Momento Destaque

Através de denúncia anônima ação da Polícia Civil prende caminhoneiro transportando fertilizantes adulterados em propriedade rural

Publicados

em

A polícia civil através do Grupo Armado de Resposta Rápida “Garra” da Delegacia Regional de Nova Mutum-MT, prendeu um motorista de 43  anos e apreendeu na tarde desta quarta-feira (02), por volta das 16h00, uma Carreta Volvo FH 440 de cor vermelha,placa de Porto Rico/PR, carregada com fertilizantes adulterados.

A apreensão e a prisão  ocorreu em uma propriedade Rural, as margens da MT-249, cerca de 25 km de Nova Mutum-MT, sentido ao município de São José do Rio Claro-MT.

A equipe policial foi informada através de uma denúncia anônima, de que o suspeito estaria transportando fertilizante adulterado, para serem usados em lavouras.

Diante a informação a equipe do  Garra se deslocou ao local e constatou que a carga  estava avaliada em R$ 98.000,00 (Noventa e oito mil reais).

Na ocasião o material original era substituído por um produto de baixa qualidade, o mesmo não serve para ser usado em lavouras.

O homem preso confessou à polícia que receberia cerca de  seis  mil reais  para o transporte e adulteração do produto.

Leia Também:  Em discurso na ONU nesta terça(22) Presidente Bolsonaro afirma que seu Governo é vítima de uma das mais brutais campanhas de desinformação

Diante dos fatos, o mesmo foi encaminhado, juntamente com a carreta apreendida á delegacia judiciária civil para as devidas providências.

A Polícia Civil deverá instaurar inquérito para investigar o caso.

 

Otavio Ventureli(da redação com agitosmutum)

Momento Destaque

Baixo nível: Mauro Mendes diz à Emanuel que “apequenar-se é meter dinheiro no paletó e ter coragem de vir pedir votos para a população”

Publicados

em

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, respondeu a fala do prefeito de Cuiabá,  Emanuel Pinheiro(foto) de que ele havia se ‘apequenado’ diante das vaias na última sexta-feira (18), em sua visita a Sinop, junto ao presidente Jair Bolsonaro.

O governador afirmou que sempre teve coragem, e que não liga para as vaias. “Eu governo pra maioria, não governo pra minoria. Vou governar para todos. Então governar para todos significa, em algum momento, você tomar alguma decisão que vai contrariar interesses. E se essas pessoas estão olhando para o seu umbigo apenas, eu não estou olhando para o umbigo, eu estou olhando pra maioria da população e vou tomar medidas corretas até o último dia com as benção de Deus e da maioria da população”, disse, na saída do Palácio Paiaguás.

Logo depois, respondeu a Emanuel: “Apequenar é meter dinheiro no paletó e ter coragem de vir pedir votos pra população”. Segundo o democrata, Cuiabá precisa “ser resgatada dos braços da corrupção”. Para analistas, a coragem de Emanuel Pinheiro em pedir votos prende-se ao fato de que a população aceita ser governada por dirigentes corruptos, por tabela, essa mesma população é conivente com a  roubalheira.

Leia Também:  Bandidos que participaram de assalto a uma idosa e filha foram mortos nesta segunda-feira(21) em troca de tiros com a Polícia Militar

O clima entre governador e prefeito tem esquentado nos últimos dias com a aproximação do início da campanha eleitoral. Na ocasião da visita a Sinop, Mendes disse que o prefeito teria um fim “igual ou pior que de Silval Barbosa”. No mesmo dia, Emanuel rebateu afirmando que Mauro só o atacou para desviar das críticas à sua gestão, e da “cena vexatória diante do Presidente da República, onde foi estrondosamente vaiado pela população de Sinop”, nas palavras do prefeito.

Além disso, disse que o governador demonstrou “postura de total insanidade, desequilíbrio e falta de controle emocional”, e disse que o ‘baixo nível’ de Mendes vai piorar, pois ele assumiu um papel de “cabo eleitoral” do candidato e ex-prefeito Roberto França.

 

Otavio Ventureli(da redação com OD)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA