Momento Cidades

Fanfarra do Siminina se apresenta pela primeira vez no desfile de 7 de setembro

Publicados

em

As meninas que participam da Fanfarra do Programa Siminina se apresentaram pela primeira vez no desfile de 7 de setembro, na Avenida Getúlio Vargas, na manhã do último sábado (07).

Com um grupo formado de 300 meninas, como forma de celebração do Tricentenário da Capital, as simininas se apresentaram uniformizadas, com equipamentos novos, cuidadosamente preparados na cor rosa, sendo essa a marca de mais um projeto social que tem como madrinha, a primeira-dama Márcia Pinheiro.

Foram meses de muito trabalho, comprometimento e dedicação que foram recompensados com o aplauso do público. “É mais um sonho que está sendo realizado. Poder apresentar para o Poder Público e para toda sociedade, que a Prefeitura de Cuiabá tem um trabalho voltado para meninas carentes, que além de auxiliar nos estudos, ensina a serem mulheres responsáveis e com boa personalidade. Não tem como descrever esse momento. Elas doaram o que tem de melhor, para fazer o que sabem fazer”, disse a coordenadora do Programa Siminina, Dalma Beatriz.

Leia Também:  Mato Grosso registra 244.610 casos e 5.694 óbitos

Os grupos participantes fazem parte do projeto nas unidades do Programa dos bairros 1º de março, Três Barras, Drº Fábio e Jardim Renascer.

Valéria da Cruz, mãe de uma Siminina, da turma do Três Barras comentou que num primeiro momento parecia estar vivendo um sonho. “A minha filha tem apenas um mês que está participando das atividades do programa. Apesar do pouco tempo, já é visível a mudança não só no comportamento como nas atividades nas escolas”, afirmou.

Sara Luiza, 08 anos, contou que a emoção tomou conta no momento do desfile, mas mesmo assim conseguiu tocar o instrumento com perfeição. “Estou muito, muito, muito feliz. Obrigada Tia Márcia e Tia Dalma, pela rica oportunidade”, completou.

“A primeira-dama não mediu esforços, para investir e dar todo suporte para que elas pudessem participar do desfile. Somos muito gratas a esse empenho”, concluiu Dalma.

SIMININA – O programa Siminina foi criado em 14 de julho de 2018, presente atualmente em 16 unidades na região central como também na zona rural, com atividades no distrito da Guia e Sucuri. São realizadas atividades recreativas e culturais, além de contribuir para a melhoria do rendimento escolar e acima de tudo, proporcionar o fortalecimento de vínculo e família. 
O programa na gestão Emanuel Pinheiro tem recebido outra roupagem, com a assinatura da primeira-dama onde cursos, atividades e aulas extracurriculares são promovidos como, por exemplo: judô, plantio de hortaliças, informática, fanfarra, artesanato, ballet, entre outros.

Leia Também:  APDM e CRC lançam a campanha de arrecadação ao FIA e Fundo do Idoso 2021

“O Siminina é o maior exemplo de que o público-privado é a chave para o sucesso de algumas políticas públicas, sobretudo na área social. Desde o início da gestão, temos buscado empresas e instituições que acreditam nesse importante projeto que resgata mais de mil meninas para inúmeras atividades, que é o principal objetivo nosso, envolvê-las em ensino-aprendizagem, no contra turno escolar”, elencou Márcia Pinheiro.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Momento Cidades

APDM e CRC lançam a campanha de arrecadação ao FIA e Fundo do Idoso 2021

Publicados

em


Aconteceu nesta terça (23/02), em formato virtual, o lançamento da “Campanha de Destinação ao FIA e Fundo do Idoso” com a orientação do auditor da Receita Federal, Yuiti Shimada e que teve por objetivo incentivar a arrecadação através do Imposto de Renda aos Fundos da Infância e do Adolescente e também do Idoso.

A iniciativa é uma parceria  do CRC  através do Presidente, o Contador Paulo Cesar Santos Ruhling, e da APDM, com a presidente , Scheila Pedroso que na sua fala agradeceu aos participantes e destacou a importância desta ação já que os Fundos da Infância e Adolescência (FIA) são fundos públicos que ajudam financiar projetos na atuação e na garantia da promoção, proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente, e da mesma forma, os Fundos do Idoso que visam a garantia de direitos da pessoa idosa, conforme determina o Estatuto do Idoso, e são gerenciados pelos conselhos de direitos do idoso de cada estado ou município, ou pelo nacional.

O evento foi transmitido via Youtube e durante a “LIVE” o Auditor da Receita Federal Contador Shimada explicou o passo a passo para que qualquer pessoa possa fazer a doação de parte do imposto de renda aos Fundos e esclareceu aos quase 800 participantes o quanto os municípios ganham nessa arrecadação trazendo inúmeros benefícios para muitos que dependem de ajuda.

Para a presidente da APDM Scheila Pedroso, que também é primeira dama e gestora de Sinop ações como esta de forma virtual, em tempos tão difíceis de pandemia, são fundamentais para que se consiga falar com todas as pessoas do Estado e reforça que Mato Grosso tem um potencial de arrecadar quase 70 milhões nas doações dos 3%, conforme fonte da Confederação Nacional dos Municípios, e que arrecadou ano passado pouco mais de 2,7 milhões, muito pouco em relação ao total.

Estiveram prestigiando a LIVE Walter Arruda – Presidente da Federação de Bairros do Estado de Mato Grosso – FEMAB, Ivan Echeveria – Presidente Associação Matogrossense Ciencias Contabeis – AMACI, Francisco Delmondes Bentinho – Presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, Contadora Waldna Fraga – Assessora Especial da Presidência representando Presidente da Associação Matogrossense dos Municípios AMM/MT Neurilan Fraga, Zilda Zompero – Presidente da Associação de Mulheres de Negócio de Cuiabá – MT – BPW, Dra Aline  Cristina Maehller – Vice Presidente da Comissão da Infância e Juventude da OAB-MT, Dr Isandir Rezende – Presidente da Comissão dos Direito dos Idosos da OAB – MT e o coordenador nacional do PVCC, Elias Dib Caddah Neto.

Entre os participantes ficou o pedido especial aos profissionais de contabilidade que quando fizerem o imposto de renda do seu cliente, com “imposto a pagar ou a restituir” que o oriente a destinar para esta ação social tão importante em todos os municípios.

Fonte: AMM

Leia Também:  Movimento Municipalista acompanha a tramitação de projetos importantes para os municípios
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA