Momento Cidades

Campanha Vacina Cuiabá completa 1 ano com muita dedicação de todos os profissionais envolvidos

Publicados

em

Se 2020 foi o ano da dor, do sofrimento e do desespero para muita gente, 2021 foi o ano da esperança. Não que tenha sido um ano fácil, porque definitivamente não foi, mas começamos a ver uma luz no fim do túnel. E o motivo foi apenas um: a vacinação.  Por causa dela, terminamos o ano passado em uma situação muito melhor do que quando ele começou.

Há exatamente um ano, em 20 de janeiro de 2021, um maqueiro da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid do Hospital São Benedito representou a esperança de todos os cuiabanos, ao receber a primeira dose da vacina contra o coronavírus da capital. Hoje temos quase 1 milhão de doses aplicadas e mais de 80% da população de Cuiabá com o esquema vacinal completo, tendo tomado as duas doses ou a vacina de dose única na campanha Vacina Cuiabá – Sua Vida em Primeiro Lugar da gestão Emanuel Pinheiro.

Como assessora de imprensa da pasta da Saúde municipal, acompanho in loco a rotina da campanha “Vacina Cuiabá – Sua Vida em Primeiro Lugar” desde seu primeiro dia de funcionamento e posso afirmar com propriedade que toda a equipe que atua na campanha vacinação trabalha com uma garra, empenho e alegria impressionantes.

No começo da campanha, devido à urgência de imunizar o máximo de pessoas o quanto antes, a vacinação acontecia de domingo a domingo até 22h, no primeiro polo de vacinação, montado no Centro de Eventos do Pantanal. Com a chegada de quantidades maiores de doses e com maior frequência, a Prefeitura de Cuiabá, por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, expandiu a campanha para novos polos em diferentes regiões da cidade.

Leia Também:  Boletim médico divulgado esta tarde indica que motorista do ônibus que se envolveu em acidente nesta terça na BR 163 MT está em coma induzido

No segundo semestre, depois que mais da metade da população já havia recebido pelo menos uma dose da vacina, a campanha passou para uma nova fase, com o fechamento de alguns polos de vacinação e o começo da aplicação das vacinas em várias unidades básicas de saúde, espalhadas por toda a cidade, ação que facilitou o acesso da população às vacinas.

Quando acreditávamos que a campanha estava perto de acabar, vieram as novidades: vacinação de adolescentes, aplicação da dose de reforço e mais recentemente, vacinação das crianças. Apesar do nítido cansaço das equipes que atuam na campanha, ninguém desanima. Neste momento em que o número de pessoas contaminadas pela Covid-19 voltou a subir vertiginosamente, a constatação de que a vacina está realmente cumprindo o seu papel, que é o de evitar o agravamento dos casos e as mortes, deu um ânimo a mais para que a campanha de vacinação continue a todo vapor.

É um privilégio ter a oportunidade de trabalhar com uma equipe tão comprometida quanto esta da campanha de vacinação. Desde o pessoal que faz a limpeza, que cuida da portaria, do registro, da aplicação da vacina, do call center, até a coordenação da campanha, todos dão o seu melhor para que a imunização seja um sucesso.

Não poderia deixar de destacar a atuação de uma pessoa em especial, a coordenadora geral da campanha de imunização, Valéria de Oliveira. Muito antes da vacinação começar, ela já estava com sua equipe da Vigilância Epidemiológica e do Planejamento da Secretaria Municipal de Saúde traçando todo o fluxo para o funcionamento da campanha. E mesmo depois de ter passado por uma tragédia pessoal, com a perda de seu marido para a Covid-19 em junho de 2021, ela continuou à frente da campanha, coordenando com pulso firme e muita responsabilidade. Após o período inicial do luto, Valéria retornou à campanha e mesmo com todas as atribulações, que não foram poucas, ela não esmoreceu e continuou à frente da imunização. Para ela essa campanha é uma missão, que tem o objetivo de salvar vidas e ela não pretende abandonar esse propósito até concluí-lo.

Leia Também:  Calçadas do entorno do Morro da Luz e da Ilha da Banana passam por processo de reconstrução

Para realizar este trabalho, Valéria teve ao seu lado, desde o começo, a gerente da Vigilância Epidemiológica, Flavia Guimarães. Flávia é uma profissional brilhante, com um extenso conhecimento técnico e também extremamente comprometida. Além de Flávia, várias outras profissionais são imprescindíveis para o sucesso da campanha, como por exemplo a Vera Lúcia Ferreira, coordenadora de acolhimento e registro, que tem sido uma guerreira, atendendo com toda a paciência do mundo as pessoas que chegam ao polo de vacinação mais exaltadas.

Sabemos que a campanha está longe de acabar, mas hoje já podemos respirar aliviados. Com o avanço da vacinação, cada vez menos pessoas têm a forma grave da doença e morrem de Covid-19 e esse panorama é resultado direto da imunização da população. Neste aniversário de 1 ano do começo da campanha, todos nós só temos a agradecer por estarmos vivos, imunizados e com saúde, para continuarmos firmes nesta missão.

Não deixem de se vacinar. Vacinas salvam vidas!

LUCAS DO RIO VERDE

Lideranças do médio-norte cobram soluções para a BR-163

Publicados

em

Com objetivo de cobrar agilidade no processo da devolução da concessão da BR-163, o prefeito de Lucas do Rio Verde, Miguel Vaz, acompanhado dos prefeitos Roberto Dorner (Sinop) e Leandro Felix (Nova Mutum), além do senador Wellington Fagundes, esteve em Brasília (DF), nesta quarta-feira (18), para uma reunião com o secretário nacional de Transporte Terrestre, Felipe Queiroz.
 
Durante o encontro, a comitiva do médio-norte reiterou o pedido para que as obras na rodovia sejam retomadas, utilizando parte do valor do pedágio nas ações de manutenção e na construção de travessias nas quatro cidades cortadas pela rodovia.
 
De acordo com o secretário nacional, a solicitação será encaminhada ao ministro, que avaliará e tomará uma decisão.
 
“Também estivemos na Secretaria de Governo, onde solicitamos ao secretário especial de Assuntos Federativos, Flavio Giussani, uma audiência com o presidente Jair Bolsonaro. O nosso objetivo é sensibilizar o presidente, mostrando o potencial econômico da nossa região e o número de mortes que ocorre diariamente, devido à falta de infraestrutura da rodovia”, destacou o prefeito Miguel.
 
Ainda durante a viagem, os gestores estiveram com o presidente do Instituto Sociocultural Brasil China, Thomas Low, em busca de investimentos internacionais para a região, e com o secretário nacional do Turismo, Bob Santos, em busca de recursos para a revitalização de pontos turísticos.

Leia Também:  Incênido no Hospital São Benedito em Cuiabá assustou pacientes mas a direção do Hospital garante que foram feitas reformas pós pandemia

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA