LUCAS DO RIO VERDE

Gestão Municipal reorganiza e melhora fluxo de atendimento nos PSFs

Publicados

em

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, por meio da Secretaria de Saúde, orienta sobre a reorganização do fluxo de atendimento dos PSFs e outros serviços de saúde a partir da próxima segunda-feira, dia 24 de janeiro. Medidas internas estão sendo adotadas para melhorar os serviços e garantir o suporte aos luverdenses.

Os atendimentos da Atenção Básica serão mantidos nos PSFs, que já adotam os protocolos necessários para fazer o acolhimento dos pacientes, separando os sintomáticos respiratórios dos demais.

Para testagem de Covid, são encaminhados aqueles que tiverem entre 3 a 5 dias de sintomas. Se o resultado do exame for positivo, o paciente é encaminhado ao PAM para avaliação e conduta. Com testagem negativa ou pacientes fora do período hábil de testagem, a avaliação será feita no próprio PSF.

Como forma de organizar o fluxo, a secretaria informa ainda que estão suspensos os grupos de atividades coletivas e as reuniões de equipe nas unidades básicas. Os atendimentos odontológicos se manterão para urgências, puericulturas/teste da linguinha e gestantes. Serão mantidas as consultas de puericultura a primeira, a de 6 meses e a de 1 ano. Os testes rápidos para ISTs serão realizados apenas por solicitação médica e para as gestantes.

Leia Também:  Abertura da 45ª edição dos Jogos Estudantis Cuiabanos é marcado pela premiação nas modalidades individuais

A partir da próxima semana também estarão suspensas nos PSFs as coletas dos exames citopatológicos do colo uterino (preventivos), serviço que deverá ser realizado na segunda quinzena de fevereiro em uma ação da prefeitura em parceria com a Carreta do Instituto de Prevenção do Câncer do Hospital do Amor.

Vacinas
As salas de vacina estarão abertas apenas no período da tarde e de forma que algumas unidades realizarão vacinação contra a Covid-19 e outras apenas rotina vacinal, conforme agenda semanal.

TeleLucas
Para auxiliar com as demandas, o TeleLucas voltará a funcionar apenas para casos com sintomas respiratórios. O atendimento será de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 16h.

O teleatendimento médico via WhatsApp havia sido suspenso em outubro do ano passado com a queda significativa dos casos. Na segunda-feira (24) serão divulgados os números para envio de mensagens.

Com a reativação do serviço, o PSF XVI Bieger Cidade Nova estará fechado, pois comportará a equipe do TeleLucas. A população desta unidade será remanejada para atendimento nas unidades I e II, no Rio Verde, e o atendimento do pediatra será transferido para o PSF VII, no Primaveras.
 

Leia Também:  Assinatura de contratos e entrega de chaves do Vida Nova II será na segunda-feira (30)

LUCAS DO RIO VERDE

Famílias de baixa renda podem solicitar Tarifa Social para a conta de água no Saae

Publicados

em

Os moradores de Lucas do Rio Verde em situação de baixa renda por vulnerabilidade social podem acessar o programa Tarifa Social, do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Lucas do Rio Verde. Para participar, é preciso se encaixar nos critérios estabelecidos pela autarquia. Confira abaixo.  

Regulamentada pela lei nº 2.939/2019, a Tarifa Social pode ser acessada por famílias com renda per capita de até meio salário-mínimo. Conforme a Lei, a taxa de coleta de esgoto aos beneficiários do programa também é diferenciada, de apenas 50% sobre o valor do metro cúbico de consumo da tarifa de água. 

De acordo com a autarquia, atualmente 205 famílias luverdenses estão sendo beneficiadas pela Tarifa Social. O consumo médio de uma família de cinco pessoas, por mês, varia de 25 a 30 m³. 

Os descontos são aplicados da seguinte maneira:

  • I – para a parcela de consumo até 10 metros cúbicos de água por mês, o desconto será de 40%;
  • II – para a parcela de consumo acima de 10 e até 20 metros cúbicos de água por mês, o desconto será de 30%;
  • III – para a parcela de consumo acima de 20 e até 30 metros cúbicos de água por mês, o desconto será de 20% (vinte por cento);
  • IV – para a parcela de consumo acima de 30 e até 40 metros cúbicos de água por mês, o desconto será de 30%;
  • V – para a parcela de consumo superior a 40 metros cúbicos de água por mês, não haverá desconto.
Leia Também:  Praça do Jardim Amazônia passa por reestruturação pela Secretaria de Esporte e Lazer

Para usufruir do benefício, as famílias, por meio de um representante, precisam estar inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal. 

O acesso à Tarifa Social de Água e Esgoto pelas famílias inscritas no CadÚnico é feito mediante a apresentação, na sede do Saae, da Carteira de Identidade, CPF e a respectiva conta de água e esgoto. O Saae está localizado na rua Catuípe, 1889-E, bairro Rio Verde e o atendimento de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 15h. 

Sob pena de perda do benefício, os beneficiários da Tarifa Social deverão comparecer anualmente ao Saae para atualização cadastral, munidos dos documentos. 

Benefício para PCDs e aposentados 

Outra forma de acessar o programa são as famílias que têm em sua moradia, comprovadamente, uma pessoa com deficiência – Lei Federal nº 13.146/2015. O representante familiar poderá requerer o benefício da Tarifa Social e, neste caso, a renda familiar deve ser até 3 salários mínimos. 

Já para a pessoa aposentada, é preciso possuir renda familiar mensal inferior a 3 salários mínimos. 

Leia Também:  Mega-Sena paga R$ 105 milhões neste sábado; veja os números sorteados

Onde fica e como acessar o CadÚnico

Realocado recentemente para o novo espaço, o CadÚnico atende na Avenida Mato Grosso, atrás da Igreja Rosa Mística, no bairro Jardim das Palmeiras. O horário de atendimento do CadÚnico é das 7h às 11h e das 13h às 17h. Mais informações e dúvidas podem ser sanadas pelo telefone (65) 3548-2567. 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA