SORRISO

Gestores escolares conhecem projeto sustentável com uso de bi…

Publicados

em

Ontem (26) pela manhã, a secretária municipal de Educação e Cultura de Sorriso, Lúcia Drechsler acompanhou uma comitiva formada por gestores escolares da rede municipal para conhecer o projeto realizado na Escola Matilde. “Nossos diretores e coordenadores vieram conhecer o trabalho que está sendo feito aqui, com a conservação do meio ambiente e a disseminação, entre os alunos, de uma nova forma de pensar e praticar a sustentabilidade”, disse Lúcia.

O coordenador do Programa Eco Sorriso, Diogo Martins, também participou da visita e falou sobre as ações necessárias para a preservação do meio ambiente. “O Eco Sorriso visa criar políticas públicas que favoreçam as práticas sustentáveis. Porém, para que tenhamos uma cidade mais sustentável temos que avançar nas questões relacionadas ao meio ambiente e a educação é, sem dúvida, a grande alavanca para alcançarmos esse objetivo”, explicou.

“Esse projeto vem para facilitar que as escolas façam a destinação correta dos resíduos e o que sobra de matéria orgânica, com os restos da alimentação, sejam transformados em biogás e biofertilizante para ser utilizado na horta. Além, de ensinarem às crianças boas práticas sustentáveis”, ressaltou o vice-prefeito, Gerson Bicego, destacando a importância da implantação de hortas nas unidades escolares.

Leia Também:  Campeonato Mato-grossense Infantil e Juvenil será nesse final...

Propaganda

SORRISO

Equipe do Programa VitaMel Mais participa de Dia de Campo em…

Publicados

em

Um dia de campo para conhecer o Meliponário que realiza prática de produção, divisão e multiplicação de enxame de abelhas sem ferrão, de diversas espécies, levou equipe do programa Vita Mel até Alta Floresta para conhecer in loco o processo num todo.

A equipe da SAMA formada membros do Programa VitaMel Mais e 01 produtor foi recepcionada pela secretária de Meio Ambiente de Alta Floresta/MT, Gercilene Meire que explanou sobre o Projeto Meliponicultura.

Em campo, a equipe participou na prática da técnica de multiplicação das abelhas uruçu boca-de-renda, uma espécie sem ferrão.

Conforme o coordenador do VitaMel Mais, Niki Nelson, Alta Floresta é referência em preservação e incentivo na produção de mel, por abelhas sem ferrão. “Fomos conhecer o diferencial dessa variedade de abelhas e do mel que vem ganhando espaço no município e se expandindo pela região. Em Sorriso, produzimos mel a partir das colmeias de abelhas com ferrão. Uma nova variedade pode se tornar uma alternativa para agregar renda extra ao produtor de mel. Futuramente a equipe do projeto do Meliponário Municipal de Alta Floresta virá conhecer nossas colmeia e variedades. Uma troca de informações que vem somar para setor que tem se desenvolvido e subsidiado a agricultura familiar, nos dois municípios”, destaca.

Leia Também:  Equipe do Programa VitaMel Mais participa de Dia de Campo em...

O Programa VitaMel Mais é um programa da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (SAMA).

Fonte: Prefeitura de Sorriso – MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI