LUCAS DO RIO VERDE

Começou a vacinação infantil contra a Covid em Lucas do Rio Verde

Publicados

em


A vacinação contra a Covid em crianças de 5 a 11 anos começou em Lucas do Rio Verde na manhã desta quinta-feira (20). Miguel, de 9 anos, foi um dos primeiros a tomar a dose infantil do imunizante da Pfizer na capital do agronegócio. 

“Eu estou feliz. Não doeu”, disse Miguel, portador de hidrocefalia, logo após receber a dose da vacina no PSF VII Jardim Primaveras.

A mãe do menino, dona de casa Cláudia Dias, comemorou o início da vacinação pediátrica. “É só alegria daqui pra frente. Estou muito feliz mesmo”.

Conforme o esquema de vacinação da semana, hoje (20) e amanhã (21), a aplicação das doses pediátricas está sendo feita nos PSFs VII Jardim Primaveras e XIII Parque das Américas, por agendamento no site da prefeitura. Nestas duas unidades, as salas de vacina estão exclusivas para atendimento do imunizante infantil.

A previsão, conforme expectativa da Saúde, é vacinar 7.638 crianças de 5 a 11 anos em Lucas do Rio Verde. Para a primeira remessa, o município recebeu 460 doses. Nesta quinta-feira, 24 crianças luverdenses foram vacinadas.

Leia Também:  Obra da escola do Parque das Emas segue em ritmo acelerado

Meninas e meninos serão imunizados em ordem de idade decrescente, dos mais velhos para os mais novos. Para a vacinação, as crianças devem estar acompanhadas dos pais ou responsáveis e ter em mãos os documentos obrigatórios: cartão de vacinas, certidão de nascimento, RG, CPF e laudo médico comprovando a deficiência ou patologia.

“A vacina possui dosagem e composição específicas. Além disso, os frascos têm a tampa da cor laranja para diferenciar das doses já usadas em outras faixas etárias”, explicou a coordenadora municipal da Vigilância em Saúde, enfermeira Cláudia Engelmann.

O Ministério da Saúde orienta que haja nas crianças uma observação de 20 minutos, após a aplicação da dose pediátrica, dentro do posto de vacinação. A ideia é dar mais segurança aos pais, por ser um imunizante novo.

Assim como outras vacinas, a dose pediátrica também pode causar algumas reações comuns, como dor no local da aplicação, febre e sensação de mal-estar.

A segunda dose para crianças de 5 a 11 anos deve ser aplicada 2 meses após a primeira.

Leia Também:  Exposição "Cores e Amores" que começa nesta segunda na Prefeitura de Lucas do Rio Verde MT termina no próximo dia 08

A recomendação é que haja um tempo mínimo de 15 dias entre a aplicação da vacina contra a Covid e qualquer outra vacina do calendário infantil.
 

Propaganda

LUCAS DO RIO VERDE

Segunda turma da GCM volta de Cotia-SP após 30 dias de capacitação

Publicados

em

A segunda turma da Guarda Civil Municipal de Lucas do Rio Verde retornou de Cotia (SP) na madrugada deste domingo (03). Em São Paulo, os agentes passaram por treinamento com a GC do município, que é considerada referência para o país. A capacitação durou cerca de 30 dias.

Os guardas receberam treinamento em armamento e tiro, defesa pessoal, escolta VIP, abordagem pessoal, direção defensiva, técnicas de tiro defensivo, Direito (aspectos legais do uso da arma de fogo e legislação aplicada), avaliação teórica, avaliação prática, com diversos instrutores da GC de Cotia, além do comandante Júlio Cesar. 

A iniciativa é uma das etapas do processo de armamento da GCM de Lucas do Rio Verde. “É notória a evolução dos nossos agentes, que vieram com novos conhecimentos e adotaram novos procedimentos. Isso, somado à tecnologia que estamos implantando, fará com que, em um futuro bem breve, tenhamos uma das melhores Guardas do estado e do país”, destacou o secretário de Segurança Pública, Marcos Cunha.

Leia Também:  Campanha de Prevenção ao Trabalho Infantil contou com ações da Prefeitura de Lucas do Rio Verde

“Sabemos que o treinamento com a Guarda Civil Municipal de Cotia é apenas o início. Novos cursos serão realizados. O objetivo é manter a nossa Guarda em constante treinamento para que possamos ofertar serviços de qualidade a nossa população”, disse o prefeito Miguel Vaz, que agradeceu toda a equipe do município paulista envolvida no curso.

A formação foi oferecida por meio de um convênio firmado pelas Secretarias de Segurança dos dois municípios. Em São Paulo, os agentes ainda passaram pela formatura, simbolizando o término do treinamento.

“Agradeço a confiança do prefeito de Lucas do Rio Verde no trabalho da nossa valorosa corporação de segurança. Espero que, com tudo que aprenderam aqui [em Cotia], possam aplicar na proteção da população de Lucas”, disse o prefeito de Cotia, Rogério Franco.

Com informações: Secom/Cotia
 

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI