Momento Agro

Ministério da Economia autoriza Instituições Financeiras a operarem em financiamentos do Plano Safra

Publicados

em

O Ministério da Economia autorizou as instituições financeiras que operam com recursos do Plano Safra a retomarem, parcialmente, as contratações de financiamentos rurais subvencionadas, no âmbito do Plano Safra 2021/2022.

A retomada das contratações será para as linhas de financiamento do Pronaf (Agricultura Familiar), incluindo investimentos, aquisição de matrizes e reprodutores, aquisição de tratores, colheitadeiras e outros veículos.

Também foram liberadas outras linhas como ABC (Agricultura de Baixo Carbono), Pronamp (médio produtor), Inovagro (inovações tecnológicas), Proirriga (irrigação) e Moderagro (modernização)

Continuam suspensas as contratações das linhas de financiamentos Moderfrota (frotas e tratores), PCA (para construção de armazéns) e Prodecoop (desenvolvimento cooperativo).

As contratações de financiamentos rurais com recursos equalizáveis estavam suspensas desde 7 de fevereiro.

Na semana passada, o Ministério da Economia publicou em edição extra do Diário Oficial da União a Portaria 5.327, que abre crédito suplementar de R$ 1.087.605.763 para reforçar os pagamentos de equalização de taxas de juros do Plano Safra vigente, que encerra no dia 30 de junho deste ano.

Leia Também:  Ainda de ressaca pela eliminação na Sul Americana Inter recebe o Fluminense neste domingo no Beira-Rio em busca de reabilitação

O Ministério da Agricultura estima que cerca de R$ 15 bilhões em novas operações de crédito rural, com recursos equalizados, devam ser contratadas até o dia 30 de junho.

 

Otavio Ventureli(da redação de Brasília)

Momento Agro

Preços dos ovos registram alta na primeira semana de agosto

Publicados

em

Com a oferta mais controlada somada à demanda aquecida, devido ao recebimento dos salários, as vendas e os preços dos ovos comerciais estão em alta neste início de agosto. Diante desse cenário, o preço da caixa com 30 dúzias de ovos brancos tipo extra, para retirar, em Bastos (SP), registrou um aumento de 2,7% frente à quinta anterior, 28 de julho, fechando a R$ 146,47, maior patamar nominal da série histórica em mais de três meses. 

Já para os ovos vermelhos, a valorização foi de 2,8% no mesmo período, para R$ 165,62/cx no dia 4.  

Fonte: AgroPlus

Leia Também:  MP aciona envolvidos em contratação de cooperados fantasmas em Sorriso
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI