Momento Curiosidades

Homem compra Lamborghini após receber US$ 4 milhões em empréstimos ilegais

Publicados

em


source
carro
P Cox/Alamy

David Hines comprou um carro esportivo Lamborghini Huracan 2020 por US$ 318.000, alegam autoridades federais


Um homem da Flórida, que comprou bens de luxo – incluindo um carro esportivo Lamborghini -, depois de receber quase US$ 4 milhões (R$ 20 milhões) em empréstimos ilegalmente , foi acusado de fraude nos EUA. A quantia era destinada a ajudar pequenas empresas atingidas pela pandemia do novo coronavírus.


Uma queixa do Departamento de Justiça dos EUA alega que David Hines solicitou, em nome de algumas empresas, cerca de US$ 13,5 milhões em empréstimos, e usou o dinheiro que recebeu para fazer compras em lojas e resorts de luxo em Miami Beach.

Hines foi acusado de uma série de fraudes bancárias , declarações falsas para uma instituição financeira e de se envolver em transações em recursos ilegais.

Leia Também:  Pesquisadores descobrem fungo que transforma cigarras em "zumbis"

“Poucos dias depois de receber os fundos, Hines comprou um carro esportivo Lamborghini Huracan 2020 por aproximadamente US$ 318.000, que ele registrou em seu nome e no nome de uma de suas empresas”, disseram autoridades fiscais.

Pelo menos 15 outros indivíduos foram acusados ​​em casos semelhantes aos que envolvem Hines, incluindo réus na Virgínia, Texas e Ohio.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Momento Curiosidades

Pesquisadores descobrem fungo que transforma cigarras em “zumbis”

Publicados

em


source
Cigarra
Pixabay

Fungo consome parte do corpo das cigarras.

Um grupo de pesquisadores dos Estados Unidos descobriram que uma população de cigarras está sendo infectada por um fungo parasita que as controlas e faz com que infectem outras espécies. Os grupos infectados foram apelidadas de “cigarras zumbis”.

Elas foram infectadas e estão sob influência do Massospora, um fungo com substâncias químicas similares às encontradas em cogumelos alucinógenos. Depois de infectar o hospedeiro, o fungo corre os órgãos genitais, a bunda e o abdômen das cigarras. Eles são subsistuídos por esporos que transmitem o fungo.

As cigarras infectadas pelo fungo foram descobertas em junho deste ano por pesquisadores da Universidade de West Virginia. Ao todo, foram encontradas três populações diferentes que entraram em contato com o fungo.

Leia Também:  Calçada desaba e cratera ‘engole’ duas pedestres na China; veja o vídeo

Entretanto, como as cigarras tem ciclos de vida de até 17 anos, mas vivem no subsolo por mais de uma década, os pesquisadores acreditam que será difícil estudar como o fungo age nos animais.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA