Momento Cidades

Secretaria de Saúde promove vacinação antirrábica de cães e gatos

Publicados

em


Reprodução

Clique para ampliar

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através da Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ), disponibiliza a vacina antirrábica para cães e gatos da Capital. A estratégia de imunização foi reestruturada por conta da pandemia de covid-19, ou seja, para evitar aglomerações nas escolas, onde geralmente ocorriam as campanhas, neste ano, a vacinação vai ocorrer de forma fixa e permanente na sede da Unidade de Vigilância em Zoonoses, que fica localizada na Avenida Mário Palma, s/n, bairro Ribeirão do Lipa, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h30 às 16h30. Não é preciso fazer agendamento prévio para levar o animal.

Devem ser vacinados cães e gatos a partir de 4 meses de vida, animais prenhes e que estejam amamentando. A vacina não tem contraindicação. É aplicado 1 ml via subcutâneo independentemente do porte, idade ou espécie do pet.

Conforme preconizado pelo Ministério da Saúde, a população de cães pode variar entre 10% e 20% em relação à população humana de cada município e a população de animais a serem vacinados pode ser determinada por estimativa populacional ou pela realização do Censo Animal. Dessa forma, a meta é vacinar mais de 61,2 mil cães e 13,6 mil gatos.

Leia Também:  Assentamento Conquista é atendido por força-tarefa de enfrentamento ao frio da Prefeitura de Cuiabá

A raiva é uma doença transmitida ao humano pelo contato com o vírus rábico, através da saliva do animal infectado, sendo cães e gatos os principais responsáveis pela cadeia de transmissão na área urbana. Os morcegos também representam um sério problema na saúde pública, pois mantêm em circulação o vírus rábico, sendo sua presença diretamente influenciada por intervenções ou modificações ambientais feitas pelo próprio homem. 

Entre os anos de 2007 e 2019, foram registrados quatro casos de raiva animal em Cuiabá, sendo um em 2007, em um cão; em 2008 em um morcego e dois em 2016, um cão e um morcego. 

Propaganda

LUCAS DO RIO VERDE

Primeira colheita de horta comunitária abre comemorações de aniversário do município de Lucas do Rio Verde

Publicados

em

Após dois meses de cuidados e preparo da terra, aconteceu neste domingo (01) a primeira colheita da horta comunitária do bairro Tessele Júnior. O evento abre as comemorações de aniversário do município.

A ação contou com a presença do prefeito Miguel Vaz, do vice-prefeito Márcio Pandolfi, da primeira-dama e secretária de Assistência Social, Janice Ribeiro, secretária de Agricultura e Meio Ambiente, Suzana Romancini, secretário de Infraestrutura e Obras, Alexandre Orbolato, demais autoridades e representantes da comunidade.

O plantio de verduras como alfaces, couve e outras folhosas tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos moradores da região, permitindo o uso de um bem comum, mantendo o contato com a terra, além de ganhar conhecimentos sobre os benefícios de uma alimentação saudável.

O projeto conta com ações coletivas. O Município disponibiliza a área, o adubo e as sementes. A comunidade do bairro é responsável pelo plantio das hortaliças, com o apoio técnico da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente.

“O Poder Público cumpre com a sua obrigação de melhorar o espaço dando infraestrutura e apoio técnico para os moradores e eles fazem a sua parte, que é cuidar, mantendo o lugar fértil e próspero, beneficiando todas as famílias aqui da região”, destaca o prefeito Miguel Vaz.

Leia Também:  Campanha ‘Cuiabá por Elas’ realiza doação de mil absorventes às reeducandas

Para ter acesso às verduras, as famílias precisam ser cadastradas através do representante da comunidade, onde a pessoa preenche uma ficha disponibilizando o nome completo, telefone e endereço para poder pegar a verdura na horta. O espaço contará com muro, que está em fase de construção, por meio da Secretaria de Obras e Infraestrutura.

“Nesta primeira horta comunitária já temos 49 famílias cadastradas. Esse projeto já está em andamento nos bairros Jardim Primaveras, Veneza e Jaime Seiti Fujii e estamos estudando a expansão para outros bairros”, revela a secretária de Agricultura e Meio Ambiente, Suzana Romancini.

Antônio Reinaldo Dias Viana é o representante do bairro Tessele Júnior, responsável em organizar os trabalhos da horta e os cadastros para a distribuição, e se sente honrado com a oportunidade.

“Essa horta veio em bom tempo para nós. É uma terapia mexer na terra. O Município nos presenteou com esse cartão-postal, entrando com o suporte e nós, moradores, com a mão de obra” finaliza Antônio.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA