Momento Destaque

Servidor público é demitido após ofender professora: “Só pelo fato de eu ter um órgão masculino entre as pernas, já sou melhor que você”

Publicados

em

Um funcionário público da Prefeitura de Goianésia (GO) foi exonerado após um áudio de ele ofendendo uma professora viralizar nas redes sociais.

Na gravação, o então servidor, Rayker Jeorge da Silva Oliveira(foto) diz que, por ser homem, é superior e mais inteligente do que a pedagoga.

“Só pelo fato de eu ter um órgão masculino entre as pernas já sou melhor que você. Entendeu? Só na escala da evolução tenho uma resistência física muito maior, tenho uma inteligência maior e ganho um salário melhor. Então, sou basicamente um deus e você é quem?”, disse o servidor.

Em outra gravação atribuída a Rayker, ele pede desculpas à classe pedagoga, mas justifica que a professora também o ofendeu. “Conforme a discussão avançou, me exaltei um pouco nas palavras e, na tentativa de ofender essa pessoa, ofendi uma classe inteira de profissionais. Peço desculpa a todos os professores e pedagogos. As palavras eram dirigidas a uma pessoa e não a todos os profissionais”, disse.

Rayker tinha cargo comissionado na Prefeitura de Goianésia como Assessor de Apoio Executivo desde 2017, com um salário de R$ 2.547,55. Ele foi exonerado na quinta-feira (24/9), no entanto, o nome dele ainda aparece como servidor ativo no Portal da Transparência do município.

Leia Também:  Policia Civil investiga a morte de um rapaz de 29 anos encontrado sem vida com o corpo carbonizado no interior de uma casa em construção

Em nota, a prefeitura da cidade repudiou o conteúdo dos áudios e disse que reconhece a importância da classe dos professores. “A prefeitura de Goianésia repudia veementemente as declarações presentes em um áudio que circulou fazendo declarações aos profissionais da educação”, diz a nota publicada no Instagram do prefeito da cidade, Renato de Castro.

Momento Destaque

Criança de 14 anos pega carro escondido dos Pais em Pontes e Lacerda MT provoca acidente grave em rodovia e morre no local da tragédia

Publicados

em

Um adolescente, de apenas 14 anos, morreu na noite desta quarta (21), após colidir o carro que dirigia, em uma carreta na BR-174(foto), na região de Pontes e Lacerda, em Mato Grosso.

O garoto  pegou o carro escondido dos pais e estava a caminho do municipio de Vila Bela da Santíssima Trindade MT.

Ele dirigia um uno prata quando bateu de frente com uma carreta na rodovia, a cerca de 1 km da ponte do Rio Guaporé, divisa entre as cidades.

Os pais disseram à Polícia Rodoviária Federal que o jovem pegou o carro sem permissão pois era menor de idade e não tinha carteira de habilitação. A vítima estava sozinha no carro e, devido a gravidade dos ferimentos, morreu no local.

O corpo do menor foi  velado com caixão fechado. Os peritos foram acionados e a Polícia Civil vai  investigar o acidente.

Outro acidente 

Um caminhoneiro, de 38 anos,  morreu após bater o caminhão de frente com uma carreta, no Km 535, da BR-163, em Diamantino MT.  Segundo a concessionária Rota do Oeste, a  vítima ficou presa às ferragens, foi socorrida em estado grave, mas morreu a caminho do hospital, na madugada desta quinta (22).

Leia Também:  Polícia prende pela segunda vez perigoso traficante em Chácara com uma variedade de drogas além de uma torta de maçã com entorpecentes

O motorista da carreta não teve ferimentos e assinou o termo de recusa de atendimento médico.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com rdnews.)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA