LUCAS DO RIO VERDE

Gestão Municipal apresenta aos vereadores projeto de terrenos populares

Publicados

em

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde recebeu representantes de famílias luverdenses que necessitam de moradia para dialogar sobre habitação popular por meio de terrenos acessíveis. Os encontros foram realizados no Paço Municipal nos dias 13 e 23 de junho.

Para dar andamento nos projetos habitacionais, a Gestão Municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Planejamento e Cidade, junto à Procuradoria Municipal, criou o Projeto de Lei n° 58/2022, que trata da Zona Especial de Interesse Social (Zeis) para as regiões do Jardim Amazônia e Primaveras, que foi encaminhado à Câmara Municipal.

A área será destinada para implantação de loteamento popular. A proposta é atender famílias com renda inferior a dois salários mínimos. O projeto permite estabelecer medidas especiais para a criação da Zeis específica de lotes populares. A previsão é lançar o projeto até o mês de novembro.

Uma reunião foi realizada, nesta terça-feira (28), com os vereadores para apresentação do projeto. A proposta é, primeiramente, a desafetação de áreas verdes; abertura de vias para acessibilidade ao projeto habitacional; diminuição dos percentuais de lotes urbanos da Lei Municipal de zoneamento do uso e ocupação do solo. As áreas verdes serão compensadas em uma área ao lado do projeto habitacional.

Leia Também:  Premiação do Concurso de Bolos Artísticos marca comemoração do aniversário de Lucas do Rio Verde

Neste projeto, os lotes devem ter tamanho mínimo de 160 m², conforme estabelece a Lei Federal de Parcelamento do Solo Urbano.

Além do projeto de terrenos, a Prefeitura acompanha as obras de terraplanagem para a construção do Condomínio Águas do Cerrado, iniciadas pela construtora na última semana. Nesse residencial serão 1.536 apartamentos, divididos em quatro condomínios, com infraestrutura de lazer e segurança.

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT

Propaganda

LUCAS DO RIO VERDE

Cirurgias de castração estão suspensas temporariamente na UPC

Publicados

em

Com 483 animais castrados até a última semana, a Unidade Permanente de Castração (UPC) de Lucas do Rio Verde está com as cirurgias suspensa pelos próximos dias em razão do falecimento da médica veterinária que atendia na unidade. O fechamento será temporário até a contratação de um novo profissional.

Érica Fernanda de Jesus Fernandes, responsável técnica da unidade de castração, faleceu em um trágico acidente na madrugada desta segunda-feira (08), no km 577 da BR-163, em Sorriso. Com isso, a Prefeitura de Lucas do Rio Verde decretou luto oficial de três dias. lucasdorioverde.mt.gov.br/site/noticias/nota-de-pesar-prefeitura-de-lucas-do-rio-verde-presta-condolencias-a-familiares-e-amigos-da-medica-veterinaria-erica-fernanda-de-jesus-fernandes-10498

Administração Municipal já buscava um novo profissional para ampliar o número de castrações realizadas. Sem a médica e, até a contratação deste novo responsável, a UPC não realizará cirurgias.

“Lamentamos muito a morte da Érica, uma pessoa que se envolveu bastante nesse projeto e atuou na unidade de castração desde o início. Agora o nosso trabalho, até mesmo em homenagem a ela, é seguir firme em busca de um outro médico que vai dar sequência aos trabalhos na UPC”, declarou o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Paulo Nunes.

Leia Também:  Atleta de Lucas do Rio Verde participa das Paralimpíadas Escolares 2022 em Brasília

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI