescer em 2020/21

Publicados

em


.

Cepea, 09/09/2020 – As cotações recordes do arroz em casca devem estimular produtores a aumentarem a área na próxima temporada, segundo informações do Cepea. De 31 de agosto a 8 de setembro, o Indicador do arroz ESALQ/SENAR-RS, 58% grãos inteiros, com pagamento à vista, registrou expressivo aumento de 10,8%, fechando a R$ 104,17/saca de 50 kg nessa terça-feira, dia 8 – renovando seu recorde real histórico da série do Cepea (deflacionada pelo IGP-DI de agosto/20). Pesquisadores do Cepea afirmam que as altas seguem atreladas à demanda aquecida. Vale lembrar que orizicultores ainda avaliam os custos e receitas, assim como a perspectiva para o período de comercialização em 2021, para efetivamente decidirem a área a ser destinada ao cereal. Especificamente no Rio Grande do Sul, maior estado produtor de arroz, a área a ser semeada deve crescer 3,5% frente ao ano-safra anterior, podendo chegar a 969,2 mil hectares na temporada 2020/21, segundo informações do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga) divulgadas em 3 de setembro. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Leia Também:  Duas chapas registram candidatura para diretoria da Aprosoja
Fonte: CEPEA

Propaganda

Momento Agro

CAFÉ/CEPEA: Produção 2020/21 deve ser elevada no Brasil

Publicados

em


Cepea, 30/09/2020 – A produção de café na temporada 2020/21 brasileira foi significativa, conforme indicam agentes consultados pelo Cepea. Muito colaboradores afirmam que o volume está próximo do apontado pelo USDA, de 67,8 milhões de sacas de 60 kg, em maio/20, o que seria um recorde. A Conab, por sua vez, aponta total de 61,6 milhões de sacas. Especificamente para o café arábica, colaboradores do Cepea esperam número acima do divulgado pela Conab (de 47,3 milhões de sacas), entre 47,5 milhões e 52 milhões de sacas. Os fundamentos desses agentes para as boas perspectivas vêm da bienalidade positiva dos cafezais, do clima favorável durante o desenvolvimento, da produção em lavouras novas e/ou recentemente podadas e de maiores cuidados com os pés. Já para o robusta, a produção estimada por operadores do mercado está mais próxima da levantada pela Conab (de 14,2 milhões de sacas), de 13,3 a 16,3 milhões de sacas. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br 

Fonte: CEPEA

Leia Também:  AÇÚCAR/CEPEA: Mesmo em plena safra, preço segue firme em SP
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA