SORRISO

Por meio da Sala do Empreendedor, Secretaria de Desenvolvimen…

Publicados

em


“Apesar de termos vivido um ano com grandes restrições, tanto empresários quanto quem busca entrar no mercado de trabalho, continuaram buscando capacitações”, frisa o secretário de Desenvolvimento Econômico, Cláudio Oliveira. “Durante a pandemia muita gente teve que fechar seu negócio; outros perderam seus empregos; então, o que nós buscamos para 2022 é ofertar formas de empresários e trabalhadores voltarem ao mercado de trabalho, quer seja com informações e auxílio na documentação para abertura e manutenção de empresas, quer seja com a disponibilização de cursos e capacitações”, explica.

Segundo Oliveira, para 2022 a pasta prevê o investimento de R$ 300 mil para fomentar as demandas relacionadas a micro e pequenos empreendedores. Desse valor, 60% é destinado para a gestão empresarial e 40% para formações profissionais. Inicialmente para esse ano, estão previstos cursos profissionalizantes em 28 áreas profissionalizantes, também em parceria com o Sistema S. “Nossa intenção é fomentar o pequeno empreendedor e também dar opções para quem busca uma vaga no mercado. Hoje observamos várias empresas instaladas aqui que buscam mão-de-obra qualificada fora e queremos inserir cada vez mais sorrisenses no mercado de trabalho”, acrescenta.

Leia Também:  Na Blumenau, Semsep faz 137 autuações em três meses

O secretário salienta que quem deseja auxílio é só procurar a Sala do Empreendedor na Avenida Blumenau, das 7 às 13 horas de segunda a sexta-feira, anexo à Secretaria de Desenvolvimento Econômico. A Sala do Empreendedor presta serviços como informações e orientações sobre registro e legalização de empresas; pesquisa de nomes e registro de marcas; pesquisas fiscais sobre os titulares, sócios e empresas; orientação sobre condição de microempreendedor e empresa de pequeno porte e informações sobre linhas de crédito. Além da equipe que atende diretamente na Secretaria, ainda há pontos de atendimento no Ganha Tempo, nos Distritos de Primavera e Boa Esperança e o atendimento itinerante que percorre as comunidades do interior.

Conforme Oliveira, a Sala do Empreendedor também conta com o “Programa Desenvolve Sorriso”, este em parceira com a Câmara dos Dirigentes Lojistas, Associação Comercial e Empresarial de Sorriso, Sistema S, cooperativas e instituições educacionais, bancárias e demais secretarias. O Desenvolve Sorriso tem o foco em capacitações e consultorias destinadas a qualificar e ou inspirar os empreendedores a adotarem as melhores práticas de gestão, visando o crescimento e o desenvolvimento das empresas. O programa segue um ciclo com sensibilização; diagnóstico; capacitação e acompanhamento das empresas que buscam auxílio.

Leia Também:  Equipe debatem ação de combate à dengue no Assentamento Jonas...

Indicadores

Hoje Sorriso possui 13.441 empresas ativas; 1.772 foram abertas em 2021. O mercado de trabalho local conta com 31.453 pessoas em empregos ativos; desse total 3.885 vagas foram geradas entre janeiro a dezembro de 2021, gerando um saldo positivo de 318% em relação ao ano anterior quando foram geradas 810 vagas. Os dados são do Caged com data de 30 de dezembro de 2021.

Propaganda

SORRISO

Prefeito de Sorriso recebe prêmio do Sebrae de Prefeito Empre…

Publicados

em

Ao todo, 27 projetos de 18 cidades foram inscritos para disputar a premiação nas seguintes categorias: Desburocratização; Sala do Empreendedor; Empreendedorismo na Escola; Governança Regional e Cooperação Intermunicipal; Compras Governamentais; Marketing Territorial e Setores Econômicos; Inovação e Sustentabilidade; e Cidade Empreendedora.

Por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Sorriso disputou a premiação em duas categorias – Sala do Empreendedor e Inovação e Sustentabilidade – e o prefeito Ari Lafin foi o vencedor na categoria Sala do Empreendedor, com o ‘Programa Desenvolve Sorriso’. O secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Marcelo Lincoln, o coordenador da Sala do Empreendedor, Leonardo Kozak e o secretário executivo do Cidesa, Cláudio Drusina acompanharam o prefeito na premiação.  

“Queremos compartilhar com todos os sorrisenses essa conquista, principalmente com a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, pois é o reconhecimento de um trabalho de qualidade que chega até a vida dos nossos cidadãos. Acreditar no empreendedorismo faz com que a cidade possa evoluir e, assim, dar oportunidade a todos, com geração de emprego e renda. Parabéns Sorriso, esse prêmio é nosso”, disse Ari durante a premiação.

Leia Também:  Criança de 11 anos que morreu no acidente entre ônibus e carreta em Sorriso MT nesta terça havia postado mensagens de amor à mãe

O evento teve a participação dos prefeitos e secretários dos 34 municípios que participam do Programa Cidade Empreendedora no Estado de Mato Grosso, e contou com palestras de personalidades como o medalhista olímpico, Lars Grael; o jornalista, especialista em economia ambiental, Dal Marcondes; o estudioso de Inovação e Economia Digital Professor Gil Giraldelli; a empreendedora, consultora de empresas Soraia Schutel; doutora em cidades Inteligentes Stelia Hiroki.

 “Um evento de alto nível em que buscamos conhecimento e, acima de tudo, fazer com que tudo aquilo que estamos aprendendo junto ao Sebrae possa ser aplicado em nossos municípios, melhorando a qualidade de vida dos munícipes. Nós gestores precisamos dessas ferramentas tão importantes”, frisa Ari.

Foco no meio ambiente 

Cumprindo agenda na capital do Estado, o prefeito Ari Lafin, que é presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico e Socioambiental (Cidesa), esteve reunido ontem (18) com o governador Mauro Mendes e representantes do Governo do Estado, para tratar diversos assuntos como infraestrutura, desenvolvimento econômico e, principalmente, meio ambiente.

Leia Também:  Águas de Sorriso conclui perfuração de novo poço tubular prof...

De acordo com Ari, a pedido do governador, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) conduzirá alguns assuntos importantes de desembargos ambientais por meio de uma Comissão formada por técnicos e o Cidesa ganhou uma cadeira no grupo de trabalho para discutir regularização ambiental. 

“Foi autorizado pelo governador a presença efetiva do Consórcio nas discussões ambientais da região, que envolvem diversas questões de interesses em prol do setor agrícola, industrial e comercial”, explicou Ari. “Aproveitamos a agenda também para tratar sobre a BR-163, pois o Cidesa tem interesse nesta concessão, porém entendemos que o Governo do Estado está em tratativas com o Ministério da Infraestrutura, via Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) para que o mais rápido possível tenhamos uma resposta sobre a duplicação da rodovia. A luta pela BR-163 é constante”, complementou.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA