Momento Cidades

Mato Grosso registra 142.346 casos confirmados e 3.828 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (28.10), 142.346 casos confirmados da covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 3.828 óbitos em decorrência do coronavírus no estado.

Foram notificadas 582 novas confirmações de casos de coronavírus no estado. Dos 142.346 casos confirmados da covid-19 em Mato Grosso, 5.462 estão em isolamento domiciliar e 132.576 estão recuperados.

De acordo com a área técnica, houve uma correção no banco de dados que contabiliza os casos em isolamento domiciliar. O sistema ainda considerava casos que já passaram pelo prazo máximo de 20 dias de recuperação. Portanto, esses casos que já extrapolaram o prazo da recuperação passaram a ser contabilizados como recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a covid-19, há 152 internações em UTIs públicas e 139 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 38,48% para UTIs adulto e em 16% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de covid-19 estão: Cuiabá (28.795), Rondonópolis (10.542), Várzea Grande (9.983), Sinop (7.070), Sorriso (6.284), Lucas do Rio Verde (5.873), Tangará da Serra (5.674), Primavera do Leste (4.919), Cáceres (3.471) e Campo Novo do Parecis (2.882).

Leia Também:  Município Prato Cheio: última oportunidade para municípios cadastrarem as famílias

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 114.613 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 458 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última terça-feira (27), o Governo Federal confirmou o total de 5.439.641 casos da covid-19 no Brasil e 157.946 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 5.409.854 casos da covid-19 no Brasil e 157.397 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de quarta-feira (28).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Leia Também:  Mato Grosso registra 158.982 casos e 4.142 óbitos por Covid-19

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: AMM

Propaganda

Momento Cidades

Prorrogados prazos para prestação de contas do IGD-PBF; CNM pede a mesma medida para contas gerais

Publicados

em


A Confederação Nacional de Municípios (CNM) solicitou ao governo a prorrogação de diversos prazos, inclusive das prestações de contas referentes ao exercício de 2019. A entidade informa que a Portaria 2/2020 da Secretaria Nacional de Renda de Cidadania do Ministério da Cidadania (MC) definiu novas datas para prestação de contas do o IGD-PBF.

Publicada nesta terça-feira, 1º de dezembro, a portaria estende os prazos definidos pelas Portarias 754/2010 e 256/2010. Ela considera a situação de calamidade provocada pela pandemia da Covid-19, que impactou a capacidade dos Entes federados em atuarem nas atividades de gestão e de cumprirem as obrigações de que tratam os fatores III e IV da fórmula de cálculo do IGD-PBF. As novas datas são:

a) 31/12/2020: lançamento no Sistema Único da Assistência Social (Suas Web) das informações sobre a apresentação da comprovação de gastos dos recursos aos respectivos Conselhos de Assistência Social; e
b) 31/01/2021: para lançamento no Suas Web das informações referentes ao resultado deliberativo dos respectivos Conselhos de Assistência Social em relação à análise da comprovação de gastos apresentada pelos respectivos Fundos de Assistência Social.

A área de Assistência Social da CNM reforça que a prorrogação dos prazos é fundamental também por conta da instabilidade dos sistemas do ministério, identificada nos últimos meses, principalmente em novembro. Por meio de ofício, a CNM solicitou ao Fundo Nacional de Assistência Social (FNAS) a prorrogação da prestação de contas geral, ao departamento de vigilância socioassistencial mais tempo para o preenchimento do Censo Suas; e à Secretaria Nacional de Assistência Social (SNAS) apoio para garantir a aprovação do Projeto de Lei (PL) 4.078/2020.

O projeto, em tramitação no Congresso Nacional, prevê a reprogramação dos recursos liberados para enfrentamento da Covid-19. Além da CNM, as entidade municipalistas também têm se mobilizado para sensibilizar o governo federal e o Congresso Nacional para a necessidade dessas medidas, que vão ter impacto direto na comunidade beneficiária do recursos.

Fonte: AMM

Leia Também:  Publicadas novas diretrizes para o atendimento às famílias indígenas na Assistência Social
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA