Momento Cidades

Vereadora de Cuiabá visita Centro João Ribeiro e conhece as ações de inclusão desenvolvidas em Várzea Grande

Publicados

em

 

A vereadora por Cuiabá, Michelly Alencar (DEM) visitou o Centro Municipal de Atendimento e Apoio à Inclusão “João Ribeiro Filho”,  na manhã desta segunda-feira, 29,  para conhecer o trabalho desenvolvido no órgão voltado a inclusão e a educação especial da Rede Municipal de Várzea Grande.

Recebida pelo secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidelis, juntamente com a superintendente Pedagógica, Luz Marina Coelho e pela coordenadora-geral do Centro, Benedita Loadir Pereira Leite, a vereadora acompanhou de perto um pouco da rotina dos estudantes e da equipe técnica composta por professores, psicólogos e fisioterapeutas.

O secretário Silvio Fidelis destacou que o Centro é referência em Mato Grosso com atividades para crianças que apresentam autismo, síndrome de Down, deficiência física, visual, auditiva, deficiência intelectual e outros transtornos de hiperatividade (TDH), transtorno de leitura e escrita (Dislexia) e transtorno de aprendizagem. Esses alunos recebem atendimento especializado nas áreas de psicologia, fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, serviço social e Psicomotricidade Aquática.

Fidelis observou que antes da pandemia, o centro atendia cerca de 450 alunos. Após as restrições impostas durante este período, os atendimentos do Centro João Ribeiro estão sendo retomados seguindo os protocolos de biossegurança e para o ano que vem existe a possibilidade da retomada gradativa das ações. “Durante o período mais crítico da pandemia, a estratégia adotada foi o programa de visitas agendadas às famílias dos alunos inclusos no sentido de levar o acolhimento para reforçar o vínculo entre estudantes e a equipe de profissionais do Centro”,  explicou.

Leia Também:  Inspetor Adriano pede se Prefeito de Primavera do Leste irá cobrar passaporte vacinal

Para 2022, a expectativa é a ampliação do atendimento para a educação especial através das salas de recursos multifuncionais que estão sendo instaladas em várias unidades educacionais da rede municipal de Várzea Grande.

A vereadora Michelly agradeceu o secretário Silvio Fidelis pela oportunidade da visita, parabenizou a equipe de profissionais do Centro João Ribeiro e disse que ficou impressionada com a estrutura, com a gestão e com as ações que são desenvolvidas para o acolhimento e inclusão dos alunos especiais da rede pública. “Vou sair daqui com o compromisso de fazer uma indicação ou um anteprojeto para que Cuiabá possa ter um local que atenda as crianças e adolescentes com tanta atenção, carinho e profissionalismo como este aqui em Várzea Grande. Vocês realmente estão de parabéns”,  declarou.

Momento Cidades

Primeiro dia de vacinação contra Covid-19 na Guia tem boa adesão e mais de 100 crianças são imunizadas

Publicados

em


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

O temor da agulha, sensação muito comum entre as crianças quando são submetidas a alguns procedimentos médicos, dá sinais de que é coisa do passado. É o que demonstrou o primeiro dia de vacinação infantil, no Distrito de Nossa Senhora da Guia, zona Rural de Cuiabá, que começou na quarta-feira (26). Na ocasião, 106 crianças receberam a primeira dose da vacina pediátrica da farmacêutica Pfizer, contra a Covid-19.

A imunização ocorre  no salão aos fundos da Igreja Matriz Nossa Senhora da Guia, tendo em vista, que a região conta apenas com uma Unidade Básica de Saúde (UBS) direcionada ao atendimento dos adultos. Conforme determinação do Ministério da Saúde, a vacinação infantil deve ocorrer de forma separada dos demais grupos. O polo atende inicialmente crianças de 5 a 11 anos com comorbidades, que moram com pacientes imunossuprimidos, quilombolas e aquelas entre 8 e 11 anos completos, sem comorbidades.

O prefeito Emanuel Pinheiro destacou que a batalha contra o coronavírus não pode parar, sendo esta uma prioridade em sua gestão e afirmou estar aliviado com a inclusão dos pequenos no cronograma nacional. 

Leia Também:  Inscrições para eleições do Conselho Estadual de Cultura encerram na segunda-feira (31)

“Como não podemos disponibilizar muitas UBS para a imunização das crianças, porque ainda estamos imunizando os adultos, além de atendermos vários pacientes com sintomas gripais, pedi que colocassem ao menos uma unidade em cada regional, para facilitar o acesso da população. Estamos fazendo a nossa parte, cuidando da nossa gente e acima de tudo zelando pela saúde e bem-estar dos cuiabanos. Vamos continuar avançando. Nossa meta é vacinar a todos, o vírus não é brincadeira”, reforçou. 

Heloisa Lopes Martins, de apenas 8 anos, acompanhada por sua avó, Vanda Miranda, foi uma das primeiras crianças a serem imunizadas. Ela disse que estava ansiosa pela chegada do grande dia e garantiu que não sentiu medo da picadinha. “Estou feliz, tenho muito medo do vírus e quis tomar a vacina logo, agora estou mais tranquila”, disse a garota. Vanda não escondeu o entusiasmo em estar presente ao lado da neta neste momento tão importante, salientando que restava apenas ela na família que ainda não havia se protegido do vírus. 

Leia Também:  Prefeito conclama população a manter cuidados em relação ao mosquito Aedes aegypti: "é preciso ficar sempre vigilante"

Uma recepção para lá de divertida foi preparada com todo amor e carinho pela equipe de saúde com painel decorativo, máscaras de personagens infantis, balões e até a entrega simbólica de certificado aos mini corajosos que compareceram ao local. 

Na próxima semana, o cronograma disponibilizará a aplicação da Coronavac para faixa etária de 8,9,10 e 11 anos sem comorbidades no Distrito.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA