SORRISO

Governo Federal publica portaria que destina R$ 1 milhão para a implantação do CIEVS de Sorriso

Publicados

em

Assim que entrar em funcionamento o CIEVS local deve atuar no gerenciamento e monitoramento de informações e também na avaliação de indicadores estratégicos para a preparação e resposta às emergências em saúde pública em nível local, regional e nacional. Entre as atividades também se destacam a implantação de mecanismos de comunicação avançados permitindo oportunizar ações imediatas e a análise de informações recebidas sobre mudanças no cenário epidemiológico.

O secretário de Saúde, Luís Fábio Marchioro, pontua a importância desse novo passo para a saúde pública municipal e regional. “É a tecnologia à serviço da saúde pública da nossa população”, frisa. O gestor acrescenta que esse é um importante patamar de inteligência sanitária regional, com monitoramento dos acontecimentos, para a execução de ações articuladas e rápidas, além de ser um contato direto com o Ministério da Saúde.

“O Governo Federal acompanhou o nosso trabalho e reconheceu que do momento anterior à pandemia para o atual momento vivido, saímos do trabalho de baixa complexidade para alta complexidade”, pontua Luís Fábio.

Para integrar a Rede, pesaram medidas como a organização da campanha de vacinação e o desempenho e indicadores da Vigilância em Saúde. “Claro que ao integrar essa Rede teremos mais trabalho pela frente; mas, temos certeza de que nossa equipe é competente e capaz de trabalhar com urgência e emergência e atender à demanda”, pontua.

O prefeito Ari Lafin também comemora o trabalho realizado. “Integrar o CIEVS é uma honra, pois se trata de uma rede de respostas rápidas a emergências em saúde pública com vigilância ativa, alerta e implementação de tecnologias; isso demonstra que o trabalho realizado aqui deu certo”, diz.

Leia Também:  Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa é celebrado nesta sexta-feira

A participação na Rede é considerada  primordial para que o gestor tome decisões assertivas e também facilita a comunicação com o Ministério da Saúde, Organização Pan-Americana de Saúde e Organização Mundial de Saúde.

Hoje, 129 municípios entre capitais, áreas de fronteira e áreas indígenas compõem a Rede. Além de Sorriso, outros 33 municípios – no Mato Grosso, Rondonópolis também passará a integrar a Rede; passarão a participar do monitoramento.

O convite para Sorriso implantar o CIEVS e integrar a rede foi realizado em Brasília ainda em 9 de novembro, quando o Município apresentou as ações desenvolvidas no combate à pandemia no VI Encontro Nacional da Rede CIEVS. Assim que for implantado, o Centro local deverá funcionar com monitoramento da região e respostas rápidas em emergências de saúde.

Vale lembra que entre as cidades com mais de 40 mil habitantes, Sorriso é o Município com o menor índice de letalidade por covid-19 no Mato Grosso. Os dados constam do Painel da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso que destaca que o Município apresenta uma letalidade de 1,25%, apesar de ser o quinto no ranking estadual em casos de infeccção pelo coronavírus. 

Relembre um pouco do trabalho sorrisense durante a pandemia:

Entre os pontos de destaque do trabalho realizado por Sorriso estão:

– Criação de um Comitê Municipal de Enfrentamento à Pandemia ainda em 16 de março de 2020;

Leia Também:  Nota Fiscal Eletrônica de Lucas do Rio Verde será atualizada a partir de segunda-feira (24)

+ Implantação de um Hospital Municipal de Campanha dotado de toda a infraestrutura para tratar pacientes positivos para a covid-19;

+ Implantação de 6 leitos de UTI para pacientes com covid-19 mantido exclusivamente com recursos próprios municipais, sendo o único do Estado;

+ Monitoramento de casos positivos e suspeitos com acompanhamento, inclusive domiciliar;

+ Boletim diário atualizado com os números apontando o comportamento da pandemia;

+ Disponibilização gratuita de todos os medicamentos necessários para o tratamento de pacientes com covid-19;

+ Central Telefônica 150 atendendo 24 horas diariamente, inclusive aos finais de semana e feriados, mantida pela Secretaria Municipal de Saúde para orientações e denúncias;

+ Serviço de fisioterapia e nutrição especializada para o tratamento de pacientes tanto durante a hospitalização como no pós-alta;

+ Farmácia Pública Municipal 24 Horas aberta diariamente de segunda a segunda;

+ Fiscalização e regramento do convívio social inteligente com foco na orientação;

+ Testagem em massa desde o início da pandemia;

+ Implantação de protocolos municipais de atendimento e acolhimento aos pacientes suspeitos, positivos e familiares;

+ Vacinação acelerada desde o dia 20 de janeiro de 2021 quando o Município recebeu e aplicou a primeira dose (a primeira pessoa imunizada em Sorriso foi a enfermeira da linha de frente Aparecida Lourdes Chinez, de 62 anos);

+ Hoje, Sorriso é um dos municípios que lidera a aplicação de vacinas contra a covid-19 no Estado;

+ Organização de comunicação com apoio irrestrito da imprensa local e o Departamento de Comunicação do Município.

SORRISO

Coleta de resíduos sólidos será no Setor 8 em Sorriso

Publicados

em

O que é recolhido durante a coleta?

A equipe passará nos bairros recolhendo móveis e eletrodomésticos velhos e inservíveis; e resíduos sólidos provenientes da limpeza de jardins (folhas e restos vegetais que podem servir como criadouro de insetos e animais peçonhentos, como a grama quando é cortada).

Como acomodar os resíduos?

A orientação é que estes resíduos sejam colocados em sacos de até 60 kg e guardados dentro de cada quintal até a semana da coleta.

Quando devo disponibilizar o lixo seco para coleta?

Até 05 dias antes do início da coleta no seu bairro, visto que colocar estes resíduos nas calçadas fora do período correto pode gerar multa.

Não serão recolhidos

Aqueles galhos maiores, resultado de podas, devem ser levados pelo próprio morador até o Depósito Municipal de Entulhos e Galhadas (DMEG – antigo Lixão). Neste mesmo local devem ser destinados os restos de construção civil e os resíduos industriais.

Dúvidas sobre a coleta de resíduos? Ligue 150. Neste número, que é da Ouvidoria da Prefeitura, é possível tirar dúvidas, tecer críticas ou elogios aos serviços prestados pela Administração Municipal de Sorriso. É por este número também que são obtidas informações e orientações sobre a covid-19.

Leia Também:  Unidades básicas de saúde dos bairros Novo Colorado, Novo Terceiro e Santa Isabel realizam apenas testagem da covid e vacinação

 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA