Momento Agro

CITROS/CEPEA: Preço da tahiti dispara e chega aos R$ 100/cx em SP, recorde nominal

Publicados

em


.

Cepea, 07/08/2020 – Os preços da lima ácida tahiti, que já vinham registrando altas consecutivas há algumas semanas, dispararam entre o final de julho e o início de agosto, atingindo recordes nominais da série histórica do Hortifruti/Cepea deste produto (iniciada em 1996). Nesta semana, a caixa da fruta, de 27 kg, colhida, chegou a ser negociada a R$ 100,00 em algumas roças paulistas, mas a média parcial da semana (de segunda a quinta-feira) fechou em R$ 89,96/cx (alta de 20,1% frente à anterior). A expectativa é de que as cotações sigam elevadas em agosto, até a intensificação da colheita. Segundo pesquisas do Cepea, esse avanço nos valores está atrelado ao baixo volume de frutas disponíveis nos pomares. Com as poucas chuvas nas principais regiões produtoras do estado de São Paulo, o tamanho dos frutos vem sendo comprometido, não chegando nos padrões demandados pelos mercados doméstico e externo. Apesar disso, a fruta ainda apresenta boa coloração e ausência de problemas fitossanitários. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br.

Leia Também:  Impactos do percevejo barriga-verde no milho será tema de palestra
Fonte: CEPEA

Propaganda

Momento Agro

Impactos do percevejo barriga-verde no milho será tema de palestra

Publicados

em


Defesa Agrícola

Impactos do percevejo barriga-verde no milho será tema de palestra

Pesquisador irá abordar as técnicas de manejo, monitoramento e prevenção

25/01/2021

Na próxima quarta-feira (27.01) a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) irá realizar uma rodada técnica no sindicado rural de Primavera do Leste com os produtores da região. Em pauta, a proliferação do percevejo barriga-verde na cultura do milho e as técnicas de manejo e prevenção contra a praga.

A palestra será ministrada pelo agrônomo e pesquisador Túlio Gonçalo, gerente do Grupo Associado de Pesquisa do Sudoeste Goiano (Gapes). Segundo ele, o percevejo barriga-verde tem grande impacto na cultura do milho e pode comprometer a produtividade.

“Para que isso não ocorra é preciso adotar medidas de controle, usar técnicas de manejo e monitorar para que a praga não se alastre. Todos esses aspectos serão abordados e debatidos com o produtor rural durante a palestra”, afirmou.

A rodada técnica é uma demanda do produtor em decorrência do surgimento da praga no milho, sobretudo na região sul do Estado. “A preocupação dos produtores levantou um alerta na equipe técnica da Aprosoja e resolvemos trazer um especialista na área para auxiliar o produtor. Precisamos evitar danos à lavoura e garantir a rentabilidade da segunda safra”, explicou a gerente de Defesa Agrícola da Aprosoja, Jerusa Rech.

Leia Também:  FRANGO/CEPEA: Demanda enfraquecida segue pressionando valores

Fonte: Marcella Lírio

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA