LUCAS DO RIO VERDE

Lucas do Rio Verde é destaque em encontro sobre eficiência na gestão pública

Publicados

em

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde participou de encontro do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), realizado nesta quarta-feira (29), em Cuiabá. A reunião, que teve mais de 300 participantes, tratou da eficiência na gestão pública.

De Lucas do Rio Verde participaram também o prefeito Miguel Vaz, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Planejamento e Cidade, Welligton Souto, servidores da Controladoria Interna, da Procuradoria e das secretarias de Planejamento e de Governo e Administração.

Durante o encontro, o Interage TCE 22, Lucas do Rio Verde foi destaque quando o assunto foi o planejamento. Atualmente, a Prefeitura utiliza o GPE, um programa do Tribunal para auxiliar os municípios com o planejamento estratégico.

O Interage faz parte da proposta do TCE de estar mais próximo dos municípios com orientações e não somente na parte punitiva.

Ainda na capacitação, o Tribunal trouxe as 10 irregularidades mais comuns nas contas dos municípios, além de orientações de como evitar esse tipo de situação. Dentre os exemplos apresentados estava o gasto acima do permitido com pessoal e o não investimento mínimo em áreas como saúde ou educação.

Leia Também:  Falta de Coronavac impede início de vacinação contra Covid de crianças de 3 e 4 anos em Cuiabá

Os dois casos não se aplicam a Lucas do Rio Verde, visto que o gasto com o pessoal está abaixo do limite prudencial que é 51%. Na Saúde, o Município já superou o mínimo estipulado de 15% e, na Educação, os números apontam que a meta deve ser atingida até o fim do ano. 

“Esse encontro foi de grande valia. É muito importante essa integração entre os gestores e controladores para que todos andem na mesma direção, em prol da sociedade e em busca de resultados eficientes”, destacou o controlador interno do Município, Junior Amaral.

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT

LUCAS DO RIO VERDE

Agosto Lilás: Botão do Pânico auxilia vítimas de violência doméstica

Publicados

em

Em operação desde abril deste ano, o Botão do Pânico é uma ferramenta de apoio à mulher que sofre violência doméstica e está disponível para as vítimas que possuem medida protetiva contra o agressor. O aplicativo, desenvolvido pela equipe de planejamento da Prefeitura de Lucas do Rio Verde, já registrou acionamentos. 

Conforme a Guarda Civil Municipal, ao acionar a ferramenta, o aplicativo envia a informação atualizada da localização da vítima para os agentes. A partir daí, com apoio do Núcleo de Atendimento à Criança, Adolescente, Idoso e à Mulher, as forças de segurança seguem para atender a ocorrência e fazer cumprir a medida judicial.

Nos dois casos, a GCM registrou uma média de cinco minutos no tempo-resposta, a contar do momento do acionamento até a chegada no local.

De acordo com o coordenador da GCM, tenente Jota Lima, tanto na Guarda como no Núcleo, os profissionais orientam as vítimas que possuem medida protetiva a baixar o aplicativo.

“Nossos agentes estão orientados quanto a essa questão. Com isso, quem chega em busca de atendimento, desde que tenha a medida protetiva, a gente já faz o cadastro no celular e orienta a vítima sobre como fazer o acionamento”, explica o comandante.

Leia Também:  Municipio pobre de MT com 2.900 habitantes gasta 835 mil reais em festa com autorização da Justiça

Ainda conforme o comandante, estima-se que mais de 100 mulheres já estão com a ferramenta instalada no celular.

Às mulheres vítimas de violência doméstica, que queiram baixar o aplicativo, devem, antes de tudo, registrar boletim de ocorrência e possuir medida protetiva contra o acusado. Em caso de dúvidas, podem acionar a Guarda Civil Municipal pelo número 153, ou comparecer até a base localizada na Rua Sarandi, n° 2.201 E, bairro Rio Verde. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Agosto Lilás
Neste mês, ações marcam a campanha nacional Agosto Lilás, que  tem o objetivo de discutir temas relacionados ao enfrentamento da violência contra as mulheres em suas diversas formas.

Agosto é o mês em que foi sancionada a Lei Maria da Penha (Lei 11.340, de 2006), que completou 16 anos no dia 07. Maria da Penha hoje tem 77 anos e lutou pela sua sobrevivência após viver por muitos anos sofrendo violência doméstica pelo seu ex-marido
 
Dados do Núcleo de Atendimento à Criança, Adolescente, Idoso e à Mulher, instalado dentro da Delegacia da Polícia Civil desde 2021, mostram que, de setembro do ano passado até o mês de julho de 2022, foram 450 atendimentos, em uma média de 30 a 53 casos nesses meses.

Leia Também:  Mendes classifica de "brincadeira" posição do MPF sobre traçado de ferrovia Rondonópolis-Lucas do Rio Verde MT

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI