Momento Cidades

Comissão de Educação aprova 11 projetos de lei

Publicados

em


.

A Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura e Desporto da Assembleia Legislativa de Mato Grosso aprovou pareceres favoráveis a 11 projetos de lei durante reunião ordinária realizada nesta terça-feira (8).

Entre as propostas, está o PL 651/2020, de autoria do deputado estadual Thiago Silva (MDB), que dispõe sobre criação do Programa de Apoio à Educação Básica (PAEB), concedendo isenção de ICMS nas operações de entrada e saída de computadores e criação de linha de crédito para aquisição de computadores, em virtude da situação de calamidade pública oficialmente decretada em decorrência do novo coronavírus (Covid-19) e dá outras providências.

Conforme texto do projeto, a isenção de ICMS poderá ser concedida nas operações de entrada e saída interna de computadores e acessórios diretos de utilização, tais como mouses, teclados e monitores, sendo enquadrada como benefício eventual. Já a concessão de linha de crédito poderá ser autorizada para aquisição de computadores para estudantes e docentes da rede pública de ensino básico, com taxa de juro zero, enquanto durarem os efeitos da pandemia.

No rol de projetos aprovados consta ainda o PL 575/2020, apresentado pelo presidente da comissão, deputado estadual Valdir Barranco (PT), que cria o programa Portal do Conhecimento para a publicação de conteúdos curriculares elaborados por professores e professoras da rede pública estadual de ensino. O PL 580/2020, de autoria do deputado Dr. João (MDB), por sua vez, garante a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade a prioridade de vagas nas escolas de tempo integral da rede pública de ensino do estado de Mato Grosso.

Volta às aulas – Os deputados estaduais Dr. João (MDB), Wilson Santos (PSDB) e Sebastião Rezende (PSC) parabenizaram Valdir Barranco (PT) pelos trabalhos realizados frente à comissão especial que analisou a possibilidade de retomada das atividades escolares no sistema estadual de educação. Na última quinta-feira (3), a comissão apresentou o seu relatório final, contendo cinco proposições para orientar a volta às aulas – sendo três projetos de lei e dois projetos de resolução -, que tramitarão em regime de urgência.

“Quero dar os parabéns ao deputado Barranco pelo brilhante trabalho que realizou em relação ao relatório da comissão especial. Conseguiu agregar todas as entidades relacionadas ao ensino do estado de Mato Grosso. Foi uma coisa maravilhosa e o relatório final, fantástico. Foi um trabalho árduo, que muitos falavam que não ia dar em nada e deu muita coisa, porque pessoas importantes na educação de Mato Grosso estavam trabalhando nesse projeto”, declarou o deputado Dr. João.

“Também quero parabenizar o deputado Valdir Barranco pelo comando dessa comissão especial, que tratou do retorno às aulas com segurança jurídica e sanitária. Foi um trabalho de fôlego. Não acredito que algum outro Parlamento tenha feito um trabalho com tamanha profundidade como esse”, acrescentou Wilson Santos.

Valdir Barranco agradeceu aos colegas e afirmou que a comissão foi muito importante, pois “elevou a Assembleia Legislativa de Mato Grosso a uma posição de protagonista durante uma discussão muito importante”. “Fui apenas uma pequena peça dessa engrenagem, que funcionou muito bem graças ao trabalho coletivo de todos”, frisou.

Currículo escolar – O deputado estadual Dr. João destacou a importância da Academia Mato-Grossense de Letras, afirmando que a instituição “talvez seja a maior referência cultural de um povo em nível de cidade, estado e país”. Em seguida, defendeu que sejam ministradas aulas de história e geografia de Mato Grosso a estudantes de escolas públicas e privadas do estado.

Projetos de lei – Foram aprovados pareceres favoráveis aos projetos de lei nº 651/2020, 575/2020, 580/2020, 1089/2019, 11/2020, 79/2020, 596/2020, 598/2020, 609/2020, 631/2020 e 667/2020. Os PLs 682/19 e 439/2020 foram retirados da pauta a pedido do autor.

Fonte: AMM

Leia Também:  Criança Feliz: parlamentares e representantes da CNM ressaltam importância do programa
Propaganda

Momento Cidades

Deputados que foram ao Pantanal pedem recursos para combater incêndios

Publicados

em


.

Deputados que participaram de missão oficial da Câmara ao Pantanal apresentaram nesta terça-feira (22), no Plenário, relatos sobre a situação das queimadas e da seca no estado. Eles ainda criticaram o discurso do presidente Jair Bolsonaro, na Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), por ter culpado povos indígenas pelas queimadas e pelo desmatamento no Pantanal e na Amazônia.

A deputada Professora Rosa Neide (PT-MT) disse que nunca viu uma seca tão grande e uma situação tão grave no Pantanal. Ela relatou que apenas 172 pessoas estão oficialmente combatendo os incêndios, entre bombeiros e voluntários. “Eles não dão conta de apagar o fogo no Pantanal. Precisamos de mais recursos”, alertou.

Os deputados e senadores que participaram da missão conversaram com fazendeiros, povos originários do Pantanal, quilombolas e donos de pousada. “Como mato-grossense estou indignada com o presidente Bolsonaro. O povo do Pantanal está na defesa do Pantanal. Se alguém colocou fogo, não foram os caboclos e índios”, completou.

A deputada Joenia Wapichana (Rede-RR), que é indígena, acusou o presidente de irresponsável e leviano por culpar os povos indígenas pelos incêndios. “Dados científicos do Inpe e outras instituições mostram que as áreas indígenas são as mais protegidas. As queimadas ocorrem em áreas invadidas e griladas. Os indígenas conservam a biodiversidade e a natureza pelos meios tradicionais de gestão ambiental.”

Também presente na missão oficial, o deputado Nilto Tatto (PT-SP) propôs a aprovação de projeto com medidas econômicas para promover o desenvolvimento sustentável e garantir a preservação na Amazônia e no Pantanal. Ele defendeu o impeachment de Bolsonaro. “Não dá para salvar a Amazônia e o Pantanal com este governo.”

Fonte: AMM

Leia Também:  Retenção do FPM: CNM orienta gestores municipais sobre como fazer desbloqueio
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA