LUCAS DO RIO VERDE

Pichações no Tessele Junior são removidas com apoio da Secretaria de Segurança

Publicados

em


Diversas pichações no bairro Tessele Junior foram removidas com apoio da Secretaria de Segurança e Trânsito de Lucas do Rio Verde, na tarde desta quinta-feira (10). A ação foi encabeçada por oficiais da Polícia Militar, porém a pasta municipal colaborou com as tintas e mão de obra.

De acordo com a Polícia, os pichos são recorrentes naquela localidade, sendo esta a quarta vez em que os agentes solicitam a cobertura das frases pintadas em vermelho pelos muros de residências do bairro. 

A corporação apontou que as ações de vandalismo são executadas por supostos integrantes de uma facção criminosa, apresentando um “código de conduta” a ser seguido no bairro. Os militares ressaltam que a população pode denunciar as pichações, inclusive de forma anônima. 

“É uma forma de tentar intimidar a população e os órgãos de segurança, mas enquanto continuarem pichando vamos continuar pintando. O bairro é da população e não desses marginais”, declarou o policial militar, Tenente Peixoto. 

Crime ambiental e vandalismo 

Pichar prédios públicos ou privados é considerado vandalismo e crime ambiental (Lei 9.605/98). A pena varia de 3 meses a 1 ano de detenção e multa para quem for pego pichando. Caso o ato seja em monumento ou patrimônio tombado por seu valor artístico, arqueológico ou histórico, a pena é de 6 meses a 1 ano de detenção e multa. 

As denúncias sobre pichações e vandalismo podem ser encaminhadas para a Polícia Militar, via 190, para a Guarda Municipal, pelo 153, ou ainda nos canais da Prefeitura, como a Ouvidoria 0800-646-4004 (ligação gratuita) e também no App Lucas Cidadão. 

“A ideia dos criminosos, em tese, é que diminua o policiamento. Mas vamos continuar a atuar, não existe poder paralelo. Pedimos o empenho da população em fazer as denúncias e não deixar esses vândalos à solta”, esclareceu Peixoto. 

Leia Também:  Cursos de graduação e pós a distância são aprimorados durante a pandemia
Propaganda

LUCAS DO RIO VERDE

Prefeitura de Lucas do Rio Verde entrega toucas para alunos de hidroginástica

Publicados

em


Sendo um exercício que melhora a força muscular, resistência, flexibilidade e equilíbrio, a hidroginástica é um elemento muito importante para a saúde humana. Na tarde desta terça-feira (15), a Prefeitura de Lucas do Rio Verde, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, realizou a entrega de toucas para os alunos desta atividade física.

Foram cerca de 100 toucas entregues pela secretaria, atendendo o pedido dos alunos.

As aulas de hidroginástica acontecem na piscina da escola municipal Vinicius de Moraes, de segunda a quinta-feira. Podem participar pessoas com idade acima de 16 anos. São três turmas por noite, sendo as 17h30, 18h30 e 19h30.

Para se inscrever, basta comparecer em um dos horários de aula e conversar com o instrutor presente. A partir daí, o professor fará as recomendações para a prática segura da atividade, de acordo com a pessoa.

“Apesar de parte das nossas atividades estarem suspensas, a hidroginástica nós buscamos manter pela questão de saúde da nossa população. A entrega de toucas mostra esse cuidado da gestão até nos mínimos detalhes das ações desempenhadas”, destacou o secretário de Esporte e Lazer, Jackson Lopes.

As atividades do programa Viva Lucas como as aulas de basquetebol, badminton, futebol, atletismo, futsal, handebol, voleibol e outros, devem ser retomados assim que novos professores forem contratados, levando em consideração também a situação da pandemia. 
 

Leia Também:  Cursos de graduação e pós a distância são aprimorados durante a pandemia

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA