Momento Curiosidades

Médico israelense é despedido por cuspir em imagens de Jesus

Publicados

em


source
.
Twitter/Reprodução

O médico foi visto removendo roupas de proteção antes de cuspir em três imagens


Um médico israelense foi demitido depois de cuspir em retratos de Jesus , enquanto visitava uma casa cristã para fazer um teste de Covid-19. Quando confrontado, ele afirmou que as imagens eram uma forma de idolatria proibida pela bíblia hebraica.


O incidente aconteceu no domingo (15), quando o médico foi ao quarteirão – cujos moradores são todos cristãos , segundo relatos da mídia. As imagens de uma câmera de segurança mostram o suspeito removendo a máscara e o macacão antes de se virar e cuspir três vezes consecutivas.

Ele, então, é visto colocando sua máscara de volta e entrando em um elevador. Ao sair do prédio, o médico foi confrontado pelo morador que filmou a conversa em um celular . Quando o inquilino perguntou por que ele cuspiu nas fotos, o funcionário demitido respondeu: “Isso é adoração estrangeira.”

Leia Também:  Convenção de swing deixa dezenas de infectados por Covid-19

O vídeo mostra o  homem protestando contra o médico, dizendo-lhe: “Você cuspiu nas minhas imagens, nas quais acreditamos, diante dos meus olhos. Por que você fez isso?”. O médico responde: “Em nossa Torá está escrito que, tanto quanto possível, a adoração estrangeira deve ser mantida longe”.

Em um tweet, o Serviço de Ambulâncias de Israel disse que “condena veementemente” as ações e que o ex-funcionário era ” indigno de representar a organizaçã o”.

Propaganda

Momento Curiosidades

Família descobre cobra píton que vivia há um ano no telhado de casa; assista

Publicados

em


source
cobra descendo pela janela do lado de fora da casa
Reprodução/ABC Sydney

A família descobriu que cobra vivia há 1 ano no teto de casa

Em Wyoming, na Austrália , uma família descobriu que uma cobra píton vivia escondida no teto de sua casa há um ano. Durante esse período, os moradores da residência escutavam barulhos estranhos, mas não sabiam de onde vinham, até que o animal finalmente foi visto. As informações são do site britânico  Daily Mail .

Nas imagens gravadas pela própria família, a cobra de três metros aparece deslizando para fora do telhado e descendo pela janela da casa. O vídeo foi compartilhado em um grupo do Facebook pela mãe da família e chamou a atenção das pessoas.

Segundo o portal, a mãe da família, Peta Norton, disse que o marido dela costumava brincar que os barulhos vindos do telhado eram de uma cobra. Para a surpresa de todos, realmente tratava-se de uma. “Suspeitamos que uma píton poderia ter entrado em nosso telhado e esta noite nossas suspeitas foram confirmadas”, escreveu a mãe de família em rede social.

Leia Também:  Cidade proíbe fumar cigarro em apartamentos; maconha está liberada

Norton ainda registrou na publicação que espera que o animal tenha “encontrado seu caminho”, já que existe uma área de vida selvagem do outro lado de uma estrada, próximo à residência da família.


Ainda de acordo com o portal, as obras Python não são venenosas, mas a mordida desses animais é tão forte e dolorosa que pode matar as presas, moendo seus ossos. Além disso, esses répteis costumam ser bem compridos. A píton-real é o maior de todos, alcançando até 10 metros de comprimento.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA