Momento Agro

FRANGO/CEPEA: Liquidez aumenta, e cotações se elevam neste início de junho

Publicados

em


Cepea, 11/6/2021 – As vendas de carne de frango estão mais aquecidas neste início de junho, impulsionadas pelo incremento na procura doméstica, devido principalmente ao recebimento dos salários. Segundo colaboradores do Cepea, como o setor vinha trabalhando com estoques reduzidos, essa reação da demanda resultou em altas de preços generalizadas, especialmente para a carne. Vale ressaltar que a proteína de frango, mesmo com as recentes valorizações, segue comercializada a preços mais em conta que as concorrentes bovina e suína. Além disso, os elevados custos de produção com insumos nutricionais (milho e farelo de soja) e agora também os gastos com energia elétrica pressionam a margem do setor, que tenta reajustar positivamente os valores, principalmente quando a demanda sinaliza melhora. No front externo, os embarques de carne de frango também apresentam bom desempenho. Segundo dados preliminares da Secex, nos três primeiros dias úteis de junho, a média diária de embarques da carne in natura esteve em 27,7mil toneladas, significativos 51,9% acima da média observada em maio, quando, vale lembrar, as exportações registraram volume elevado. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Leia Também:  AÇÚCAR/CEPEA: Com preços em alta, Indicador chega à casa dos R$ 142/sc
Fonte: CEPEA

Propaganda

Momento Agro

BOI/CEPEA: Exportações seguem intensas, mesmo com restrição

Publicados

em


Cepea, 16/09/2021 – Agentes consultados pelo Cepea acreditam em rápida reversão da suspensão imposta pela China – devido aos dois casos atípicos de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB) registrados no Brasil no início deste mês –, fundamentados na baixa oferta mundial da proteína e na consequente dependência do país asiático pela proteína brasileira. Além disso, pesquisadores do Cepea ressaltam que, geralmente, a China tende a intensificar as compras de carne bovina nos últimos meses do ano, tendo em vista o aquecimento na demanda por carne naquele país nas primeiras semanas do ano, por conta da comemoração do Ano Novo Chinês. No geral, apesar da restrição, o volume de proteína bovina exportada pelo Brasil segue firme em setembro. Dados preliminares da Secex apontam que, até o dia 10, o País havia exportado 86,88 mil toneladas de carne bovina in natura. O embarque diário registra média bastante alta, de 12,41 mil toneladas, 80% acima da observada em setembro do ano passado.  Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Leia Também:  CUSTOS GRÃOS/CEPEA: Além de clima, pragas acentuam queda na produtividade do milho
Fonte: CEPEA

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA