SORRISO

Boletim médico divulgado esta tarde indica que motorista do ônibus que se envolveu em acidente nesta terça na BR 163 MT está em coma induzido

Publicados

em

o motorista do ônibus Expresso Itamarati, Edmilson Pereira Campos, que se envolveu em um grave acidente na BR-163 na manhã de terça-feira (17), já passou por uma cirurgia e está em coma induzido, se recuperando bem, informou a família.

Pereira estava há mais de 10 horas trabalhando e ainda chegou a relatar uma parada em Lucas MT, onde o ônibus teve um problema mecânico. 

De acordo com as informações apuradas pela reportagem junto com um familiar, Edmilson está consciente. Ele sabe que operou e que teve o braço amputado. Mas, depois, ficou bastante agitado e nervoso, diante da situação do acidente.

A equipe médica decidiu coloca-lo em coma induzido. “O quadro dele é estável, mas requer cuidados. Ele fraturou algumas costelas e vai passar por novos exames para saber se há outras fraturas pelo corpo”. Um dos filhos do motorista o acompanha no hospital.

Áudio

Antes do acidente, Edmilson encaminhou um áudio no grupo dos trabalhadores informando que teve um problema mecânico no ônibus. Ele informou que a mangueira do reservatório rachou, mas com a ajuda de dois colegas, tudo foi resolvido.

Leia Também:  Prefeitura de Sorriso se dispõe a construir hangar para helic...

No final, ele agradeceu a Deus por tudo ter dado certo. Ele estava há mais de 10 horas tentando terminar a rota Cuiabá – Sinop.

Mortes confirmadas

Após uma série de informações desencontradas, devido ao volume de atendimento que estava sendo realizado no local do acidente, a Perícia Oficial e de Identificação Técnica (Politec) de Sinop confirmou a identidade de 8 mortos no acidente.

Os primeiros nomes confirmados foram da professora da rede estadual de ensino, Sidinei de Oliveira Cardoso, 48, e do filho dela, Carlos André Fidelis Oliveira Cardoso, de apenas 13 anos.

Já ao longo da tarde, mais vítimas foram identificadas, sendo elas: Maria Carneiro, de 60 anos, e Alfredo Lopes da Silva, 65. Ambos eram moradores do Praeirinho, em Cuaibá.

Também foi confirmada a morte da jovem Deborah Costa de Almeida, de 21 anos, moradora do Pedra 90. Outro jovem de 21 anos que perdeu a vida no acidente foi Pedro Henrique Rodrigues Leal Pinto, que era morador de Sinop. Além da maquiadora Brenda Nunes Ronsoni, de 23 anos, também moradora da cidade.    

Leia Também:  Prefeitura investe mais de R$ 2,4 milhões em equipamentos de...

Por fim, foi confirmada a morte do papiloscopista , Clayton Aparecido da Silva, 37. Clayton era servidor da Politec lotado na Gerência de Identificação de Sinop. “Clayton morava em Nova Mutum e estava indo à Sinop, onde cumpriria a escala de plantão. Ele foi socorrido com vida, porém não resistiu […] aos familiares, colegas e amigos, nosso profundos sentimentos e solidariedade”, diz nota da Politec de Sinop..

 

Otav io Ventureli(da redação com assessorias e GD)

SORRISO

Juiz Anderson Candiotto absolve criminoso que matou e arrancou o coração da própria tia em Sorriso MT

Publicados

em

A Justiça absolveu, nesta sexta-feira (24), Lumar Costa da Silva, acusado de assassinar a tia com golpes de faca e arrancar o coração dela, em julho de 2019, em Sorriso, no Mato Grosso.

A decisão foi assinada pelo juiz Anderson Candiotto(FOTO), da 2ª Vara Criminal da Comarca de Sorriso MT.

“Diante do exposto, absolvo sumariamente o réu Lumar Costa Da Silva, já qualificado nos autos, da acusação da prática dos delitos capitulados no (i) art. 121, §2º inciso II (motivo fútil), inciso III (meio cruel), inciso IV (recurso que dificultou a defesa da vítima) e inciso VI (feminicídio), do Código Penal”, decidiu o juiz.

Por se tratar de absolvição sumária imprópria, em que se vincula o acusado a uma medida de segurança, o juiz determinou a internação de Lumar em um hospital de custódia e tratamento psiquiátrico por prazo indeterminado.

O réu deve ser internado em São Paulo, local onde tem familiares, já que o código penal define que o cumprimento de pena ocorrerá em local próximo ao meio social e familiar

Leia Também:  Pait e usinas de energia solar são temas de reunião com Aces...

Ainda segundo o magistrado, a medida de internação é necessária, visto que o comportamento do acusado, portador de Transtorno Afetivo Bipolar Tipo I, é claramente um perigo a terceiros, razão, inclusive, para que a internação seja determinada cautelarmente.

“O réu não faz jus ao benefício de aguardar eventual recurso em liberdade, dada a extrema gravidade dos crimes praticados e sua manifesta periculosidade, revelando-se a manutenção de sua custódia necessária para a segurança da sociedade e do próprio acusado”, finalizou o juiz.

Lumar morava em São Paulo e foi para Sorriso após um desentendimento com a mãe. Ele foi acolhido pela tia Maria Zélia, em Sinop, porém a mulher o expulsou de casa ao saber que era dependente químico.

No dia do assassinato, Lumar estava sob efeito de drogas e tinha alucinações. Afirma que não sabia o que estava fazendo e não conseguia distinguir a realidade da fantasia.

Em 2 de julho de 2019 ele atacou a tia e a matou a facadas. Com a arma ele arrancou o coração da mulher e a levou para a prima, filha da vítima.

Leia Também:  "Unidade de Tangará da Serra é uma das melhores estruturas do Sistema Penitenciário de MT", afirma desembargador Orlando Perri

Roubou o carro da prima e tentou sequestrar a filha dela, uma menina de 7 anos. Com o carro ele bateu numa subestação de energia tentando incendiar o local.

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI