Momento Cidades

Governo entrega máquinas e equipamentos para manutenção de rodovias a prefeituras, consórcios e associações

Publicados

em


O governador Mauro Mendes realiza nesta quarta-feira (16.06), às 8h30, no estacionamento do Ginásio Aecim Tocantins, na Arena Pantanal, em Cuiabá, a entrega de 74 máquinas e equipamentos rodoviários a 22 instituições, entre prefeituras, consórcios intermunicipais e associações, para que sejam utilizados na conservação de rodovias não-pavimentadas em todas as regiões de Mato Grosso.

Mauro Mendes atenderá a imprensa em entrevista coletiva antes da solenidade, que contará com a participação de deputados, prefeitos e secretários de Estado, entre eles, o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, além de outras autoridades.

Esses equipamentos fazem parte do primeiro lote de máquinas que serão repassadas pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra). No total, o Estado adquiriu 175 máquinas e equipamentos, com investimento da ordem de R$ 96,5 milhões oriundo do Mais MT, maior programa de obras e ações da história de Mato Grosso

Neste primeiro lote, serão entregues 74 máquinas, sendo 46 motoniveladoras, 14 pás-carregadeiras e 14 escavadeiras hidráulicas, para 10 prefeituras, 10 consórcios e duas associações conveniadas com a Sinfra. Foram investidos R$ 42,2 milhões nessa aquisição.

Leia Também:  Polícia encerra show de Israel Novaes com multidão em Sinop

A expectativa é de que, com a entrega dos equipamentos neste período de seca, eles possam ser utilizados também no período chuvoso deste ano para assegurar a melhoria da malha não-pavimentada em uma extensão de aproximadamente 16 mil quilômetros, abrangidos pela atuação das prefeituras, consórcios e associações.

Receberão os equipamentos as prefeituras de Colniza, Chapada dos Guimarães, Guiratinga, Nova Maringá, Nova Ubiratã, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Rondolândia, Rosário Oeste e Santo Antônio do Leverger, municípios beneficiados em razão da grande extensão de rodovias não-pavimentadas existentes dentro dos seus limites territoriais.

Também serão beneficiados os seguintes consórcios: Consórcio Intermunicipal Vale do Guaporé, Consórcio Intermunicipal Complexo Nascentes do Pantanal, Consórcio Intermunicipal Norte Araguaia (Cidesa NA), Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental Araguaia (Cidesa), Consórcio de Desenvolvimento Socioeconômico e Ambiental do Vale do Juruena, Consórcio de Desenvolvimento Econômico e Social do Vale do Teles Pires, Consórcio Intermunicipal Portal do Araguaia (CidesaPA), Consórcio Intermunicipal Médio Araguaia (Codema), Consórcio Intermunicipal Vale do Arinos e Consórcio Intermunicipal Portal da Amazônia.

Leia Também:  População em situação de rua da região do Porto é vacinada contra a Covid-19; a vacinação da população em situação de rua está prevista no Plano Nacional de Imunização (PNI)

Já as duas associações que receberão as máquinas são a Associação dos Produtores do Vale do Rio Roosevelt (Aprovale) e Associação Santa Emília (AESE). Todos os representantes das instituições e entidades beneficiadas com as máquinas e equipamentos rodoviários estarão presentes na solenidade. Confira aqui quantas e quais máquinas e equipamentos serão repassados para cada instituição.

Serviço

Assunto: Governo de MT entrega 74 máquinas e equipamentos rodoviários a prefeituras, consórcios intermunicipais e associações

Data e hora: quarta-feira (16.06), às 8h30

Local: Estacionamento do Ginásio Aecim Tocantins, na Arena Pantanal

Observação: O governador Mauro Mendes concederá entrevista coletiva logo na chegada, antes da solenidade de entrega

Fonte: GOV MT

LUCAS DO RIO VERDE

PSFs de Lucas do Rio Verde orientam os moradores sobre obesidade em crianças e adultos

Publicados

em

(Foto: Ascom Prefeitura/Rayan Nicácio)

A prevenção e tratamento da obesidade foram temas de palestra ministrada pela Secretaria de Saúde de Lucas do Rio Verde, por meio do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB), no PSF XIII, no Parque das Américas, na manhã desta terça-feira (27).

Segundo dados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS/2019), do Ministério da Saúde, atualmente, no Brasil, cerca de 60,3% dos adultos apresentam excesso de peso, o que equivale a 96 milhões de brasileiros. Sendo a maioria constituída por mulheres (62,6%). 

Além disso, o problema também já se alastrou entre crianças e jovens, principalmente devido à mudança de rotina e de hábitos ocasionada pela pandemia.

A nutricionista do NASF, Letícia Bassani, esclarece que tratar a obesidade não é só uma questão estética, mas sim de saúde geral que deve ser acompanhada sempre por um profissional.

“Hoje, muitas doenças crônicas estão relacionadas com a obesidade: diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares, por exemplo. E tudo isso é reflexo de uma alimentação inadequada, então a gente procura sempre trabalhar a reeducação alimentar com as pessoas e mostrar pra elas que não é fazendo mudanças ou restrições radicais que elas chegam aos seus objetivos. Mas sim, agregando valor a esta decisão de se cuidar, praticando alguma atividade física, realizando consultas e acompanhamento com profissionais das mais diversas especialidades e sempre tendo em mente que isso é um ato de amor-próprio”, explicou.

A nutricionista ainda reforça que a cada encontro é visível o empenho e empolgação nos pacientes, porque eles percebem que a reeducação alimentar é algo possível, e compartilham ideias, experiências, tornando o processo muito mais leve. 

A psicóloga do NASF, Mayllara Jucoski, que também acompanhou o encontro, explica que “a Psicologia trata o ser humano como uma tríade: pensamento-sentimento-comportamento, onde uma base não existe sem a outra. Por isso, trabalhamos bastante o emocional dos pacientes, durante a fase de reeducação alimentar, em que é mais provável ter pensamentos disfuncionais, ou seja, aqueles que não colaboram para chegar aos seus objetivos. Alertamos eles sobre pensamentos autossabotadores, comodismo e damos todo o suporte necessário para a autoaceitação. Assim, aos poucos, quebramos crenças negativas destas pessoas, ajudando elas a se enxergarem com mais carinho e paciência. Isso ajuda muito em qualquer processo. Buscar uma arte terapia, a leitura, dança ou qualquer outra atividade que promove prazer nas pessoas também é bem-vindo”. 

Além dos encontros semanais, promovidos pela rede de saúde básica do Município, os PSFs também realizam caminhadas duas a três vezes por semana. Os interessados em fazer parte dos grupos de palestras contra a obesidade devem procurar o PSF de seu bairro para se informar e poder fazer parte. 

 

Leia Também:  Secretaria da Mulher realiza evento em alusão ao ‘Dia da Mulher Negra’
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA