Momento Agro

CITROS/CEPEA: Com demanda abaixo da oferta, laranja pera se desvaloriza

Publicados

em


Cepea, 03/12/2021 – Em novembro, com a demanda abaixo da oferta (que vem sendo favorecida pelo retorno das chuvas no estado de São Paulo desde outubro), os preços da pera caíram. De acordo com dados do Cepea, a variedade foi negociada à média de R$ 45,01/cx de 40,8 kg, na árvore, valor 9,8% inferior ao de outubro/21, mas 3,8% superior ao do mesmo mês do ano passado, em termos nominais. Nesta semana, especificamente, o mercado de laranja de mesa se mantém calmo, e os preços continuam com leve tendência de queda. Agentes do setor comentam que o clima instável, com períodos de chuva, e o fim de mês podem ter limitado o consumo neste segmento. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Leia Também:  SOJA/CEPEA: Agentes seguem atentos ao desenvolvimento da safra 2021/22
Propaganda

Momento Agro

ARROZ/CEPEA: Demanda cresce e sustenta preço do casca

Publicados

em


Cepea, 19/1/2022 – Os compradores de arroz em casca estiveram mais ativos no mercado nos últimos dias, inclusive elevando os valores ofertados pelo cereal, devido à necessidade de repor estoques. Agentes de tradings também estiveram interessados em novas negociações para exportação. Já do lado vendedor, segundo colaboradores do Cepea, produtores se mantiveram cautelosos e seguiram limitando o número de lotes para venda, aguardando melhor alinhamento do mercado. Nesse cenário, o preço do casca – que no dia 10 de janeiro registrou o menor patamar nominal desde 23 de junho de 2020 – passou a subir, fechando a R$ 62,54/saca de 50 kg nessa terça-feira, 18, 0,7% acima do observado na terça anterior (11). Vale ressaltar, porém, que os preços do casca vêm se mantendo na casa dos R$ 62/sc desde 30 de novembro de 2021. Segundo colaboradores do Cepea, a pouca oscilação em um período relativamente longo pode ser indicativo de que os valores chegaram ao patamar mínimo aceitável por vendedores. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Leia Também:  ETANOL/CEPEA: Com lento ritmo de negócios, cotações seguem estáveis
Fonte: CEPEA

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA