Momento Agro

Vacinação contra aftosa alcançou 99,7% do rebanho no Estado de Mato Grosso

Publicados

em

 

    Em maio de 2019 foram vacinados contra febre aftosa em Mato Grosso 29.796.789 bovinos e bubalinos, quantidade correspondente a 99,73% do rebanho a ser vacinado no Estado (29.878.076).
 
     Nessa etapa é obrigatória a vacinação de bovinos e bubalinos de todas as idades, “de mamando a caducando”, exceto na microrregião do Baixo Pantanal Mato-grossense.
    
     A baixa inadimplência é resultado do trabalho de divulgação, educação sanitária, fiscalização e fundamental apoio dos produtores rurais.
 
      A população de bovinos e bubalinos existentes no estado de Mato Grosso alcançou 30 milhões cabeças neste ano. Desde 2005 as etapas têm alcançado índices de vacinação superiores a 99% de imunização em todas as regiões.  
 
Durante o período da etapa de vacinação, o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) fiscalizou 2471 estabelecimentos rurais, o que corresponde a 2,6% dos estabelecimentos existentes no estado de Mato Grosso.
 
     O Indea e o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) são os órgãos oficiais responsáveis pela regulamentação, divulgação, educação sanitária, controle e fiscalização da vacinação, cabendo ao produtor arcar com a aquisição e aplicação da vacina.
 
     Há ainda uma parceria com entidades ligadas ao setor pecuário como a Famato, Acrimat, Acrismat, Sindifrigo, Ovinomat e o Fesa pra implementação de medidas de prevenção contra a febre aftosa.
 
     O último foco da doença no estado ocorreu em 1996. Atualmente Mato Grosso é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como livre de febre aftosa com vacinação.
Leia Também:  MANDIOCA/CEPEA: Oferta limitada impulsiona média semanal
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Momento Agro

AÇÚCAR/CEPEA: Indicador volta a subir

Publicados

em


Cepea, 27/07/2021 – As cotações do açúcar cristal voltaram a registrar elevação nos últimos dias no mercado spot do estado de São Paulo, de acordo com dados do Cepea. O Indicador CEPEA/ESALQ fechou a R$ 117,61/saca de 50 kg nessa segunda-feira, 26, avanço de 0,62% em relação ao dia 19. Atentas às projeções de quebra da safra deste ano, usinas paulistas continuaram restringindo a oferta para o spot, já que têm contratos a serem entregues aos mercados interno e externo. Compradores, por sua vez, até buscaram negócios a preços mais baixos; porém, tiveram êxito em apenas poucos casos, quando a negociação envolvia o açúcar Icumsa 180. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Leia Também:  ETANOL/CEPEA: Depois de três semanas em alta, preço do hidratado volta a recuar
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA