LUCAS DO RIO VERDE

Secretaria de Educação participa da Semana Nacional de Políticas sobre Drogas

Publicados

em

Em decorrência das atividades programadas para Semana Nacional de Políticas sobre Drogas, a Secretaria de Educação de Lucas do Rio Verde, juntamente com a Guarda Civil Municipal e Conselho Municipal de Política sobre Drogas, realizou uma reunião, na tarde desta quarta-feira (29), para alinhar estratégias de combate às drogas de forma educativa.

Na ocasião, foi pontuado que um dos papéis da escola é de formar cidadãos participativos e capazes de analisar o que é bom ou não para si, de fazer suas escolhas se o assunto lhe é questionado e de refletir como as decisões podem afetar ou não a vida de outras pessoas. O entendimento é que a escola é parte da sociedade, por isso a importância de se desenvolver palestras e reuniões no ambiente escolar.

A secretária de Educação, Elaine Lovatel, afirma que é necessário trabalhar formas de prevenção nas escolas ao se tratar de assunto relacionado às drogas, sejam licitas ou ilícitas, de uma maneira que venha a contribuir com informações necessárias a serem passadas aos alunos, instituição e sociedade em si. “Essa é uma maneira de sensibilizá-los em um ambiente próprio”, discorre.

Leia Também:  Cooperação entre Prefeitura de Lucas do Rio Verde e Empaer vai beneficiar agricultura familiar

Durante o encontro, o presidente do Conselho, Marco Antônio Mendes, ressaltou a importância de ações conjuntas com a Guarda, Prefeitura e, principalmente, a sociedade. “Essa causa tem recebido grande apoio da gestão atual, afinal de contas precisamos iniciar o combate às drogas na raiz do problema. Esse é o primeiro de muitos encontros e eu tenho certeza que veremos em breve o resultado desse empenho refletindo na sociedade”, aponta.

A coordenadora da Secretaria de Educação e conselheira, Ana Claudia Shiga, acredita que a parceria contribui para um bom resultado. “Eu tenho orgulho de fazer parte desde o início da política de combate às drogas voltada para a conscientização. Os números falam por si só e mostram que, com efetividade desse trabalho, alcançaremos bons resultados.

É Lei

A Semana Nacional de Políticas sobre Drogas foi instituída pela Lei nº 13.840, de 05 de junho de 2019. De acordo com o art. 19-A da Lei nº 11.343/06, o Governo Federal, por meio da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), promoverá ações voltadas à redução da oferta de drogas no país.

Leia Também:  Esporte apresenta detalhes do Futebol Amador durante congresso técnico com equipes

A semana foi escolhida por fazer alusão ao Dia Internacional de Combate às Drogas e Entorpecentes, celebrado em 26 de junho.

Em Lucas do Rio Verde, as ações foram realizadas pelas secretarias de Assistência Social e Habitação, de Segurança Pública e de Saúde, além do apoio das forças de segurança, e em parceria com o Conselho Municipal de Política sobre Drogas.

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT

Propaganda

LUCAS DO RIO VERDE

Agosto Lilás: Botão do Pânico auxilia vítimas de violência doméstica

Publicados

em

Em operação desde abril deste ano, o Botão do Pânico é uma ferramenta de apoio à mulher que sofre violência doméstica e está disponível para as vítimas que possuem medida protetiva contra o agressor. O aplicativo, desenvolvido pela equipe de planejamento da Prefeitura de Lucas do Rio Verde, já registrou acionamentos. 

Conforme a Guarda Civil Municipal, ao acionar a ferramenta, o aplicativo envia a informação atualizada da localização da vítima para os agentes. A partir daí, com apoio do Núcleo de Atendimento à Criança, Adolescente, Idoso e à Mulher, as forças de segurança seguem para atender a ocorrência e fazer cumprir a medida judicial.

Nos dois casos, a GCM registrou uma média de cinco minutos no tempo-resposta, a contar do momento do acionamento até a chegada no local.

De acordo com o coordenador da GCM, tenente Jota Lima, tanto na Guarda como no Núcleo, os profissionais orientam as vítimas que possuem medida protetiva a baixar o aplicativo.

“Nossos agentes estão orientados quanto a essa questão. Com isso, quem chega em busca de atendimento, desde que tenha a medida protetiva, a gente já faz o cadastro no celular e orienta a vítima sobre como fazer o acionamento”, explica o comandante.

Leia Também:  Cooperação entre Prefeitura de Lucas do Rio Verde e Empaer vai beneficiar agricultura familiar

Ainda conforme o comandante, estima-se que mais de 100 mulheres já estão com a ferramenta instalada no celular.

Às mulheres vítimas de violência doméstica, que queiram baixar o aplicativo, devem, antes de tudo, registrar boletim de ocorrência e possuir medida protetiva contra o acusado. Em caso de dúvidas, podem acionar a Guarda Civil Municipal pelo número 153, ou comparecer até a base localizada na Rua Sarandi, n° 2.201 E, bairro Rio Verde. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Agosto Lilás
Neste mês, ações marcam a campanha nacional Agosto Lilás, que  tem o objetivo de discutir temas relacionados ao enfrentamento da violência contra as mulheres em suas diversas formas.

Agosto é o mês em que foi sancionada a Lei Maria da Penha (Lei 11.340, de 2006), que completou 16 anos no dia 07. Maria da Penha hoje tem 77 anos e lutou pela sua sobrevivência após viver por muitos anos sofrendo violência doméstica pelo seu ex-marido
 
Dados do Núcleo de Atendimento à Criança, Adolescente, Idoso e à Mulher, instalado dentro da Delegacia da Polícia Civil desde 2021, mostram que, de setembro do ano passado até o mês de julho de 2022, foram 450 atendimentos, em uma média de 30 a 53 casos nesses meses.

Leia Também:  Gestão Municipal realiza 130 cirurgias oftalmológicas em Lucas do Rio Verde

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI