Momento Cidades

Agentes realizam fiscalização educativa em estacionamentos privados e flagram uso irregular de vagas prioritárias

Publicados

em


Divulgação

Clique para ampliar

Agentes de Trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) realizaram na noite dessa segunda-feira (3) uma fiscalização educativa  ‘Tolerância Zero’ contra motoristas  e motociclistas que estacionam em vagas reservadas para idosos e pessoas com deficiência (PDC).  Os locais visitados foram:  shopping Estação, Praça Popular, Big Lar – da Miguel Sutil e Jardim das Américas. Os motoristas flagrados estacionados irregularmente receberam uma cartilha orientativa  que aponta os  ‘erros’ de ocuparem uma vaga prioritária de estacionamento. 

Calçadas e entrada e saída de veículos também foram alvos de fiscalização. Aqueles que não respeitarem a lei de trânsito, os veículos poderão ser autuados e removidos. 

Conforme o secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, a atitude de alguns motoristas/motociclistas se trata de ‘falta de educação’ no trânsito. 

“Essa operação será rotineira. Mas isso é falta de bom senso ou falta de educação. Todos os dias há motoristas ou motociclistas usando vagas prioritárias. Recebemos muitas queixas dos cidadãos com deficiência ou idosos que se veem impedidos de utilizarem essas vagas porque estão sendo ocupadas por aqueles que não necessitam delas. Por enquanto, não estamos aplicando multas, mas em breve estaremos aplicando autuações a esses motoristas”, explicou.
Estacionar em vagas reservadas aos deficientes e idosos sem credencial pode resultar na remoção do veículo, 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e R$293,47 de multa.  
Ação Educativa no Maio Amarelo – A ação faz parte do calendário de ações do Movimento Maio Amarelo – que é para chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

Leia Também:  Pra Frente Cuiabá: Pinheiro lança programa com primeira ação de serviços itinerantes do Sine Municipal

Momento Cidades

Missa solene celebra 154 anos de Fundação de Várzea Grande e Dia das Mães

Publicados

em


“É um momento solene e de expressarmos a nossa fé de que venceremos os obstáculos e as adversidades”, disse o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, acompanhado pela primeira-dama e promotora de Justiça, Kika Dorilêo Baracat, pelo vice-prefeito, José Hazama, pelo senador Jayme Campos e a ex-prefeita Lucimar Sacre de Campos, pelo presidente da Câmara Municipal, Fábio Tardin, além de familiares e convidados especiais que participaram da Missa em Ação de Graças pelo Aniversário de 154 Anos de Fundação de Várzea Grande, a ser comemorado no próximo sábado, 15 de maio.

Segundo o prefeito, a pandemia da COVID-19 mudou o modo de vida de todos e passou a fazer parte do cotidiano, sem exceção, e isto tem que ser encarado como um ensinamento que a vida está impondo para que cuidemos mais de nós mesmos, mas não deixemos de cuidar dos outros “pois somente unidos iremos fazer a diferença”, explicou ele, logo após a Coroação de Nossa Senhora da Guia, por ele, e do Menino Jesus, pela primeira-dama.

A Missa Solene ganhou um outro contorno, por também ser comemorado neste segundo domingo do mês de maio, o Dia das Mães. O pároco Tarcísio Camilo Santana, durante a homilia, pregou justamente sobre o amor ao próximo, sobre o amor de mãe e da importância de cada um exercer esse sentimento transformador, especialmente nestes tempos desafiadores da pandemia da COVID-19.

“O prefeito da cidade optou por uma missa junto à comunidade, sem alterar a programação dominical, demonstrando profundo respeito pela liturgia, bem como sua humildade em reconhecer nosso Senhor Deus como a autoridade máxima para os cristãos”, pontuou o sacerdote.

O prefeito Kalil Baracat aponta que faz parte da tradição comemorar o aniversário de Várzea Grande em uma missa de ação de graças. “Apesar da restrição de público, em virtude das medidas de biossegurança contra a propagação do COVID-19, a missa aqui na matriz é tradicional, reúne famílias de várias regiões da cidade e faz parte da nossa cultura. Pedimos a Deus muita saúde, coragem e determinação para trabalhar por nossa cidade”, comentou o gestor municipal, reforçando o que o Estado é Laico, mas a grande maioria das pessoas professa sua religião, cada um com sua fé e esse sentimento tem o poder de nos fortalecer na luta contra este momento, que exige união e, principalmente, afeto e atenção redobrada com nossa família e com a família dos demais.

Leia Também:  Audiência pública sobre modal se debruçou em embates jurídicos prejudicando questionamentos técnicos

Kalil também parabenizou as mães pela data, reconhecendo o esforço de muitas mulheres que são mães e pais, ao mesmo tempo, e persistem para dar aos seus filhos as melhores oportunidades. “Várzea Grande é uma terra de mulheres fortes, como foi a minha avó, professora Sarita, uma mulher à frente do seu tempo, do qual me orgulho e sigo seus exemplos na política: hoje sou prefeito desta cidade, na qual nasci”, relembrou ele, acrescentando sua gratidão pela mãe Cleonice Baracat, que direcionou sua educação, e sua admiração pela esposa, a primeira-dama Kika Dorilêo Baracat, mãe da Angelina e do João.

“Sou uma pessoa agraciada por ter sempre sido encaminhado por grandes mulheres, inclusive pela prefeita Lucimar Sacre de Campos, a quem estou tendo a honra de suceder, e porque não dizer de amigos sempre presentes e prontos a nos ajudar a governar, em ajudar Várzea Grande, Mato Grosso e o Brasil, como o senador Jayme Campos e o ex-governador Júlio Campos”.

Para a primeira-dama Kika Dorilêo Baracat, a celebração religiosa envolve diversos significados: a fé, a união e o amor pelo próximo. “E sendo hoje Dia das Mães, o domingo ganha uma conotação ainda mais especial. Eu acredito que é a mãe que nos impulsiona, que encoraja o filho e eu sei que Várzea Grande é berço de mulheres assim, corajosas e inspiradoras”.

Leia Também:  Mato Grosso registra 371.781 casos e 10.076 óbitos por Covid-19

Moradora do bairro 7 de maio, a jovem Thaynara Costa, 24 anos, agradeceu a Deus pela experiência da maternidade. Mamãe de Theo, dois meses, ela cresceu participando do projeto de cultura de paz, Cáritas. “Eu amo minha cidade e sou orgulhosa por fazer parte de um projeto social em meu bairro. Peço a Deus que continuemos no caminho da prosperidade e que logo tenhamos a população inteira vacinada contra a COVID-19”, disse ela.

A ex-prefeita Lucimar Campos, que participou da missa ao lado do senador Jayme Campos, destacou a vocação da cidade em acolher as pessoas, independente de onde nasceram. “Várzea Grande é uma cidade acolhedora, de pessoas de bem, unidas em prol de algo maior, que é o desenvolvimento. E hoje, Dia das Mães, o meu carinho pelas mães deste município, mulheres que se desdobram em várias funções e com muito amor no coração”.

Aos 75 anos, a senhora Evanir Macaúba comentou sua devoção em Nossa Senhora da Guia, o carinho pela cidade e sua confiança na gestão pública. “Recebi a segunda dose da vacina contra a COVID-19 e agradeço a Deus pela minha saúde, dos meus filhos, netos e bisnetos. Sinto que minha cidade cuida de seus moradores e a campanha da vacina é uma prova disso. Hoje nesta missa, tenho a agradecer e pedir proteção a todos os várzea-grandenses”.

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, e a primeira-dama, Kika Dorilêo Baracat, foram os escolhidos para no ato final da cerimônia religiosa coroar Nossa Senhora da Guia, padroeira da cidade em um momento marcante e cheio de emoção.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA