SORRISO

Com apoio da Prefeitura de Sorriso, bairro Santa Clara fará mobilização para falar de dengue

Publicados

em

De acordo com a presidente do bairro, Paula Cristina Barbosa Gonçalves, o bairro conta com muitos terrenos baldios e a meta é lembrar a todos os moradores que todos devem ser compromissados com a limpeza. “Precisamos nos lembrar de fazer a nossa parte e incentivar o outro a também fazer o que é correto; a intenção é mostrar que todos precisam estar inseridos no processo e comprometidos com a saúde do outro”, diz a presidente.

Paula aproveita para lembrar que o cuidado não pode estar relacionado somente aos meses chuvosos. “O mosquito está presente o ano todo e nosso compromisso é combatê-lo diariamente”, frisa. Conforme Paula, cerca de seis mil pessoas residem nos bairros Santa Clara I e II, “além disso a unidade III está em implantação”, pontua.

A coordenadora do Departamento de Vigilância em Saúde, Taynná Vacaro, destaca que no último ciclo o bairro apresentava um índice larvário de 1,22%. “Contudo, esse índice é do período anterior ao início das chuvas; o próximo ciclo encerra somente no fim de dezembro, então o ideal é todos os moradores, independente de bairro, observar seus quinais e eliminar possíveis criadouros e a proliferação do mosquito”, aponta.

Como evitar os criadouros

Entre os principais pontos com larvas estão as plantas. “Registramos muitas larvas em vasos de flores”, alerta Taynná. Por isso, a equipe solicita que os moradores mantenham os pratos de vasos de flores com areia. “E verifiquem qualquer recipiente, grande ou pequeno, que possa acumular líquido”, lembra.

Leia Também:  Assistência Social ofertará 120 vagas para cursos profissionais em Sorriso

Em condições ambientais favoráveis, após a eclosão do ovo, o desenvolvimento do mosquito até a forma adulta pode levar um período de 10 dias. Por isso, a eliminação de criadouros deve ser realizada pelo menos uma vez por semana: assim, o ciclo de vida do mosquito será interrompido.

O secretário de Saúde, Luís Fábio Marchioro, reforça que toda a população precisa estar atenta e manter quintais, calhas e terrenos baldios limpos, evitando criadouros não só de Aedes, mas de vários outros espécimes peçonhentos. “O ideal é que cada bairro se organize, assim como o Santa Clara em ações e trabalho de conscientização; isso reforça o trabalho diário feito pela nossa equipe. Também quero deixar claro que estamos à disposição de todos os bairros para a realização de mobilizações como essa”, diz.

Hoje, 35 agentes de combate a endemias atuam no Departamento de Vigilância, 31 deles diretamente à campo. “Mas lembramos a todos que cada um é responsável pelo seu lar; então é essencial que uma vez por semana verifiquem recipientes, calhas, plantas, cisternas, etc., e que toda a população nos auxilie não descartando lixo a céu aberto, pois muito desse lixo acaba entupindo bueiros e servindo como o criadouro ideal para todo tipo de mosquitos e de animais peçonhentos”, ressalta Luís Fábio.

Leia Também:  Prefeitura emite Ordem de Serviço para construção de uma esco...

Uso de inseticida

Luís Fábio destaca que o Departamento de Vigilância Ambiental tem recebido várias solicitações dos moradores para a aplicação de inseticida devido à grande quantidade de mosquitos na área urbana do município. Porém, há critérios para a aplicação do inseticida. Geralmente, o produto é enviado pelo Ministério da Saúde e só pode ser aplicado quando há ou notificação de caso suspeito ou a confirmação de caso. Sem a notificação não há como aplicar o veneno, pois não haverá a reposição da quantia usada por parte do MS.

A coordenadora de Vigilância em Saúde, Taynná, aproveita para esclarecer que “o veneno mata apenas o mosquito que estiver voando; ele não elimina mosquitos pousados ou as larvas. Então, a melhor recomendação é a eliminação, mantendo tudo limpo”.

Taynná completa ainda que quando há confirmação de ou suspeitas de casos de dengue, o inseticida é imediatamente aplicado em todo o quarteirão do local de suspeita ou confirmação.

 

SORRISO

Prefeitura abre licitação para construção de duas casas mortuária

Publicados

em

As obras terão 87,90 m2 de área construída cada uma, com um valor total estimado de R$ 725.432,22, sendo que, a expectativa é que este valor seja reduzido no processo licitação. O prazo previsto para entrega da obra está estimado em 180 dias.

“Esta é uma reivindicação antiga da população e tão logo saia a licitação, já vamos iniciar as obras. No momento de dor pela perda de um familiar ou amigo as pessoas que residem na região Leste ou no Distrito de Primavera contarão com um espaço adequado que trará conforto e maior traquilidade”, disse a secretária de Assistência Social, Jucélia Ferro.

Os projetos foram elaborados pelos profissionais da secretaria municipal da Cidade (Semcid). “O processo foi encaminhado para licitação e publicado o edital de convocação na terça-feira (18). As empresas interessadas já podem se credenciar e participar do certame”, explicou o secretário da Cidade, Ednilson Oliveira.

Assim como esta tomada de preço, outros processos licitatórios estão no cronograma e podem ser conferidos pelo Portal Transparência, localizado no site da Prefeitura de Sorriso (www.sorriso.mt.gov.br). Os processos licitatórios que são presenciais ocorrem no Departamento de Licitação, que funciona no Paço Municipal. Já na modalidade “pregão eletrônico”, o processo é conduzido remotamente.

Leia Também:  Prefeitura faz reunião com moradores do Nova Aliança I para a...

Confira abaixo a programação atualizada, lembrando que o horário informado é o de Mato Grosso:

20 de janeiro (hoje), às 8h30:

Tomada de Preço 013/2021

Objeto: contratação de empresa especializada para a execução de construção da Praça do Bairro Jardim Aurora no município de Sorriso-MT, conforme memorial, projetos, planilhas e documentos anexo.

24 de janeiro, às 8h30:

Tomada de Preço 014/2021

Objeto: Contratação de empresa especializada para a execução de reforma e ampliação do Centro de Regulação de Sorriso-MT, conforme memorial, projetos, planilhas e documentos anexo.

04 de fevereiro, às 8h30:

Tomada de Preço 002/2022

Objeto: Contratação de empresa especializada para a execução de obra de implantação de dois postos de transformação de energia elétrica para atendimento às demandas do Cemeis Terra Brasil (lote 1) e do Cemeis Mario Raiter (lote 2), conforme memorial, projetos, planilhas e documentos anexo.

08 de fevereiro, às 8h30:

Tomada de Preço 001/2022

Objeto: Contratação de empresa especializada para a execução de construção de duas capelas mortuárias, uma localizada na zona Leste de Sorriso (lote 1) e outra localizada no Distrito de Primavera (lote 2), conforme memorial, projetos, planilhas e documentos anexo.

Leia Também:  Programa VitaMel é apresentado em Nova Ubiratã

21 de fevereiro, às 8h30:

Concorrência Pública 001/2022

Objeto: Contratação de empresa especializada para a execução de obra de construção do Paço Municipal, conforme memorial, projetos, planilhas e documentos anexo.

23 de fevereiro, às 8h30:

Concorrência Pública 002/2022

Objeto: Contratação de empresa especializada para execução de construção, continuação e finalização da construção da Policlínica da Zona Leste, em Sorriso-MT, conforme memorial, projetos, planilhas e documentos anexo.

28 de fevereiro, às 8h30:

Concorrência Pública 003/2022

Objeto: Contratação de empresa especializada para a execução de obra de construção do Complexo da Cidadania, conforme memorial, projetos, planilhas e documentos anexo.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA