Momento Agro

MILHO/CEPEA: Preços recuam na maior parte das regiões acompanhadas pelo Cepea

Publicados

em


.

Cepea, 14/09/2020 – O menor interesse de compradores, que indicam ter estoques para o curto prazo, tem pressionado os valores do milho na maior parte das regiões acompanhadas pelo Cepea. Na praça de Campinas (SP), base do Indicador ESALQ/BM&FBovespa, a saca de 60 kg do milho registrou queda de 0,12% entre 4 e 11 de setembro, fechando a R$ 58,99 nessa sexta-feira, 11 – no acumulado de setembro (até o dia 11), a baixa é de 3,69%. No campo, produtores brasileiros voltam a ficar atentos ao clima, tendo em vista que o tempo seco pode dificultar o semeio da soja em outubro e, consequentemente, atrasar o plantio do milho de segunda safra de 2020/21. No Sul, a falta de chuvas já preocupa agentes quanto ao desenvolvimento da temporada de verão. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA

Leia Também:  CITROS/CEPEA: Com baixo volume de chuvas, citricultor segue preocupado
Propaganda

Momento Agro

CITROS/CEPEA: Com baixo volume de chuvas, citricultor segue preocupado

Publicados

em


.

Cepea, 25/09/2020 – Choveu no início desta semana em algumas regiões citrícolas do estado de São Paulo, mas o volume ainda foi baixo. Com isso, produtores consultados pelo Cepea seguem preocupados com o desenvolvimento dos frutos da safra 2020/21. Quanto à venda de laranjas no mercado de mesa paulista, a procura por valência e natal vem se intensificando, principalmente devido aos preços mais atrativos frente aos da pera. Na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), a valência foi comercializada à média de R$ 30,30/cx de 40,8 kg, na árvore, alta de 6,8% frente à da semana anterior. Para a pera, a média semanal está em R$ 34,03/cx, elevação de 3,1% no mesmo comparativo. Com relação ao mercado de lima ácida tahiti, colaboradores do Cepea indicam que, apesar da baixa disponibilidade da variedade, os preços estão enfraquecidos, devido à pressão exercida por compradores e à desaceleração das exportações. Na parcial da semana, a tahiti tem média de R$ 64,35/cx de 27 kg, colhida, queda de 4,8% em relação à anterior. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Leia Também:  CITROS/CEPEA: Com baixo volume de chuvas, citricultor segue preocupado

 

Fonte: CEPEA

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA