Momento Cidades

Eleitos tomam posse no Conselho Previdenciário do PREVIVAG

Publicados

em


O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, e o presidente do Instituto de Previdência de Várzea Grande – PREVIVAG, Juarez Toledo Pizza, empossou nesta segunda-feira, (10) em sessão solene, os novos conselheiros do Conselho Previdenciário do PREVIVAG. O Conselho Previdenciário tem a função de fiscalizar e representar os segurados,  com competências e atribuições previstas pela Lei 4.649/2020.  O Conselho é composto por representantes dos Poderes Executivo, Legislativo e reúne segmentos de servidores ativos e inativos do Município.

“A escolha ocorreu de forma democrática, por meio da eleição. Parabéns aos envolvidos, pois o processo eleitoral aconteceu de forma limpa e transparente, os novos conselheiros cuidarão das contas previdenciárias, que se encontram saudáveis financeiramente. Que vocês cuidem do patrimônio dos colegas ativos e inativos e zelem pela vida previdenciária do servidor público municipal”, enfatizou o prefeito Kalil Baracat.

O presidente do PREVIVAG agradeceu o desempenho e profissionalismo dos candidatos e felicitou os recém-eleitos. Disse aos empossados que a primeira reunião está prevista para quarta (14), com objetivo de desenvolver as pautas de trabalhos. “Agradecemos o profissionalismo dos novos conselheiros. O nosso trabalho já está em andamento e, hoje, começa uma nova fase, no qual pretendemos que o PREVIVAG se fortaleça cada vez mais com trabalho transparente conforme proposta do governo Kalil Baracat”, disse ele, complementando que “o Conselho Previdenciário tem a prerrogativa de fiscalizar, acompanhar e deliberar sobre questões atinentes à Previdência. A composição do conselho propicia a efetiva participação dos servidores na política municipal previdenciária. Desejamos que a nova composição realize serviço público relevante, pois estamos garantindo ao servidor o direito constitucional de se aposentar e viver de forma digna a terceira idade”.

Leia Também:  Prefeitura de Várzea Grande e Bombeiros Militar reforçam parceria no combate às queimadas urbanas

A vereadora e representante do Poder Legislativo, Gisa Barros, disse que é uma honra fazer parte deste novo conselho. “Nossa missão é zelar pela conta saudável do órgão e vamos nos empenhar a servir com zelo o patrimônio dos servidores, que é a aposentadoria”.

O conselheiro empossado, Juscelino Dias de Moura, ressaltou a importância da posse dos conselheiros que ocorreu com a participação dos eleitos.  “Espero que possamos trabalhar incansavelmente com a finalidade de garantir benefícios previdenciários aos nossos servidores, sempre com humanização, ética e responsabilidade, primando por uma gestão de excelência e transparência em nossos atos”, salientou.

Conselho Previdenciário possui em sua composição  10 conselheiros, sendo oito ativos e dois suplentes. Representando servidores ativos, foram empossados – Juscelino Dias Moura; Maristela de Moraes e Josimary Donata da Silva: Já representando o Poder Executivo – Luiz Marcel Leon e Carlos Alberto Silva: Representam a Câmara de Vereadores – Gisela Aparecida de Barros e Rogério França. No segmento servidor inativo faz parte Gonçalina Josefa de Oliveira. Integra também o Conselho, os suplentes Leonard Nicollas de Oliveira e Maria Rosaine Toledo Rosa, sendo ativo e inativo respectivamente.  

Leia Também:  Lei Aldir Blanc: novo comunicado orienta municípios sobre saldos remanescentes nas contas

 Com membros empossados para o biênio 2021/2023, o Conselho será presidido por um presidente, titular dos Servidores Públicos Ativos.  

Propaganda

Momento Cidades

TRE abre processo para decidir sobre plebiscito para escolher modal de transporte e Emanuel reforça que “a voz do povo é soberana”

Publicados

em


Assessoria

Clique para ampliar

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) instaurou um processo para analisar o pedido de plebiscito sobre a escolha entre o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e o Ônibus de Trânsito Rápido (BRT). O anúncio foi feito na noite desta sexta-feira (18)  pelo presidente do Tribunal, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, em atendimento histórica votação, da Câmara Municipal de Cuiabá  que aprovou, em regime de urgência, no dia 25 de maio, a convocação de plebiscito para  a consulta pública sobre  a definição do  modal de transporte público deve ser implantado na Capital, o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) ou BRT (Ônibus de Trânsito Rápido). Foram 17 votos favoráveis.

Na última segunda-feira (14) o prefeito, o deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (Emanuelzinho) e o presidente da Câmara Municipal, vereador Juca do Guaraná se reuniram por videoconferência com o presidente do TRE para defender a realização do plebiscito, por considerar ser um ato democrático, uma vez que a população será consultada sobre algo que impactará diretamente no seu dia a dia.

Leia Também:  Com mais de 54 audiências públicas realizadas, Prefeitura segue com atualização do Plano Diretor Municipal

Conforme informações do TRE, no primeiro momento o processo tramitará internamente no Tribunal para a instrução necessária e ao final, será submetido ao Plenário, a quem incumbe aprovar, se for o caso, as instruções complementares para a realização de consulta popular e seu respectivo calendário.

Para Pinheiro, o plebiscito é uma forma de legitimar a participação popular nesta decisão entre VLT ou BRT. “Como todos sabem, sou favorável à implantação do VLT, mas a população é soberana, e é ela quem deve decidir o que é melhor para ela. Estou muito feliz, pois o presidente do TRE, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha nos ouviu e entendeu a importância da nossa demanda”, concluiu o prefeito. Ele asseverou ainda que a decisão da Câmara reforça a defesa pela democracia. “Quem tem o direito de ouvir o que é melhor para ela é a população. A legitimidade é do povo. A voz do povo é soberana”, declarou.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA