LUCAS DO RIO VERDE

Segunda turma da GCM volta de Cotia-SP após 30 dias de capacitação

Publicados

em

A segunda turma da Guarda Civil Municipal de Lucas do Rio Verde retornou de Cotia (SP) na madrugada deste domingo (03). Em São Paulo, os agentes passaram por treinamento com a GC do município, que é considerada referência para o país. A capacitação durou cerca de 30 dias.

Os guardas receberam treinamento em armamento e tiro, defesa pessoal, escolta VIP, abordagem pessoal, direção defensiva, técnicas de tiro defensivo, Direito (aspectos legais do uso da arma de fogo e legislação aplicada), avaliação teórica, avaliação prática, com diversos instrutores da GC de Cotia, além do comandante Júlio Cesar. 

A iniciativa é uma das etapas do processo de armamento da GCM de Lucas do Rio Verde. “É notória a evolução dos nossos agentes, que vieram com novos conhecimentos e adotaram novos procedimentos. Isso, somado à tecnologia que estamos implantando, fará com que, em um futuro bem breve, tenhamos uma das melhores Guardas do estado e do país”, destacou o secretário de Segurança Pública, Marcos Cunha.

Leia Também:  Esporte apresenta detalhes do Futebol Amador durante congresso técnico com equipes

“Sabemos que o treinamento com a Guarda Civil Municipal de Cotia é apenas o início. Novos cursos serão realizados. O objetivo é manter a nossa Guarda em constante treinamento para que possamos ofertar serviços de qualidade a nossa população”, disse o prefeito Miguel Vaz, que agradeceu toda a equipe do município paulista envolvida no curso.

A formação foi oferecida por meio de um convênio firmado pelas Secretarias de Segurança dos dois municípios. Em São Paulo, os agentes ainda passaram pela formatura, simbolizando o término do treinamento.

“Agradeço a confiança do prefeito de Lucas do Rio Verde no trabalho da nossa valorosa corporação de segurança. Espero que, com tudo que aprenderam aqui [em Cotia], possam aplicar na proteção da população de Lucas”, disse o prefeito de Cotia, Rogério Franco.

Com informações: Secom/Cotia
 

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT

Propaganda

LUCAS DO RIO VERDE

Agosto Lilás: Botão do Pânico auxilia vítimas de violência doméstica

Publicados

em

Em operação desde abril deste ano, o Botão do Pânico é uma ferramenta de apoio à mulher que sofre violência doméstica e está disponível para as vítimas que possuem medida protetiva contra o agressor. O aplicativo, desenvolvido pela equipe de planejamento da Prefeitura de Lucas do Rio Verde, já registrou acionamentos. 

Conforme a Guarda Civil Municipal, ao acionar a ferramenta, o aplicativo envia a informação atualizada da localização da vítima para os agentes. A partir daí, com apoio do Núcleo de Atendimento à Criança, Adolescente, Idoso e à Mulher, as forças de segurança seguem para atender a ocorrência e fazer cumprir a medida judicial.

Nos dois casos, a GCM registrou uma média de cinco minutos no tempo-resposta, a contar do momento do acionamento até a chegada no local.

De acordo com o coordenador da GCM, tenente Jota Lima, tanto na Guarda como no Núcleo, os profissionais orientam as vítimas que possuem medida protetiva a baixar o aplicativo.

“Nossos agentes estão orientados quanto a essa questão. Com isso, quem chega em busca de atendimento, desde que tenha a medida protetiva, a gente já faz o cadastro no celular e orienta a vítima sobre como fazer o acionamento”, explica o comandante.

Leia Também:  Gestão Miguel Vaz apresenta projeto de auxílio aos atletas de Lucas do Rio Verde

Ainda conforme o comandante, estima-se que mais de 100 mulheres já estão com a ferramenta instalada no celular.

Às mulheres vítimas de violência doméstica, que queiram baixar o aplicativo, devem, antes de tudo, registrar boletim de ocorrência e possuir medida protetiva contra o acusado. Em caso de dúvidas, podem acionar a Guarda Civil Municipal pelo número 153, ou comparecer até a base localizada na Rua Sarandi, n° 2.201 E, bairro Rio Verde. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Agosto Lilás
Neste mês, ações marcam a campanha nacional Agosto Lilás, que  tem o objetivo de discutir temas relacionados ao enfrentamento da violência contra as mulheres em suas diversas formas.

Agosto é o mês em que foi sancionada a Lei Maria da Penha (Lei 11.340, de 2006), que completou 16 anos no dia 07. Maria da Penha hoje tem 77 anos e lutou pela sua sobrevivência após viver por muitos anos sofrendo violência doméstica pelo seu ex-marido
 
Dados do Núcleo de Atendimento à Criança, Adolescente, Idoso e à Mulher, instalado dentro da Delegacia da Polícia Civil desde 2021, mostram que, de setembro do ano passado até o mês de julho de 2022, foram 450 atendimentos, em uma média de 30 a 53 casos nesses meses.

Leia Também:  Gestão Municipal realiza 130 cirurgias oftalmológicas em Lucas do Rio Verde

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI