Momento Destaque

Adolescente de 15 anos flagra irmã de 13 anos sendo estuprada diz a mãe que aciona a Polícia e homem de 43 anos é preso em Sinop MT

Publicados

em

Um homem, de 43 anos, identificado como C. S., foi preso nesta terça-feira (9) pelo crime de estupro de vulnerável.

Segundo a Polícia Civil de Sinop, em Mato Grosso,  o crime foi praticado contra uma menina de 13 anos, ex-enteada do suspeito.

Conforme a denúncia, os estupros aconteceram por seis anos. Durante esse tempo, a menina também sofreu ameaças de morte.

O homem teve o mandado de prisão preventiva cumprido por equipes da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança, Adolescente e Idoso de Sinop, com o apoio da Delegacia Regional de do município, em investigação que apurou o crime cometido contra a adolescente.

A mãe da vítima, que conviveu com o investigado por 12 anos, teve conhecimento dos abusos sofridos pela adolescente através do filho de 15 anos, que presenciou a vítima sendo estuprada.

Ao perguntar à menina sobre o crime, ela confirmou para a mãe que os abusos ocorriam desde os sete anos de idade e que sofria ameaças de morte do investigado e por esse motivo não contava para ninguém.

Leia Também:  Pânico: Forte explosão em fábrica de biodiesel na noite desta terça-feira(11) em Várzea Grande MT foi sentida há quilômetros de distância

Após os fatos relatados pela vítima, a mãe da adolescente procurou a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Sinop e fez o registro da ocorrência.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria PC)

Momento Destaque

Com informações da Polinter de MT Polícia Civil de Santa Catarina prende em Camburiú assassino que matou a mulher em 2011 em Cáceres MT

Publicados

em

A trajetória de fugas de um foragido da Justiça, que cometeu um bárbaro homicídio no interior de Mato Grosso chegou ao fim com a captura do criminoso na segunda-feira (10), na cidade de Balneário Camboriú, no litoral catarinense.

A prisão ocorreu depois de informações repassadas pela Gerência de Polinter e Capturas de Mato Grosso à Polícia Civil de Santa Catarina, que levaram à prisão do homem de 30 anos.

A Polinter recebeu no início deste ano uma solicitação de apoio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres para localizar o atual paradeiro do fugitivo, que foi identificado como autor de brutal homicídio ocorrido o em 11 de fevereiro de 2011, que vitimou Benedita de Paula Nunes, de 27 anos.

A vítima foi cruelmente espancada e torturada até a morte e encontrada em sua residência totalmente despida e com várias lesões no corpo. O crime chocou moradores da cidade diante da gravidade e da forma cruel como a vítima foi morta.

Com o avanço das investigações realizadas pela DEDM de Cáceres e com a autoria do crime definida, após representação criminal da autoridade policial, o Poder Judiciário decretou em outubro de 2019 a prisão preventiva do investigado. Desde então, o autor do crime passou a ser considerado foragido da justiça.

Leia Também:  Bagaceira: Autofagia deflagrada nesta terça pela Delegacia de Combate a Corrupção prende servidores públicos da Prefeitura de Cuiabá

Por diversas vezes, a Polícia Civil tentou capturá-lo, mas sem sucesso, pois ele se refugiava na Bolívia, de onde  retornou poucas vezes ao Brasil.

Em fevereiro deste ano, a Polinter chegou a enviar uma equipe a Cáceres, mas as buscas pelo foragido não tiveram êxito. Uma última tentativa foi realizada para localizá-lo em Goiânia, contudo, com os dados obtidos no decorrer das investigações, a equipe da Polinter conseguiu apurar o possível paradeiro do foragido, cujas informações levavam à região Sul do Brasil.

Em um trabalho em conjunto com a equipe do delegado Vicente Soares, da Divisão de Investigação Criminal de Balneário Camboriú, os policiais civis do município catarinense checaram prováveis locais onde ele poderia esta e com apoio da Polícia Militar local conseguiram realizar a prisão nesta segunda-feira.

As buscas pelo foragido contaram também com o auxílio da Delegacia Regional de Cáceres.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Cáceres, para onde o foragido deverá ser recambiado.

Leia Também:  Tiroteio, mortos e feridos em confronto armado nesta segunda(10) em terras dos Índios Yanomamis é investigado pela Polícia Federal

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessorias)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA