Momento Cidades

Primeiro Workshop marca celebração de um ano do programa inédito Incluiabá

Publicados

em

Iniciativa inédita no país, o programa Incluiabá criado pela Gestão Emanuel Pinheiro realizou, nesta sexta-feira (13), no auditório da Águas Cuiabá, o 1º Workshop do projeto  Incluiabá, que já completou um ano, no mês de abril desse ano. Diversas personalidades públicas estiveram presentes na abertura do evento. Inicialmente a Prefeitura de Cuiabá contratou 16 pessoas, todavia, esse número já ultrapassa mais de 50, uma ampliação de mais de 200%. Os servidores encontram-se lotados em diferentes setores da administração atual, gerenciados pela empresa terceirizada, Bem-Estar, priorizando indígenas, cadeirantes, transexuais, negros, dentre outros.  

O encontro englobou palestras motivacionais, rodas de conversa, trabalhos em grupos e trocas de experiências, destinados ao seu público alvo, grupos sociais minoritários. 

O vice-prefeito, José Roberto Stopa, afirmou que a ação reforça o compromisso da Gestão Emanuel Pinheiro com a implantação de políticas públicas efetivas, pautadas pelo respeito, justiça e inclusão social perante a sociedade cuiabana. “Hoje nós temos pessoas que poderiam estar desempregadas, marginalizadas, excluídas, pois, infelizmente, o preconceito ainda se faz presente. A função de um governo é fazer obras sim, mas a maior delas é cuidar das pessoas, valorizando-as, atendendo aqueles que mais precisam. O prefeito Emanuel Pinheiro coloca muito bem em suas falas, evidenciando que nós governamos para todos, porém, temos um carinho especial pela periferia de Cuiabá, porque é lá que está a real necessidade do governo em colocar as suas mãos. Já imaginou se todos os governantes fizessem isso? Teríamos com toda certeza uma sociedade mais justa e inclusiva, dando dignidade e oportunidade aos cidadãos, de modo geral,  de alimentar as suas famílias”, enfatizou. 

Leia Também:  Crueldade: Filho é suspeito de matar a mãe de 71 anos encontrada morta pela Polícia e vizinhos no quarto do Apartamento onde moravam

O secretário de Governo, Luís Cláudio Sodré, pontuou que os planos para este ano é redobrar os índices, alcançando o feito de 100 pessoas efetivadas. “É um programa que começamos como um exemplo para sociedade e quanto piloto para o Brasil, aqueles que não tiveram a oportunidade de ter suas carteiras de trabalho assinadas e poder dizer que são servidores, demonstrando que aqui nós acolhemos, dizer um basta a essas políticas maldosas com o ser humano, de nada vale se não atender as pessoas com humanização e cuidado, abrindo ainda mais vagas “, reiterou. 

Uma das coordenadoras dos Incuiabá, a secretária-adjunta de Assistência Social, Direitos Humanos e Pessoa Com Deficiência, Christiany Fonseca, enalteceu a dedicação de sua equipe de trabalho na execução das atividades e agradeceu a primeira-dama, Márcia Pinheiro por abraçar mais esta causa enobrecedora.

“Obrigada a todos vocês que nos ajudam a fazer e colocar em prática o projeto, bem como a nossa madrinha, a nossa primeira-dama, Márcia Pinheiro. A Prefeitura de Cuiabá não tem medido esforços para combater as formas de discriminação e preconceitos, fazendo disso, um de seus principais pilares. A luta por uma sociedade mais justa e implementar persiste, dando acesso a  oportunidades e direitos para todos e todas, aberto, especialmente aqueles que enfrentam dificuldades de acesso aos mercado de trabalho, recebendo o devido tratamento como qualquer outro servidor. Já foram contratados homens e mulheres transexuais, travestis, imigrantes, quilombolas, vítimas de pessoas com violência doméstica, cadeirantes e muitos outros grupos sociais”, disse. 

Leia Também:  Secretaria de Meio Ambiente participa de ação em parceria com o Sine da Gente

A servidora Maria Auxiliadora, de 62 anos, comentou que se sente feliz e emocionada com mais chance de poder servir a comunidade, levando junto para casa, o sustento de cada dia. “É uma honra para mim participar de um projeto como este com carteira assinada, agradeço a todos que nos ajudam diariamente, vocês fazem a diferença para nós”, completou. 

Estiveram presentes, o secretário-adjunto de Governo, Wilton Coelho, o secretário interino de Obras Públicas, Rauf Macedo e o vereador Luiz Fernando Amorim. Ao final, o evento contou com o sorteio de brindes aos envolvidos. 

Propaganda

Momento Cidades

Estudantes dos 8º e 9º Anos da EMEB Senador Darcy Ribeiro participaram de visita a Câmara Municipal

Publicados

em

Estudantes dos 8º e 9º Anos da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Senador Darcy Ribeiro, localizada no bairro Jardim Industriário, participaram, na quinta-feira (26), de uma visita guiada ao legislativo municipal. O Projeto Cuiabaninhos é uma iniciativa da Câmara Municipal, realizado em parceria com a Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Educação, e tem como objetivo, discutir temas ligados a cidadania.

A visita dos 35 estudantes começou em frente ao obelisco na Praça Moreira Cabral. No local eles receberam informações sobre o Centro Geodésico da América do Sul e o Campo D´Ourique. Já na Câmara Municipal eles conhecerem o Plenário Ana Maria Couto, o “Plenarinho”, onde participaram de uma palestra sobre o Poder Legislativo. Após o lanche os estudantes visitaram o Plenário das Deliberações Paulo de Campos Borges.

O diretor da escola, Lauro Flávio Sebalhos, e o assessor pedagógico da Coordenadoria de Programas e Projetos da Secretaria Municipal de Educação, Edimilson Moraes, acompanharam a visita guiada e falaram sobre como o projeto auxilia no desenvolvimento dos jovens para construção de uma sociedade mais ativa na política.

Leia Também:  Estudantes dos 8º e 9º Anos da EMEB Senador Darcy Ribeiro participaram de visita a Câmara Municipal

“Como diretor, avalio como muito positivo para as nossas unidades educacionais, auxiliando e complementando a formação dos nossos estudantes como cidadãos. É importante que possamos trabalhar junto com os jovens na construção da cidadania. A Secretaria Municipal de Educação e a Câmara estão proporcionando esse ambiente para o conhecimento. A escola inteira queria participar hoje, mas eu expliquei que vamos participar gradativamente”, disse Lauro Flávio, diretor da EMEB Senador Darcy Ribeiro.

“É um momento ímpar na vida desses adolescentes e, principalmente, no retorno desse projeto tão importante para despertar a cidadania, onde eles aprendem esses conceitos, o que é direito, o que é dever. Despertar o interesse na questão do voto e a participação enquanto cidadãos atuantes da sociedade”, avaliou Edmilson Moraes, assessor pedagógico da Secretaria Municipal de Educação.

Geovanna Soares, de 13 anos, estudante do 8º Ano, gostou da experiência que trouxe conhecimento sobre seus direitos e deveres. “Estou achando muito legal, porque é uma coisa que nós já queríamos antes. Aprendemos muito e, o que quero levar pra minha vida é muito aprendizado. É muito importante o projeto porque informa os nossos direitos, o que podemos ou não fazer. E isso vai estar adicionando o nosso conhecimento”, contou a estudante.

Leia Também:  Prefeito Emanuel Pinheiro convida para o evento de reabertura do Centro Pop nesta segunda-feira (30)

Gabrielly Anne da Silva Costa, do 9º Ano, disse que também aprendeu muito com a visita. “A experiência foi edificante. Essa visita me ajudou a entender como é o trabalho dos vereadores e agora tenho uma boa ideia sobre o assunto”, disse a estudante.

“Como professor vejo essa experiência como bastante gratificante tanto para  nós como para os estudantes, no despertar da cidadania, para que eles possam saber que a democracia é construída com a participação deles também e que direitos e deveres têm locais específicos para serem discutidos”, disse o professor de Inglês e Redação, João Pedro Amorim Franceschi, ex-estudante da unidade.

 

 

 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA