Momento Cidades

Emanuel lança obra de saneamento que vai beneficiar 77 bairros e despoluir o córrego Mãe Bonifácia

Publicados

em


Luiz Alves

Clique para ampliar

Mais saúde para as famílias, mais vida para os rios. Em Cuiabá, a ampliação dos serviços de esgotamento sanitário e seus importantes efeitos socioambientais são uma realidade. O município, que conta hoje com 67% de cobertura de esgoto, saltará para 78% com a entrada em operação do Sistema de Esgotamento Sanitário Lipa. As obras foram lançadas nesta terça-feira (08) pelo Prefeito Emanuel Pinheiro, no local onde será construída a mais nova Estação de Tratamento de Esgoto do Estado.

O SES Lipa beneficiará, diretamente, 126 mil pessoas em 77 bairros e é resultado do investimento de R$ 200 milhões. Situada na Avenida José Rodrigues do Prado, no Parque Residencial Tropical Ville, a ETE Lipa já está em construção. O trabalho é realizado pela concessionária Águas Cuiabá e tem previsão de estar concluído no segundo semestre deste ano.

A unidade operacional fará uso de tecnologia de ponta, que reduz a carga de resíduos orgânicos cinco vezes mais rápido que o modelo convencional. Com sua entrada em operação, até 7 toneladas de esgoto deixarão, progressivamente, de ser lançadas, por dia, na natureza – especialmente no Rio Cuiabá e em córregos da cidade.

“Em nossa gestão, o córrego Mãe Bonifácia vai ser despoluído. Nossa Cuiabá tem vivido melhorias históricas na prestação dos serviços de água e esgoto, e é neste ritmo que seguiremos. Vamos cumprir as metas nacionais nove anos antes do limite estabelecido no Marco Regulatório brasileiro. Somente uma cidade consciente e responsável consegue um feito deste porte”, comentou o prefeito Emanuel Pinheiro.

Leia Também:  Lei Aldir Blanc: novo comunicado orienta municípios sobre saldos remanescentes nas contas

Durante o lançamento das obras, gestores da empresa explicaram a dinâmica da implantação das redes de coleta. “Até o fim deste ano estaremos com grande número de equipes atuando na instalação das tubulações em diversos bairros da cidade, que vão desde o Jardim Araçá até o Novo Paraíso. Durante as obras, ruas e avenidas poderão ser interditadas, parcial ou totalmente, nos horários liberados pela Secretaria de Mobilidade (Semob)”, disse William Figueiredo, diretor geral da Águas Cuiabá.

Novo sistema em números – O SES Lipa será formado por 265 quilômetros de tubulações coletoras de esgoto, três elevatórias (estruturas nas quais o material coletado é bombeado até seu penúltimo destino – a unidade de purificação) e uma estação de tratamento com capacidade operacional plena de 260 litros por segundo. Cerca de 400 trabalhadores atuarão nas obras.

Saneamento cuiabano – Na dianteira nacional dos investimentos, a capital mato-grossense recebeu, de 2017 até agora, R$ 571 milhões na ampliação e melhoria dos sistemas de água e esgoto. No que se refere ao esgotamento sanitário, até o momento já foram instalados 160 quilômetros de coletores em 123 bairros. As duas principais estações de tratamento de esgoto em operação na cidade, Tijucal e Dom Aquino, foram reconstruídas e modernizadas. 14 pequenas estações de tratamento de esgoto, antigas e já ineficientes, foram desativadas. Para garantir a qualidade dos efluentes tratados, a concessionária instalou dois novos laboratórios de análises, sendo um na ETE Tijucal e outro, na D. Aquino.

Leia Também:  Juizado do Torcedor libera Estádio do Dutrinha para jogos sem torcida

“Hoje, o esgoto tratado é devolvido aos nossos rios dentro dos parâmetros estabelecidos pela ANA (Agência Nacional de Águas). A expansão do saneamento é importante para que nossa cidade cresça e se desenvolva de forma sustentável. Nossas famílias merecem qualidade de vida hoje e no futuro”, finalizou Pinheiro enfatizando que o saneamento básico de qualidade continuará na pauta prioritária da capital mato-grossense.

O evento de lançamento das obras, realizado ao ar livre e seguindo as normas de biossegurança, contou com a presença do vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, José Roberto Stopa, do presidente da Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), Alexandro de Oliveira, e do vereador por Cuiabá, Mário Nadaf.

**Com informações da assessoria Águas Cuiabá 

Propaganda

Momento Cidades

Prefeito Kalil e senador Jayme se reúnem com ministro da Saúde, Marcelo Queiroga

Publicados

em


O prefeito Kalil Baracat e o senador Jayme Campos (DEM-MT) se reuniram na tarde desta quarta-feira (16.06) com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para apresentar as principais demandas de Mato Grosso na área da saúde pública. O ministro reafirmou a disposição do governo federal em enviar doses extras da vacina contra a Covid-19 ao Estado e antecipou a implantação da Tele-UTI no Hospital e Pronto Socorro de Várzea Grande em parceria com o Hospital das Clínicas de São Paulo.

“Demandei ao Programa Nacional de Imunização um aporte maior de vacinas para os estados que têm grandes fronteiras secas como é o caso de Mato Grosso. As justificativas técnicas já foram feitas e esperamos que esse pleito seja atendido”, explicou o ministro.

Para Jayme Campos, o envio de doses extras ao Estado é justo. “O ministro já manifestou a possibilidade desse pedido ser atendido porque é uma demanda justa. Nós teremos uma oportunidade ímpar de receber nesses próximos dias em território várzea-grandense o ministro Queiroga, que vai anunciar tudo aquilo que for possível atender ao estado e especialmente a Cuiabá e Várzea Grande”, disse.

Leia Também:  Juizado do Torcedor libera Estádio do Dutrinha para jogos sem torcida

Segundo Queiroga, ele e sua equipe irão a Mato Grosso nos próximos dias e, em Várzea Grande, será anunciada a implantação da Tele-UTI no hospital da cidade. O programa prevê o acompanhamento, por médicos do Hospital das Clínicas de São Paulo, de casos de pacientes internados no hospital.

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB-MT) agradeceu o empenho do senador e do ministro para atender às demandas da cidade. “A nossa busca aqui é levar vacinas e agradecer a implantação da tele-medicina no nosso hospital municipal, que vai fazer de Várzea Grande um dos polos dentro do Brasil nesse sentido”, disse.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA