LUCAS DO RIO VERDE

Karatê de Lucas do Rio Verde conquista 8 medalhas em etapa estadual do Brasileiro

Publicados

em

Após a conquista de medalhas em Cuiabá na etapa estadual do campeonato nacional, na última semana, jovens atletas do Karatê de Lucas do Rio Verde foram recepcionados no Paço Municipal pelo prefeito Miguel Vaz, na tarde desta quinta-feira (26).

Ao lodo, nove atletas luverdenses participaram da etapa estadual. Desses, oito deles conquistaram medalhas e a classificação para o Campeonato Brasileiro, que será realizado em novembro.

Lívia Piccinini conquistou medalha de bronze na competição e estará na etapa nacional. “Pra mim foi muito emocionante tudo isso. Essa foi a maior competição que eu já participei”.

Das medalhas conquistadas, foram cinco de ouro, uma de prata e duas de bronze. O bom desempenho do grupo foi elogiado pelo prefeito. “São crianças e jovens que levam o nome de Lucas do Rio Verde para todo o Brasil e nós, enquanto poder público, temos que aplaudir, agradecer e apoiar sempre”, disse Miguel.

O incentivo da Prefeitura à modalidade foi elogiado pelo seisei Selber Luiz. “Quando tem ajuda da prefeitura as coisas ficam mais fáceis. Espero que a gente consiga representar bem o município, com toda essa parceria, na etapa nacional”. 

Leia Também:  Atleta de Lucas do Rio Verde participa das Paralimpíadas Escolares 2022 em Brasília

De acordo com o secretário-adjunto de Esporte e Lazer, André de Mato, a pasta estuda melhorar ainda mais o apoio às artes marciais. No último ano, o jiu-jitsu passou a integrar o Programa Viva Lucas e a expectativa é que o Karatê siga o mesmo caminho. 

“O nosso objetivo é ampliar o número de escolinhas, trabalhar as modalidades individuais porque isso agrega muito ao município e com certeza as artes marciais estão nesse nosso projeto”, disse André.

Propaganda

LUCAS DO RIO VERDE

Animal na pista pode ter sido a causa do grave acidente na madrugada desta segunda que ceifou a vida de Veterinária na BR 163

Publicados

em

A veterinária e servidora da Prefeitura de Lucas do Rio Verde, em Mato Grosso, Érica Fernanda Fernandes, 33, morreu após atropelar uma anta e capotar, na madrugada desta segunda-feira (8), na BR-163, em Sorriso MT.

Além da condutora havia uma passageira no veículo que sofreu somente ferimentos leves.

Segundo informações da assessoria de imprensa da Concessionária Rota do Oeste, a equipe de resgate junto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) foram acionadas para atender a ocorrência por volta da 1h23, no km 775.

Ao chegar no local, o fato foi constatado que além do acidente, havia uma pessoa gravemente ferida. A condutora perdeu o controle do veículo e capotou após atropelar um anta.

Érica foi encaminha em estado grave para o Hospital de Sorriso, mas acabou não resistindo os ferimentos e foi a óbito. A passageira sofreu somente ferimentos leves e também recebeu atendimento médico. 

Em nota, a Prefeitura de Lucas do Rio Verde lamentou a morte de Érica, que era médica veterinária da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente desde Julho de 2021.

Leia Também:  Animal na pista pode ter sido a causa do grave acidente na madrugada desta segunda que ceifou a vida de Veterinária na BR 163

Ela voltava de São Paulo (SP), onde fazia uma pós-graduação, no momento do acidente. 

O Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-MT) também lamentou a morte. “O CRMV-MT externa com pesar suas condolências e se solidariza com os familiares e amigos de Érica neste momento de dor”, diz a nota. 

Leia a nota na íntegra

“É com grande pesar que a Prefeitura de Lucas do Rio Verde recebe a notícia do falecimento, na madrugada desta segunda-feira (08), da médica veterinária Érica Fernanda de Jesus Fernandes.

Érica tinha 33 anos, era servidora municipal comissionada pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente desde julho de 2021, atuando na Unidade Permanente de Castração (UPC). 

Ela voltava de uma pós-graduação em São Paulo quando sofreu um acidente no km 577 da BR-163, em Sorriso, foi socorrida, encaminhada ao Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos. Com ela estava outra acompanhante, também encaminhada à unidade hospitalar.

Como única médica veterinária da UPC, Érica atuou diretamente na castração de mais de 480 cães e gatos e era apaixonada pela causa animal. Ela era entusiasmada pelo projeto, teve papel importante para que a unidade iniciasse os atendimentos em dezembro de 2021, e tinha como propósito aumentar cada vez mais o número de animais castrados mensalmente pela UPC.

Por conta deste trágico acidente, a unidade de castração permanecerá sem atendimento até a contratação de um novo profissional.

Aos familiares e amigos estendemos os sentimentos de solidariedade, serenidade e conforto neste momento de tristeza, saudade e dor.

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde decreta luto oficial de três dias, conforme Decreto Municipal n° 6.011/2022.”

 

Leia Também:  Premiação do Concurso de Bolos Artísticos marca comemoração do aniversário de Lucas do Rio Verde

Otavio Ventureli(da redação com Assessorias e GD)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI