Momento Agro

MANDIOCA/CEPEA: Oferta diminui e preços sobem

Publicados

em


.

Cepea, 14/09/2020 – Segundo pesquisadores do Cepea, poucos agricultores têm mostrado interesse pela comercialização da raiz de mandioca, e outros ainda priorizam o plantio. Além disso, em algumas áreas, a falta de umidade no solo já dificulta o avanço dos trabalhos, enquanto em outras, há baixa oferta de mão de obra para a colheita, visto que tem sido direcionada para outras atividades agropecuárias. Principalmente por conta da menor oferta, os preços da mandioca subiram em todas as regiões na semana passada. De acordo com dados do Cepea, o valor médio a prazo para a tonelada posta fecularia foi de R$ 326,66 (R$ 0,5733 por grama de amido na balança hidrostática de 5 kg), alta de 1,8% na comparação com a média da semana anterior. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA

Leia Também:  CAFÉ/CEPEA: Produção 2020/21 deve ser elevada no Brasil
Propaganda

Momento Agro

MERCADO DE TRABALHO/CEPEA: Queda no número de pessoas ocupadas na agropecuária é interrompida em julho

Publicados

em


Clique aqui e baixe o release completo em word.

Clique aqui e confira o relatório completo.

 

Cepea, 30/09/2020 – A tendência de redução do número de pessoas ocupadas (PO) na agropecuária, que vinha sendo observada desde o trimestre móvel encerrado em março, foi interrompida no trimestre encerrado em julho (maio-junho-julho). Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, do IBGE, 8,049 milhões de pessoas estavam ocupadas na agropecuária em maio-junho-julho, com leve alta de quase 1% frente ao trimestre móvel imediatamente anterior (abril-maio-junho). Ainda assim, frente ao mesmo trimestre móvel de 2019, a população ocupada teve queda de 6,9%, o equivalente a 599 mil pessoas.

 

Quando considerado o modelo do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, o número de ocupados na agropecuária no trimestre móvel encerrado em julho continuou bastante aquém do limite inferior do que pode ser considerado normal. O número observado (8,049 milhões) foi 3,7% ou 310 mil pessoas abaixo do que esperado para esse período. Assim como observado no trimestre encerrado em junho, esse choque que ainda persiste em julho reflete sobretudo o efeito acentuado verificado em maio. Após a estabilização de junho, foi observada, inclusive, alguma melhora em julho no que tange à diferença entre o número observado e o esperado de empregos/ocupações na agropecuária.

Leia Também:  CAFÉ/CEPEA: Produção 2020/21 deve ser elevada no Brasil

 

Segundo o relatório trimestral de mercado de trabalho divulgado pelo Cepea, houve forte recuo no número de pessoas ocupadas no agronegócio em geral entre os segundos trimestres de 2019 e de 2020. Foi a maior queda nessa comparação desde o início da série histórica do Cepea, em 2012 – possivelmente relacionada à pandemia de coronavírus. Setorialmente, os destaques em reduções foram: cana-de-açúcar, café, produção florestal e “outras lavouras” na agricultura, e vestuários e acessórios, produtos e móveis de madeira, massas e outros, papel e celulose e bebidas na agroindústria agrícola. Na agroindústria agrícola, apenas a de óleos e gorduras vegetais apresentou aumento da PO. No ramo pecuário, houve reduções para pesca e aquicultura e bovinocultura e para a indústria de couro e calçados de couro. Ao contrário, o número de ocupações cresceu para as criações de suínos e aves e para laticínios.

 

OUTROS SETORES – Para referência, considerando-se o cenário geral do País, no trimestre móvel encerrado em julho, 82,03 milhões de pessoas estavam ocupadas no Brasil, queda de 1,6% frente ao trimestre móvel encerrado em junho e de 12,3% frente ao mesmo trimestre móvel de 2019. Logo, embora o cenário para a agropecuária tenha aparentemente parado de se agravar desde junho e mesmo melhorado marginalmente em julho, esse não parece ser o caso para os demais setores econômicos.

Leia Também:  ETANOL/CEPEA: Indicador do hidratado volta a subir

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA: Outras informações sobre o mercado de trabalho do agronegócio aqui e por meio da Comunicação Cepea, com o prof. Geraldo Barros e com a pesquisadora Nicole Rennó: [email protected]

Fonte: CEPEA

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA