Momento Curiosidades

Religioso culpa casamento gay pela Covid-19 e testa positivo para a doença

Publicados

em


source
foto
Getty Images

Patriarca Filaret é líder da Igreja Ortodoxa Ucraniana do Patriarcado de Kiev


Um importante líder religioso da Ucrânia, que no início deste ano atribuiu a pandemia do novo coronavírus ao casamento entre pessoas do mesmo sexo , testou positivo para o vírus, anunciou, nesta sexta-feira (11), em um comunicado divulgado em seu site e no Facebook.


Patriarca Filaret, 91, que lidera a grande Igreja Ortodoxa Ucraniana – Patriarcado de Kiev, contraiu a Covid-19 e está internado em um hospital. “Pedimos que continuem a orar por Sua Santidade, o Patriarca Filaret, para que o Todo-Misericordioso e Todo-Poderoso Senhor Deus o cure”, continua o comunicado.

Esta não é a primeira vez que Filaret ganhou as manchetes ao falar da pandemia global do novo coronavírus, que matou quase 3 mil pessoas e infectou mais de 140 mil na Ucrânia.

Leia Também:  Policiais apreendem 160 kg de maconha, entregam só 1 kg e vendem o restante

Em uma entrevista de março a uma TV local, ele chamou a crise de ” punição de Deus pelos pecados dos homens e pela pecaminosidade da humanidade”. “Em primeiro lugar, me refiro ao casamento entre o mesmo sexo “, acrescentou. “Esta é a causa do vírus”.

Após os comentários polêmicos de Filaret, o grupo ucraniano de direitos LGBTQ+, Insight, entrou com uma ação contra ele em abril. “Nosso objetivo é mostrar às pessoas que não há mais lugar para tais declarações de religiosos na Ucrânia”, disse a líder do Insight, Olena Shevchenko, à época.

processo buscava um pedido de desculpas de Filaret por divulgar informações falsas e um direito de resposta na emissora de TV que transmitiu seus comentários polêmicos.

Em resposta ao processo da Insight contra Filaret, a Igreja Ortodoxa do Patriarcado de Kiev emitiu uma declaração em abril dizendo que, “como chefe da igreja e como homem, o Patriarca tem a liberdade de expressar suas opiniões, que são baseadas na moralidade.”

Embora a Europa tenha a reputação de ser relativamente progressista no que diz respeito às questões das minorias, a Ucrânia não está entre os países mais amigáveis  do continente. 

Leia Também:  Homem 'empresta' esposa ao cunhado por dinheiro; mas agora ela não quer voltar

Propaganda

Momento Curiosidades

Policiais apreendem 160 kg de maconha, entregam só 1 kg e vendem o restante

Publicados

em


source
a
Reprodução

Os policiais suspensos teriam reportado apenas 1 kg de contrabando e vendido o restante


Quatro policiais, incluindo dois subinspetores e dois chefes de polícia, foram suspensos depois de terem relatado, erroneamente, a quantidade de maconha apreendida de um traficante de drogas durante uma operação no início deste mês, de Delhi, na Índia.


Autoridades de segurança indianas disseram que a operação foi conduzida por uma equipe da delegacia de Jahangirpuri, durante a qual aproximadamente 160 kg de maconha foram apreendidos. No entanto, apenas um quilo da droga foi entregue pelos agentes.

Os outros 159 quilos foram divididos entre eles, que venderam boa parte do entorpecente . Além disso, eles teriam liberado o traficante após receberem suborno. 

Leia Também:  Policiais apreendem 160 kg de maconha, entregam só 1 kg e vendem o restante
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA