Momento Agro

CAFÉ/CEPEA: No fim da colheita 2020/21, arábica renova máxima nominal

Publicados

em


.

Cepea, 2/9/2020 – Enquanto os trabalhos de campo do café arábica da safra 2020/21 estão próximos do fim, os preços da variedade seguem elevados. Na segunda-feira, 31, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, posto na capital paulista, fechou a R$ 610,57/saca de 60 kg, novo recorde nominal da série histórica do Cepea, iniciada em 1996. Em termos reais, no entanto, o maior preço diário foi registrado em 28 de maio de 1997, quando o Indicador fechou a R$ 1.720,65/sc (os valores foram deflacionados pelo IGP-DI de jul/20). Segundo pesquisadores do Cepea, o impulso veio do avanço dos futuros da variedade e da alta do dólar em alguns dias da semana passada. Já a liquidez esteve mais limitada, uma vez que agentes seguem retraídos, devido ao bom volume de negócios fechado em semanas anteriores. Entre 25 de agosto e 1º de setembro, o Indicador do arábica subiu 1,5%, fechando a R$ 605,15/sc nessa terça-feira. Quanto ao robusta, os preços domésticos seguem acima de R$ 400,00/sc, em patamares reais próximos dos registrados em janeiro de 2018. Nessa terça, 1º, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 acima fechou a R$ 411,71/sc, avanço de 1,3% frente ao dia 25.

Leia Também:  BOI/CEPEA: Preços da arroba de boi e de carne se aproximam em setembro
Fonte: CEPEA

Propaganda

Momento Agro

Antonio Galvan participa da Assembleia Geral APROSOJA BRASIL em Campinápolis/MG

Publicados

em


.

Fortalecimento Institucional

Antonio Galvan participa da Assembleia Geral APROSOJA BRASIL em Campinápolis/MG

No encontro também aconteceu a nona edição da Abertura Nacional do Plantio de Soja da Safra 2020/2021

24/09/2020

Presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), Antonio Galvan, participou nos dias 23 e 24 de setembro, em Campinápolis/MG, da Assembleia Geral da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (APROSOJA BRASIL), no qual ele é vice-presidente, e da nona edição da Abertura Nacional do Plantio de Soja da Safra 2020/2021. O evento dá a largada oficial da semeadura da principal commodity brasileira.

Entre os assuntos em pauta estão: o agro no Supremo Tribunal Federal (STF), a conclusão acerca da proibição do ingrediente ativo Paraquate, o cenário Político, reformas estruturantes (Tributária e Administrativa) e o contrato de parceria de “Projetos Setoriais” entre Aprosoja Brasil, MEZZO e SollusPar.

“É sempre importante participarmos desses eventos da APROSOJA BRASIL. Discutimos assuntos de interesse de fortalecimento institucional para que possamos passar ao produtor rural as atualidades do que está se debatendo em nível nacional. Destaco a reforma tributária que tramita no Congresso Nacional, em fase adiantada, os produtores de soja e milho não são contra a pauta de reformas, evidentemente necessárias para o país, mas que uma reforma tributária no momento atual não seria adequada, já que o Brasil e o mundo ainda passam pelos efeitos devastadores econômicos por conta do atual cenário da pandemia do COVID-19”, declarou Galvan.

Leia Também:  ARROZ/CEPEA: Indicador renova máxima real; atividades de semeio se iniciam no RS

Já na Abertura Nacional do Plantio de Soja da Safra foram apresentadas as projeções das Aprosojas Brasil. A perspectiva é de aumento de 3,81% da área plantada, que deve alcançar 38,43 milhões de hectares. A produtividade deve ter uma elevação de 0,76%, chegando a 3,36 toneladas/ha, e a produção atingirá 129,15 milhões de toneladas, um crescimento de 3,44% em relação ao ciclo 2019/2020.

Em virtude da pandemia, o evento não teve presença de público na Fazenda Dois Corações e os painelistas participaram via internet. O encontro também foi transmitido ao vivo pelo Canal Rural.

 

 

 

Fonte: Ascom

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA