LUCAS DO RIO VERDE

Vigilância em Saúde alerta sobre os cuidados com a dengue

Publicados

em

A Secretaria de Saúde de Lucas do Rio Verde, por meio da Vigilância em Saúde, continua em alerta para os casos de dengue no município. De acordo com os dados do Departamento de Epidemiologia do Estado, da 1ª semana epidemiológica 1, que inicia nos primeiros dias de janeiro, até a semana 20, que finalizou dia 21 de maio, foram 2.574 notificações no município.

Esse ano, a Saúde aumentou o efetivo de agente de combate às endemias, a fim de dar celeridade na cobertura de bairros com o agente atuante. Também foi realizada capacitação com os profissionais de saúde para atualização no manejo (tratamento) de pessoas com dengue.

Para auxiliar no combate às doenças, a Secretaria de Infraestrutura e Obra disponibiliza um cronograma de limpeza rotineiro nos bairros da cidade. (Confira Cronograma no final da matéria)

Segundo a supervisora da Vigilância, Cláudia Regina Engelmann, os agentes de endemias seguem passando pelas casas, orientando os moradores e fazem um alerta a população. “Estamos entrando no período de seca e a equipe de Vigilância Ambiental já percebe redução dos focos de mosquitos, porém a população deve se manter atenta aos locais que ainda possam proliferar as larvas, como escoamento de canos, piscinas, reservatório de água dos animais, umidificadores, tonéis de água em construções, locais que podem passar despercebidos no dia a dia. A expectativa é que no mês de junho os casos de dengue reduzam ainda mais”, pontua.

Leia Também:  Crentes da Assembléia de Deus em MT retiram da lista de apoio a candidatura o nome do Deputado estadual Thiago Silva

Todos os bairros do município registraram notificações, sendo os cinco com maior incidência:

1. Bandeirantes

2. Rio Verde

3. Jardim Primaveras

4. Tessele Júnior

5. Parque das Américas

Denúncias sobre possíveis focos de dengue podem ser feitas pelo número (65) 3548-2508.

Dicas para combater o mosquito e os focos de larvas:

– Mantenha a caixa d’água sempre fechada e com a tampa adequada;

– Remova folhas, galhos e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas;

– Não deixe a água acumulada sobre a laje;

– Lave semanalmente por dentro, com escova e sabão, os tanques utilizados para armazenar água;

– Mantenha bem tampados os tonéis e barris de água;

– Encha de areia as bordas dos pratinhos das plantas;

– Se tiver vaso com plantas aquáticas, troque a água e lave, principalmente dentro, com escova, água e sabão, pelo menos uma vez por semana;

– Guarde as garrafas sempre de boca para baixo;

– Entregue os pneus velhos aos serviços de limpeza urbana ou guarde-os sem água em local protegido da chuva;

Leia Também:  350 atletas participaram no sábado(25) da Corrida Noturna que encerrou a Semana do Meio Ambiente em Lucas MT

– Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada;

– Não jogue lixo em terrenos baldios;

– Verifique, pelo menos uma vez por semana, atrás da geladeira o recipiente coletor de água.

LUCAS DO RIO VERDE

Jornada Extraordinária e Núcleo de Violência Doméstica contribuem para resolução de inquéritos

Publicados

em

Inquérito policial apresentado, nesta semana, aponta a efetividade do Núcleo de Atendimento à Criança, Adolescente, Idoso e Mulher. A unidade é resultado de uma parceria da Prefeitura de Lucas do Rio Verde, por meio das secretarias de Segurança Pública e de Assistência Social e Habitação, e Polícia Judiciária Civil.

De acordo com a PJC, a Operação Impunidade Zero, que trata de casos de violência doméstica, deflagrada desde o dia primeiro de junho, resultou em 5 prisões em flagrante, 2 cumprimentos de mandados de prisões preventivas e a conclusão de 123 inquéritos.

Para o delegado Eugênio Rudy, responsável pelo Núcleo, as prisões diminuem a impunidade no município. “Para nós é muito importante a conclusão desses procedimentos porque ela inibe a persistência dos agressores”.

Janice Ribeiro, secretária de Assistência Social, destaca que o bom desempenho da unidade é reflexo do esforço humano da Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica. “Em menos de um ano de inauguração, o Núcleo mostra que faz a diferença na sociedade, não só pela resolução dos casos, mas também pelo apoio psicossocial às vítimas. Nesse sentido, as mulheres se sentem mais encorajadas a fazer a denúncia”, disse Janice.

Leia Também:  Cavalaria da PM prende três homens por tráfico de drogas em Cuiabá

O apoio da Prefeitura também acontece por meio do programa Jornada Extraordinária, que remunera os agentes que atuam nos horários fora do expediente convencional. O projeto foi criado por meio da Lei nº 3.164/2021 e regulamentado pelo Decreto nº 5.505/2021. Estão incluídos no programa os agentes da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil e Corpo de Bombeiros. 

Para isso, os servidores devem prestar serviço por, no mínimo, quatro horas e, no máximo, 50 horas mensais, desde que compatível com a escala de serviço e de descanso obrigatório. Além disso, o militar estadual e o policial civil convocado para desempenho da jornada extra, não poderá executar carga horária diária superior a 6 horas diárias.

“A Jornada Extraordinária traz benefícios a toda a sociedade, especialmente quando se trata de violência doméstica, um tema relevante na atualidade”, finaliza o secretário de Segurança Pública, coronel Marcos Cunha, que também parabenizou as forças de segurança.

Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde – MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI