Momento Agro

Rio Grande do Sul colhe safra de arroz 14,5% menor em relação ao ano passado

Publicados

em

O Rio Grande do Sul concluiu semana passada a colheita de arroz no Estado, informou em nota a Secretaria de Agricultura gaúcha. Na safra 2018/2019 foram colhidos 7,2 milhões de toneladas, de 964 mil hectares, com produtividade média de 7.508 quilos por hectare.
 
     Conforme dados tabulados pela Seção de Política Setorial do Instituto Rio-grandense do Arroz (Irga), em relação à safra passada houve redução na área colhida de 10,5%, assim como na produção, com 14,5% menos no atual ciclo. Já a produtividade foi 5,5% menor.
 
     Para o presidente do Irga, Guinter Frantz, uma menor área semeada, as intempéries e a contração no uso de tecnologias em decorrência da falta de recursos são os principais fatores que ocasionaram uma diminuição significativa na produção total de arroz no Estado.
 
     “Esperamos que essa queda possa fazer pressão de alta no mercado. Mas ao mesmo tempo o orizicultor fica com menos produto em função do seu passivo e das trocas feitas com as indústrias”, disse.
 
     “Isso sim traz um prejuízo maior que a própria frustração da safra. Desapontamento esse provocado pelas condições climáticas desfavoráveis e por menos tecnologia utilizada pela maioria dos produtores devido à falta de recursos financeiros”, acrescenta
Leia Também:  CITROS/CEPEA: Com demanda abaixo da oferta, laranja pera se desvaloriza
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Momento Agro

CITROS/CEPEA: Com demanda abaixo da oferta, laranja pera se desvaloriza

Publicados

em


Cepea, 03/12/2021 – Em novembro, com a demanda abaixo da oferta (que vem sendo favorecida pelo retorno das chuvas no estado de São Paulo desde outubro), os preços da pera caíram. De acordo com dados do Cepea, a variedade foi negociada à média de R$ 45,01/cx de 40,8 kg, na árvore, valor 9,8% inferior ao de outubro/21, mas 3,8% superior ao do mesmo mês do ano passado, em termos nominais. Nesta semana, especificamente, o mercado de laranja de mesa se mantém calmo, e os preços continuam com leve tendência de queda. Agentes do setor comentam que o clima instável, com períodos de chuva, e o fim de mês podem ter limitado o consumo neste segmento. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Leia Também:  SUÍNOS/CEPEA: Preço médio cai em nov/21 e fica 30% abaixo do registrado há um ano
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA