Momento Cidades

População deve se atentar aos documentos exigidos para a imunização da Covid-19

Publicados

em


Davi Valle

Clique para ampliar

Profissionais que coordenam a campanha de vacinação em Cuiabá alertam a população da necessidade de estar munido com a documentação necessária no dia da imunização. No caso das grávidas e puérperas sem comorbidade, um dos grupos prioritários na vacinação, é necessário apresentar um atestado médico, além da comprovação do cadastro e agendamento.

A coordenadora do registro e acolhimento do polo de vacinação que fica no Centro de Eventos do Pantanal, Vera Lucia Ferreira, disse que as pessoas não se atentam aos documentos exigidos e, a ausência da documentação, impede a aplicação da dose.

“Todos os dias chegam até os postos de vacinação pessoas sem os documentos. A exigência de um atestado para as mulheres grávidas e puérperas sem comorbidade, por exemplo, se faz necessária porque é o médico que acompanha a paciente que pode avaliar o custo-benefício da vacinação”, avaliou. A profissional acrescentou que no caso das grávidas e puérperas sem comorbidade, o atestado pode ser do médico ginecologista ou pediatra.

Outros grupos prioritários

No caso de profissionais da educação, a coordenadora enfatiza que é necessário apresentar um documento de comprovação de vínculo com Secretaria de Educação de Mato Grosso (Seduc), independente da unidade de ensino ser municipal, estadual ou federal. “Estamos vacinando os profissionais de educação que atuam em Cuiabá. Em caso de atuação em outro município, mesmo que comprovado o vínculo, nós não estamos imunizando”, explicou.

Leia Também:  Associação "Amigos do Bem" promove campeonato na 1ª Semana Municipal da Pessoa com Deficiência e doa alimentos à Vacina Solidária

A coordenadora orienta a população a entrar no site da Prefeitura de Cuiabá e no site de cadastro da vacina para buscar as orientações necessárias para imunização. Em Cuiabá, há seis polos de vacinação, Senai Porto, Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Sesi Papa, Centro de Eventos do Pantanal, Sesc Balneário e Assembleia Legislativa.

Para se cadastrar, é necessário entrar no site vacina.cuiaba.mt.gov.br e preencher todos os campos obrigatórios. Deste modo, a pessoa entrará em uma fila de espera virtual.  Quando ela for agendada, o sistema do site enviará uma mensagem de WhatsApp automática e/ou um e-mail para a pessoa informando que ela já está confirmada para ir tomar sua vacina. No dia da vacinação, a pessoa deve levar o QR Code do agendamento impresso, um documento com foto e o comprovante de endereço de Cuiabá. A pessoa também deve estar com o cartão do SUS atualizado.

Evasão

Nesta quarta-feira (16.06), no polo do Centro de Eventos do Pantanal, cerca mil pessoas estavam cadastradas para vacinar, contudo, até o final da manhã, somente 183 tinham comparecido para serem imunizadas. A evasão foi verificada nos outros polos também.

Leia Também:  Sancionada lei com mudanças em cargos e funções do Poder Executivo

“A gente não entende o que se passa na cabeça das pessoas que não estão vindo vacinar. É prejuízo porque dispomos de equipes de trabalho para o atendimento do total de cadastrados. Sem o empenho da população, a imunização será lenta”, destacou.

Estão sendo vacinados atualmente pessoas com Síndrome de Down a partir de 18 anos, pessoas com comorbidades a partir de 18 anos, gestantes e puérperas com e sem comorbidades a partir de 18 anos, pessoas com deficiência permanente a partir de 18 anos, jornalistas, trabalhadores da Educação, trabalhadores de Saúde, pessoas a partir de 55 anos.

Propaganda

Momento Cidades

12º Fórum Regional de Fortalecimento da Rede +Brasil será realizado na próxima semana em Mato Grosso

Publicados

em

Fortalecer a governança, o diálogo e a gestão dos recursos públicos transferidos para os estados e municípios, são os principais objetivos do 12º Fórum Regional de Fortalecimento da Rede + Brasil. O evento é uma realização do Ministério da Economia, que abrange os estados brasileiros, realizado por cada região brasileira. Em Mato Grosso, será promovido pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Fazenda-Sefaz, com o apoio da Associação Mato-Grossense dos Municípios-AMM.

O evento está marcado para o próximo dia 29 de setembro, por meio de videoconferência, a partir das 9h, e será transmitido pelo canal do Governo de Mato Grosso no Youtube, contará com a participação de representantes dos governos federal, estadual, municípios, órgãos de controle, entidades privadas e outros segmentos da sociedade.

O Fórum Regional de Fortalecimento da Rede+Brasil, será uma oportunidade de estreitar laços com os órgãos do centro de governo e de controle com a finalidade de aprimorar os processos relativos às mais variadas temáticas, desde a captação de recursos e a elaboração de projetos até a prestação de contas e a efetivação das entregas ao cidadão.

Na programação estão previstas diversas palestras que serão ministradas ao longo do dia, e ao final das apresentações, será aberto para perguntas e respostas com a coordenação de Serviços aos Sistemas Estruturantes, da Secretaria de Gestão do Ministério da Economia.

Leia Também:  Municípios já podem preencher o Censo Suas 2021

Capitaneada pelo Ministério da Economia, por meio da Secretaria de Gestão, a Rede+Brasil é um mecanismo de governança colaborativa e de troca de informações voltada ao fortalecimento da transparência, da acessibilidade do diálogo e da gestão, bem como à melhoria do gasto público, e maior efetividade das políticas públicas implementadas com recursos decorrentes das transferências da União. Ela é composta por representantes dos estados, municípios, organizações da sociedade civil, órgãos de fiscalização e controle e outros agentes envolvidos com a gestão das transferências da União operacionalizadas por meio da Plataforma.

Desde 2015, a rede vem aprimorando os procedimentos atinentes aos repasses de dinheiro público, dirimindo conflitos e construindo normativos com vistas ao fomento de práticas de gestão eficientes e transparentes. A Plataforma é o único sistema estruturante do governo que permite acesso livre a qualquer cidadão acompanhar todos os recursos transferidos da União para estados e municípios. O recurso é destinado com um objetivo específico e tem total transparência em sua utilização. Além das diversas inovações em temas relacionadas às transferências, serão apresentadas as ferramentas disponíveis no âmbito da Plataforma +Brasil.

Leia Também:  Alterações na legislação sobre o BPC são debatidas em debate com INSS na 1ª Semana Municipal da Pessoa com Deficiência

Programação do Fórum Regional de Fortalecimento da Rede +Brasil:

Dia 29/09 – Ciclo estratégico de apresentações:

– Inovação nas transferências  da União: Plataforma + Brasil

– Contribuições do TCU para a gestão local eficiente

– Controle interno em transferências voluntárias – o caminho certo para o fortalecimento das relações federativas

– A importância da atuação do sistema de controle financeiro interno nas transferências federais

– Banco do Brasil – gestão ágil

– Caixa Econômica Federal – atuação enquanto mandatária da União.

(No período vespertino)

– Ciclo estratégico de apresentações:

– Gestão da Rede + Brasil

– Operacionalização das emendas

– Execução Financeira das transferências da União pelo governo de Mato Grosso.

– Modelo de excelência em gestão das transferências da União

– Momento interativo com perguntas e respostas na plataforma e Rede + Brasil.

As Inscrições podem ser feitas de forma antecipada por aqui: https://www.sympla.com.br/forum-regional-de-fortalecimento-da-rede-brasil—etapa-mato-grosso__1312450

Fonte: AMM

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA