Momento Destaque

Boletim da tarde desta sexta da SES aponta que MT registrou 685 novas confirmações de coronavírus com 142 internações em UTIs

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até o final da tarde desta sexta-feira (4), 161.801 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso.

O boletim também registrou 4.179 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado, o que corresponde a 15 nas últimas 24 horas.

Foram notificadas 685 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado de ontem para hoje. Dos 161.801 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 3.082 estão em isolamento domiciliar e 154.040 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 142 internações em UTIs públicas e 131 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 35,24% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (36.028), Rondonópolis (12.032), Várzea Grande (11.476), Sinop (8.484), Sorriso (6.970), Lucas do Rio Verde (6.354), Tangará da Serra (6.234), Primavera do Leste (5.345), Cáceres (3.629) e Nova Mutum (3.469).

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Leia Também:  Durante a semana, mil mortes por dia foram causadas pela Covid-19 no Brasil

Momento Destaque

Polícia tenta localizar e prender bandidos de facção criminosa que sequestraram, amarraram, torturaram e mataram no “salve” jovem de 20 anos

Publicados

em

Um jovem de 20 anos foi sequestrado, torturado, colocado de joelho e executado com vários tiros.

 Um amigo dele, que tem 21 anos e também foi alvo dos bandidos, conseguiu se salvar ao se jogar em um rio e ser levado pela correnteza.

Os crimes, segundo a Polícia Militar, aconteceram no início da noite desa quinta-feira (21), no Distrito de Boa Esperança do Norte, na zona rural da cidade de Sorriso, em Mato Grosso.

A Polícia Civil fez a liberação do corpo do jovem, que foi morto como muitos tiros. Também investiga se a vítima e o amigo dele são integrantes de uma facção criminosa.

O rapaz que escapou da execução contou à PM que, na noite de quarta-feira (20), saiu com seu amigo para encontrar uma mulher. Ao chegarem em um local com pouca iluminação, foram abordados por três homens: foram imobilizados, amordaçados e levados até uma casa desconhecida.

No local, segundo ele, ss dois foram torturados com chutes, socos  e ameaçados. s criminosos passavam a faca em seus dedos e em suas orelhas falando que iriam arranco-las.

Leia Também:  Mais dois: Bandidos são mortos à bala em troca de tiros com Policiais da ROTAM nesta sexta-feira(22) após sequestrar uma pessoa em Cuiabá

A suspeita é de que os dois rapazes seriam integrantes de uma organização criminosa rival. A agressão continuou com chutes nas costelas e nos rostos.

No dia seguinte (horário não revelado), os dois jovens foram levados, com os olhos vendados e amordaçados, para um lugar conhecido como Salto Magessi.

Antes de levar muitos tiros, o jovem executado foi levado aos empurrões até uma pedra, colocado de joelhos e, em seguida, começou a levar tiros na cabeça.

O jovem que escapou da morte contou ainda a PM e à Polícia Civil que viu, por baixo da venda que estava em seus olhos, quando um matador segurou seu amigo e o outro disparou, jogando-o nas águas do rio em seguida.

Logo em seguida, os criminosos pegaram o outro jovem e levaram no mesmo lugar onde executaram o primeiro.

Porém, ao chegar perto da margem do rio ele se jogou na água e foi levado pela correnteza.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com DC)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA