Momento Curiosidades

Mulher desenvolve doença medieval após tomar medicação para enxaqueca

Publicados

em


source
doença
The New England Journal of Medicine

Doença é causada pelo consumo de produtos contaminados pelo fungo esporão-do-centeio


Uma indiana, de 24 anos, teve uma reação rara dentro de seu corpo após tomar medicamento para enxaqueca. Ela passou sentir queimação nas pernas, desde a coxa até os dedos dos pés: uma condição incomum, que apresentava numerosos surtos na Idade Média, conhecida como “Fogo de Santo Antônio”. 


O nome oficial dessa enfermidade é ergositmo , uma intoxicação causada pelo consumo de produtos contaminados pelo fungo esporão-do-centeio. O curioso caso foi publicado em forma de pesquisa no periódico científico New England Journal of Medicine.

O estudo dizia que a “paciente, em terapia antirretroviral, apresentava dor intensa e ardente nas pernas após tomar ergolina para enxaqueca. A angiotomografia revelou estreitamento difuso e simétrico das artérias nas duas pernas,  equivalente ao ergotismo “, conforme relatado pelo Daily Star.

Leia Também:  Moradores encontram cobra de 2 metros dentro de banheiro; assista

O ergotismo foi praticamente eliminado no século XIX, com a remoção frequente do fungo. Atualmente, é causado  por medicamentos que podem ter uma dose muito alta ou um longo período de tratamento de ergolina.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Momento Curiosidades

Moradores encontram cobra de 2 metros dentro de banheiro; assista

Publicados

em


source
COBRA
Pixabay

Depois de ser capturado, animal foi levado para um local seguro

Os moradores de uma casa na Califórnia, nos Estados Unidos , ficaram surpresos ao encontrarem uma cobra de quase dois metros dentro do banheiro. O episódio aconteceu no último dia 7 e foi filmado. Ela foi levada para um local seguro.

No vídeo, é possível ver um capturador de cobras agindo e retirando o animal de dentro do vaso sanitário. Depois de alguns minutos tentando prender o animal em uma vara, o profissional consegue retirar a cobra do vaso. Confira:

A família disse que o animal não era venenoso, mas acreditou que ele poderia oferecer perigo aos animais de estimação da casa. Um dos integrantes também disse não saber como a cobra apareceu dentro do vaso sanitário. 

Leia Também:  Moradores encontram cobra de 2 metros dentro de banheiro; assista

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA