Momento Cidades

Projeto “Festa na Praça” começa nesta quarta-feira na Praça Alencastro de Cuiabá

Publicados

em

 

A Prefeitura de Cuiabá – por meio da Secretaria Municipal de Turismo  – convida a população para o lançamento do projeto “Festa na Praça”, que será lançado na quarta-feira (27), a partir das 16h30, na Praça Alencastro.

A ação de fomento ao turismo da gastronomia, cultura e lazer é organizada pelo Serviço Social do Comércio- Sesc/Fecomércio. “Apresentamos a proposta a diretoria do Sesc que aprovou mais essa iniciativa da gestão Emanuel Pinheiro e que  serve de alicerce a um projeto antigo da Federação, na busca da valorização dos artistas locais e mais uma ferramenta de aprimoramento turístico da capital”, disse o secretário municipal de Turismo, Oscarlino Alves.

“Há um tempo a gestão mantém tratativas sobre isso, de levarmos alegria às praças públicas, possibilitando que nossa cidade seja ainda mais acolhedora do que ela é. A iniciativa envolve secretaria de Cultura e de Turismo. Agora, quando nossos indicadores apresentam redução nos óbitos por Covid19, é a hora de dispararmos esse projeto. Promovemos cultura, lazer e gastronomia, vamos fortalecer nosso potencial turístico. A gente inicia este projeto piloto para entendermos qual a grandiosidade que teremos que dar para essas praças. Iremos aplicar futuramente”, acrescentou Oscarlino.

Leia Também:  Centro de saúde e SAE do Grande Terceiro realizam 'Dia D' de testagem de HIV, sífilis e Hepatites

A programação do ‘Festa na Praça’  abarca atrações musicais, artesanatos, gastronomia e diversão para as crianças, segue até o mês de dezembro, com eventos sempre as terças-feiras (Praça Alencastro), das 16h30 às 19h e sextas-feiras (Praça do Jardim das Américas), das 18h às 21h.

Também haverá jogos e brincadeiras da cultura popular, ações recreativo-artísticas, jogos de mesa, jogos de tabuleiros, recreação esportiva e outros.

Estamos em busca de novos parceiros a fim de contribuir com o projeto maior, que é o de colocar Cuiabá no centro das atrações turísticas. Mais que isso, valorizar e devolver aos cuiabanos os atrativos existentes na baixada cuiabana”, concluiu Oscarlino.

Colaboram também com o projeto, as secretarias de Cultura, Esporte e Lazer, Secretaria de Turismo, Fecomércio, Sesc, Senac e Rádio Conti.

Outubro:

Abertura na Praça Alencastro: Excepcionalmente no dia 27/10 (quarta-feira);

Abertura na Praça Jardim das Américas: 29/10 (sexta-feira).

Novembro:

Praça Alencastro: 09, 16, 23 e 30/11 (terças-feiras);

Praça Jardim das Américas: 05, 12, 19, e 26/11 (sextas-feiras).

Dezembro:

 

Leia Também:  Vereadora de Cuiabá visita Centro João Ribeiro e conhece as ações de inclusão desenvolvidas em Várzea Grande

Praça Alencastro: 07 e 14/12; (terças-feiras);

Praça Jardim das Américas: 03, 10 e 17/12 (sextas-feiras).

Horários:

 

Praça Alencastro: 16:30 às 19:00 horas

Praça Jardim das Américas: 18:00 às 21:00 horas

 

 

Momento Cidades

Iniciativa ganha importância em VG e se torna opção de geração de renda e fomento ao empreendedorismo

Publicados

em

 

Mais do que fortalecer a agricultura familiar de Várzea Grande, a feira promovida pela prefeitura municipal, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável, está criando um mercado cativo de consumo e estimulando o empreendedorismo entre pequenos produtores rurais e microempreendores. A ‘Feirinha’ como é conhecida, está sendo realizada todas as quartas-feiras, das 8h às 17h, no Paço Municipal. No mix de produtos estão frutas, verduras e hortifrutis produzidos e colhidos pelos próprios produtores, que ofertam produtos frescos e sem intermediários.

Além do colorido típico da feira promovido pelas frutas e verduras, o espaço abre oportunidade para a comercialização de produtos artesanais, em parceria com a Casa de Artes, e ainda para produção caseira de bolos, pães, biscoitos, doces e chocolates. A feirinha está promovendo o empreendedorismo e estimulando os participantes a ampliar sua gama de produtos por meio de novos conhecimentos e investimentos.

Como destaca a primeira-dama de Várzea Grande, a Promotora de Justiça, Kika Dorileo Baracat, nesse momento em que os alimentos ficam mais caros a cada ida ao supermercado, a feira surge como uma importante aliada do orçamento doméstico ao trazer para perto do consumidor opções com qualidade e preços mais acessíveis, direto de quem produz. “Para além desse ganho, há outro impacto positivo nessa concepção de negócios. Vemos muitas mulheres comercializando seus produtos artesanais, mostrando a força do empreendedorismo feminino e como ele pode melhorar a vida das famílias”.

Leia Também:  Hematologista do HemoRio é convidada do projeto 'Refletindo sobre a doença falciforme' nesta quinta-feira

Estudo do Sebrae/MT aponta que 30% dos pequemos negócios criados no Estado são abertos por mulheres.

A concepção da primeira-dama se confirma na história de Neide Nantes, do bairro Centro-Sul, que deixou a corretagem e a representação comercial para se dedicar somente à produção de biscoitos e doces artesanais. “Nesse pouco tempo que passei a integrar a feira, aumentei a clientela, estou com bastante encomenda e a minha projeção financeira de vendas aqui foi superada”. Além de despertar o empreendedorismo, Neide diz com orgulho que foi em busca de conhecimento e criou uma exclusividade: o casadinho de banana.

A ‘Feirinha’ será realizada até a última quarta-feira antes do Natal, ou seja, até o dia 22 de dezembro, quando dá uma pausa em razão das festividades de final de ano e retoma na segunda quarta-feira de janeiro de 2022.

QUALIDADE – Como explica o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável, Célio Santos, todos os produtos comercializados na Feira da Agricultura Familiar de Várzea Grande são cultivados com uso mínimo de defensivos agrícolas e oriundos diretamente das comunidades rurais de Várzea Grande que integram a cooperativa de comercialização, a Coopeveg.

Leia Também:  Primeira-dama e Vila Konceito promovem evento beneficente em prol do Hospital Estadual Santa Casa

“No local temos à disposição frutas, legumes, raízes e folheosas orgânicas, 100% naturais colhidas e transportadas de maneira adequada por nossa equipe técnica. A ação tem a meta de estimular o protagonismo desses produtores em seus negócios, oferecendo à população segurança alimentar e nutricional”.

A promoção da ‘Feirinha’ é apenas uma ação, entre várias realizadas pela Pasta para o fortalecimento de políticas públicas voltadas à comercialização, fomento e incentivo à agricultura familiar e à economia solidária dos pequenos produtores domiciliados nas áreas rurais de Várzea Grande e Baixada Cuiabana.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA