Momento Cidades

Programa AMOR vacina crianças contra Covid-19 na região do Cinturão Verde

Publicados

em

A gestão Emanuel Pinheiro, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, continua concentrando esforços no combate à Covid-19. Nesta quinta-feira (27), a campanha de imunização “Vacina Cuiabá – sua vida em primeiro lugar” chegou à zona rural da Capital para a vacinação das crianças de 5 a 11 anos na região do Cinturão Verde, no Pedra 90.  O trabalho é realizado pela equipe do programa AMOR – Assistência Médica e Odontológica Rural.

A equipe fez o levantamento de aproximadamente 300 crianças da faixa etária que vivem nessa região e que por conta da dificuldade de acesso às unidades de saúde e de locomoção, serão atendidos na Escola Municipal Rural Herbert José de Souza.

“Atualmente nossas equipes atendem em torno de 22 comunidades rurais em Cuiabá. Somos duas equipes compostas por médicos, enfermeiros, dentistas e os auxiliares que atendem como uma unidade de Saúde da Família levando até as comunidades tanto ações da saúde como sociais também, utilizando espaços como escolas, centros comunitários, associações e às vezes até varandas nas chácaras. O Cinturão Verde é uma comunidade rural relativamente próxima à Capital, mas que engloba uma série de outras comunidades e o acesso não é muito fácil. Nessa ação aqui na escola atenderemos cerca de 300 crianças na faixa etária entre 5 e 11 anos”, explicou o enfermeiro  Alan Maique Ribeiro.

Leia Também:  Governo do Estado de Mato Grosso expulsa das fileiras da Polícia Militar Capitão condenado por crimes de estupro de uma menor de 13 anos

O prefeito Emanuel Pinheiro destacou que levar o serviço à zona rural do município representa mais do que a imunização e o combate à pandemia, mas também o cuidado com a população e a humanização da saúde.  “A campanha de vacinação contra a covid-19 tem sido marcada pelo empenho de toda a equipe para levar a esperança que a vacina representa, não medindo esforços para que o atendimento chegue àqueles que não têm condições de ir até o polo central”, ressaltou o prefeito.

A primeira criança vacinada na zona rural de Cuiabá foi o Emanuel Tosta, de 10 anos, que foi acompanhado da mãe, a professora Márcia Tosta. “O programa AMOR é uma benção porque para nós que moramos aqui no Cinturão e nas chácaras fica complicado sairmos daqui para irmos ao Pedro 90, principalmente aqueles que não possuem transporte. Nós mobilizamos toda a comunidade para a vacinação para que viessem, porque se temos esse recurso através da Prefeitura temos que valorizá-lo para que em breve tudo volte ao normal e para que nossas crianças possam voltar com segurança às salas de aula”, pontuou a professora.

Leia Também:  Mulheres no crime: Operação Camada da Polícia Federal deflagrada nesta sexta(13) prende duas mulheres envolvidas no tráfico de cocaína

Já o Davi Augusto, de 9 anos, esteve acompanhado do pai, o senhor Jair Machuinski, que relatou a importância da atuação do programa AMOR na comunidade, bem como a imunização contra a Covid-19.  “Isso aqui é um presente para nós, porque ajuda em tudo. Os postos de saúde estão lotados e temos dificuldades para ter acesso. E agora com a imunização das crianças posso mandar meu filho para a escola sem medo. Eu perdi a minha mãe para a Covid-19, ela não conseguiu se vacinar, mas se tivesse se vacinado tenho certeza de que estaria viva”, comentou o aposentado.

A dona Janete Ferreira levou as duas netas para a vacinação a Poliana, de 6 anos, e a Isabela, de 9 anos. Janete que faz parte do grupo com comorbidades afirmou que ficou feliz com a imunização das netas e que a agora se sente mais segura. “Nós aqui no Cinturão Verde precisamos muito de ações como essa, eu não teria condições de leva-las lá na unidade Beira Rio, então agradecemos muito a Deus e a Prefeitura. Elas estudam então é importante estarem imunizadas, eu também faço parte do grupo de risco, já fui imunizada, então agora nos sentimos mais seguras”, disse.

Momento Cidades

Secretaria de Meio Ambiente efetiva o plantio de 50 mudas de árvores no bairro Ribeirão da Ponte

Publicados

em

A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável (SMADESS), efetivou, no último final de semana, o plantio de 50 mudas de árvores das espécies do cerrado, no bairro Ribeirão da Ponte, situado na Região Oeste da capital. 

O mutirão contou com a participação direta da comunidade local,  e os moradores tiveram a oportunidade de adotar uma delas na porta de suas residências, colaborando de forma significativa em benefícios voltados à sustentabilidade e conforto térmico da cidade. As ações, serão ampliadas por toda a cidade, segundo a Pasta. 

“Iniciamos mais uma ação de replantio de mudas nos bairros de Cuiabá, desta vez no Ribeirão da Ponte, um pedido da líder comunitária Geisi que fez essa solicitação. A Diretoria de Gestão Ambiental fez o projeto e colocamos os trabalhos em prática, onde muitos outros terão essa oportunidade, na busca por uma cidade mais verde, sustentável e muito melhor para se viver”, declarou o titular, Renivaldo Nascimento. 

Dentre as espécies que foram plantadas estão: Ipezinho Amarelo e Branco, Resedá e Flamboyant-mirim, entre outras. Recentemente, os canteiros centrais da Avenida Miguel Sutil, nas proximidades do bairro Santa Rosa,  foi contemplado com os serviços de revitalização. 

Leia Também:  PF deflagrou na manhã desta segunda-feira em MT a Operação Jumbo em busca de quadrilha que movimentava R$ 350 milhões de reais

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA