Momento Cidades

Prefeitura de Alto Garças parabeniza os agricultores e destaca a sua importância para a economia

Publicados

em


.

Por traz do desenvolvimento de uma cidade existe uma força humana no exercício de uma atividade pouco reconhecida, mas de grande importância no dia-a-dia de cada brasileiro. Nem sempre lembrados, eles são responsáveis pela geração de emprego e renda, movimentam a economia e tornam a agricultura competitiva. São os agricultores os responsáveis pelo importante processo de produção de alimentos. O preparo do solo para o plantio, o cuidado com a lavoura, a colheita dos frutos.
Pessoas que não tem horário para trabalhar. Começam no batente muitas vezes antes do amanhecer do dia e encerram as atividades quando o sol já se foi.
Trabalhadores honestos, que muito se esforçam, sem se cansar de lutar por melhorias no campo, sempre em busca de novas alternativas para o aumento da produtividade.
Mulheres, homens e jovens que dia após dia, ano após ano, enfrentando todas as diversidades, cultivando suas terras, produzindo, gerando empregos e riquezas vão construindo, em silêncio, a grandeza de um povo. A singular relação entre o homem e o campo. A paixão pelo que produzem, o orgulho da colheita, numa terra em que tudo se planta e cria.
Valores, que se revelam expressos nas tradições, na cultura e na história. Produtores que empreendem, administram, inovam, que respeitam a terra, que prosperam vendo crescer a vida, em diferentes formas e culturas. Agricultores que buscam conhecimento para aprimorar o trabalho, que se unem para enfrentar as dificuldades, buscam apoio, fazem diferente. Não se deixam abater pelos problemas, ao contrário, seguem em frente no caminho do progresso.

Parabéns aos nossos Agricultores de Alto Garças e de todo o nosso estado de Mato Grosso.

Fonte: AMM

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Concluída ampliação da Escola Mundo Encantado da Criança em Matupá
Propaganda

Momento Cidades

Tapurah já registar 27 focos de incêndio na região

Publicados

em


.

Os últimos dias, Tapurah foi marcada por vários focos de incêndio em matas fechadas e lavouras, a Secretaria de Infraestrutura, Meio Ambiente e Serviços Públicos registrou até hoje (10/08) o total de 27 focos de incêndio, os quais foram cessados pela equipe da Secretaria. Os maiores, contam com o apoio do corpo de bombeiros para controlar as chamas.  

São utilizados brigadistas da própria Secretaria, máquinas, caminhão-pipa e logística para possibilitar o trabalho dos servidores. A Secretária da pasta, Cintia Fabiana Rincão explica que, o comando de corpo de Bombeiros da cidade de Lucas do Rio Verde dá o suporte nas ações focos de incêndio na região, e como são muitos, as vezes não conseguem atender todos na mesma hora, por isso a Prefeitura de Tapurah disponibiliza também um suporte necessário para o auxílio das queimadas. Lembrando que as propriedades particulares são responsáveis pelas queimadas e em casos de fogo criminoso, os mesmos são indiciados, legal e criminalmente. 

“Buscamos soluções para este grave problema que aflige a comunidade e traz dano para o meio ambiente e prejuízo para os produtores rurais, acompanhamos de perto os focos, nossos caminhões pipas já ficam sempre abastecidos para emergências, tentamos dar o máximo de auxílio para apagar os focos de queimadas, que este ano já ultrapassaram a marca de 27 registros, um ano bem atípico dos outros anteriores”, diz a Secretária. 

A Defesa Civil alerta a população para que não joguem latas de alumínio e vidro em meio ao mato, devido ao fato de que esses materiais aquecerem com a luz do sol e acabam iniciando a combustão do mato seco. Outro pedido da Defesa Civil é para que a população não jogue bitucas de cigarro na estrada. 

Período proibitivo 

De acordo com dados do Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe), até 31 de julho, Mato Grosso somava 9176 focos de calor. Devido à baixa média histórica de chuvas, o Estado definiu o período proibitivo de uso do fogo na zona rural no período de 01 de julho a 30 de setembro, podendo ser prorrogado. A decisão também levou em consideração os riscos que a poluição do ar traz à saúde humana, especialmente em um momento que o mundo enfrenta uma pandemia de uma síndrome respiratória, a Covid-19.  

As queimadas podem ser denunciadas na prefeitura ou na própria secretaria – 66-3547-3600. O acionamento do Corpo de Bombeiros Militar é feito pelo 193. 

Fonte: AMM

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Assistência Social de Nova Monte Verde promove campanha de prevenção à violência doméstica
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA